Já classificado, Real Madrid recebe Dortmund, que busca confirmar vaga na Europa League

Aurinegros tentarão terminar em terceiro lugar no grupo H para irem a Europa League, mas tem uma difícil missão dentro dos domínios do Real Madrid

Já classificado, Real Madrid recebe Dortmund, que busca confirmar vaga na Europa League
(Foto: Gettyimages)
Real Madrid
Borussia Dortmund
Real Madrid: NAVAS; CARVAJAL, RAMOS, VARANE, MARCELO; KROOS, CASEMIRO, MODRIC; ISCO - RONALDO, BENZEMA
Borussia Dortmund: BÜRKI; BARTRA, SOKRATIS, TOPRAK, SCHMELZER; KAGAWA, SAHIN, GUERREIRO; YARMOLENKO, AUBAMEYANG, PULISIC
ÁRBITRO: PAVEL KRÁLOVEC (CZE)
INCIDENCIAS: PARTIDA VÁLIDA PELA SEXTA RODADA DA FASE DE GRUPOS DA UEFA CHAMPIONS LEAGUE 2017/2018, ENTRE REAL MADRID E BORUSSIA DORTMUND, ÀS 17H45, NO SANTIAGO BERNABÉU, EM MADRI.

Nesta quarta-feira (6), Real Madrid e Borussia Dortmund se enfrentam no Santiago Bernabéu, às 17h45 (horário de Brasília), no último jogo de volta da fase de grupos da Uefa Champions League. A partida é importante para os aurinegros que ainda brigam com o APOEL pela terceira posição que garante a ida para a Europa League, estando os dois times empatados com dois pontos. Já os blancos, que passarão como segundo do grupo H atrás do Tottenham, devem jogar sem muitas preocupações dentro dos seus domínios.

Para o confronto, os merengues não sabem se podem contar com Asensio, com problema muscular, e Bale, que sentiu a panturrilha e treinou sozinho. Enquanto os aurinegros contam com vários desfalques por lesões, sendo eles Philipp (joelho), Castro (tornozelo), Reus (recuperação em treinamento leve), Götze (ligamentos de tornozelo), Piszczek (joelho), Durm (quadril), Rode (pelve) e Isak (joelho).

As equipes costumam se enfrentar frequentemente na UCL rendendo ótimas partidas em temporadas anteriores. Contudo, na atual temporada, o desempenho dos alemães esteve abaixo do esperado e não conseguiram bater de frente com os adversários. Já o time merengue, que não vem com o mesmo vigor de antes, consegue se manter forte na champions apesar dos tropeços na liga espanhola.

E isso se justifica nas estatísticas: o Real Madrid está invicto até o momento no torneio e Cristiano Ronaldo marcou em todos os cincos jogos da fase de grupos, sendo o artilheiro da liga dos campeões com oito gols e podendo se tornar o primeiro jogador a marcar em todos os jogos da fase de grupos da competição. Porém, o BVB tem também dados a seu favor: dois empates no Bernabéu que lhe rendem o melhor registro de times europeus jogando na capital espanhola nesta fase, e por contar com Aubameyang como principal goleador contra o time madrilenho. Além de que, para o Dortmund ir para a Europa League, é preciso garantir um resultado melhor no confronto contra o Real do que o APOEL contra o Tottenham.

Real Madrid tentará mostrar que não está em crise

No campeonato espanhol o time merengue vem tropeçando e perdendo pontos importantes fazendo com que caíssem na tabela e ficassem em quarto lugar gerando um alarde na imprensa falando a respeito de crise na equipe, principalmente porque o principal jogador, CR7, ter marcado apenas dois gols até o momento na liga.

Na coletiva, o treinador Zinedine Zidane mostrou seu otimismo e tranquilidade sobre o trabalho do time: "Quando vejo a minha equipe, sinto que está bem. Temos que marcar mais gols. A situação não é a mais adequada na Liga, mas estou tranquilo pois mais cedo ou mais tarde tudo se altera. Há que continuar a trabalhar e em termos de jogo estamos bem. Não esqueço o que já fez esta equipe. Há momentos que demoram mais ou menos. Me recordo do dia do Málaga, Las Palmas, Nicósia... marcamos gol e continuaremos a procurar a regularidade nesse aspecto.”

Em relação ao duelo, Zizou diz estar preparado para enfrentar os aurinegros e confia no desempenho da sua equipe: "Sabemos que há muito em jogo para o adversário. Nós estamos qualificados, mas esperamos fazer um bom jogo. Não olhamos para a situação do rival, olhamos para a nossa e isso implica fazer um bom jogo".

E sobre Bale, que é dúvida para a partida, o técnico respondeu sobre a possibilidade do galês entrar em campo: “Vamos ver, pois não treinou com a equipe. Temos de avaliar as suas sensações. Em Abu Dhabi [Mundial de Clubes] vai de certeza".

Borussia Dortmund entra em campo com visão realista da sua situação

O BVB amarga jogos consecutivos com baixo desempenho e queda vertiginosa da liderança, que ocupou até a nona rodada, ao sexto lugar atualmente na Bundesliga. O início primoroso da equipe na temporada começou a cair pouco antes do iniciar os jogos da champions. Na competição européia a equipe não conseguiu vencer nenhuma partida, tendo marcado apenas dois pontos de empates contra o APOEL.

Com isso, os dias do técnico Peter Bosz passam a ser incertos logo no seu primeiro ano no comando da equipe alemã. Estando ciente das dificuldades enfrentadas, o treinador admitiu que o confronto em Madri não será fácil, mas tentarão fazer um bom jogo para se classificar para a Europa League: “Claro que queremos ganhar, mas vai ser difícil. Queremos mostrar um bom jogo. É importante para termos autoconfiança. Queremos levar os três pontos, mas isso seria mais do que três pontos. Também é preciso um bom sentimento e, no final, poderemos ver se foi suficiente para a Europa League. Não será fácil para gente conseguir um resultado positivo amanhã. Sabemos disso, mas temos que fazer o nosso melhor. Eles têm excelentes jogadores, já estão classificados e vão se desenvolver mais durante a temporada”.

Bosz também fez uma análise dos aurinegros na competição, não tendo problemas em apontar as falhas: “O balanço da Champions League é negativo. Começámos muito bem. Éramos melhores contra o Tottenham em longos momentos. Não fomos suficientemente bons em casa contra o Real e jogamos bem contra o Nicósia”.

Ao ser perguntado sobre o possível interesse do Real Madrid em Aubameyang, Bosz respondeu com um sorriso: "Eu acho que ele tem as qualidades para jogar para o Real Madrid também. Mas espero que ele permaneça conosco por um longo tempo".