Diante do líder Bayern, Stuttgart busca encerrar ano com desempenho satisfatório

Suábios buscam recuperação para se distanciar da zona de rebaixamento, enquanto bávaros miram ampliação da vantagem na liderança da Bundesliga

Diante do líder Bayern, Stuttgart busca encerrar ano com desempenho satisfatório
Foto: NurPhoto/Getty Images
Stuttgart
Bayern de Munique
Stuttgart: Zieler; Beck, Pavard, Baumgartl, Badstuber e Insúa; Ascacíbar, Gentner, Akolo e Özcan; Terodde. Técnico: Hannes Wolf.
Bayern de Munique: Ulreich; Kimmich, Jérôme Boateng, Hummels e Alaba; Javi Martínez e Arturo Vidal; Thomas Müller, James Rodríguez e Ribéry; Lewandowski. Técnico: Jupp Heynckes.
ÁRBITRO: Patrick Ittrich
INCIDENCIAS: Partida válida pela 17ª rodada da Bundesliga 2017-18, a ser disputada na Mercedes-Benz Arena

No encerramento do primeiro turno da Bundesliga, duas equipes em partes distintas da tabela de classificação buscam a vitória para encerrar o ano e trabalhar bem, com mais tranquilidade, durante a pausa de inverno, a ser iniciada ao fim desta rodada. A partir das 12h30 deste sábado (16), o Stuttgart recebe o Bayern de Munique na Mercedes-Benz Arena.

Os suábios buscam a recuperação. A equipe, que voltou à elite nacional nesta temporada, começou de maneira razoável, mas tem números preocupantes e deseja se afastar da parte de baixo o quanto antes. O clube foi derrotado na rodada anterior por 1 a 0 pelo Hoffenheim e tenta voltar a vencer diante de sua torcida. Atualmente, o time ocupa a 14ª colocação, com 17 pontos.

Campeão simbólico do inverno, os bávaros estão disparados no topo da tabela e buscam ampliar a vantagem para ter mais tranquilidade no cenário nacional e mirar outras competições internacionais na metade final da temporada. No Campeonato Alemão, a equipe vem de vitória magra diante do Colônia por 1 a 0 e soma 38 pontos ganhos. O gol marcado por Lewandowski colocou o centroavante polonês entre os dez maiores goleadores da história da Bundesliga.

Foto: Alexander Hassenstein/Bongarts/Getty Images

Recuperar-se e encerrar bem o ano

O ano de 2017 foi marcado como o ano da recuperação para o Stuttgart. Dez temporadas atrás, a equipe conquistava a Bundesliga e buscava retornar à elite para celebrar o feito e não ficar muito tempo no ostracismo, além de manter a tradição no cenário nacional. Durante a atual temporada, o equilíbrio foi mantido, mas uma sequência ruim de resultados deixou o clube na parte de baixo da tabela e o time preza pela recuperação o quanto antes para ter mais tranquilidade com o encaminhamento da temporada para o seu final, o que vai acontecer de maneira mais plena a partir do próximo mês de janeiro.

Para o confronto contra o Bayern de Munique, quatro jogadores estão confirmados como desfalques. O goleiro Meyer, com lesão na coxa; os meio-campistas Zimmermann e Carlos Mané, com problemas no joelho, além do atacante Donis, com problemas na região glútea, estão fora do jogo deste fim de semana. Com uma pancada nas costelas sofrida no meio de semana, o meia Akolo tem condição duvidosa e sua presença no campo será definida momentos antes da partida começar.

Foto: Divulgação/Stuttgart

O técnico Hannes Wolf destacou que, apesar do enorme desafio de encarar uma equipe com forte poderio e que luta pelo inédito e histórico hexacampeonato nacional, os seus comandados irão entrar em campo com o objetivo de vencer. Segundo o treinador, apesar da missão complicada, o mando de campo e a boa aplicação tática podem ser fundamentos a serem utilizados para engatar a segunda vitória consecutiva como mandante.

“Quando enfrenta o Bayern de Munique é sempre um grande desafio, mas entramos em todos os jogos que jogamos com o objetivo de sair com uma vitória. Agora devemos continuar a nos defender bem e desenvolver alguma tática ofensiva. Se o trabalho é feito muito bem, vai encontrar o espaço e as situações para criar chances de gol. Mais uma vez, queremos dar tudo, sermos corajosos, jogarmos com intensidade e ter a melhor performance, para que possamos terminar um ano excepcional em alta dentro de casa”, afirmou Wolf.

Manter o poderio absoluto

Não há melhor time no futebol alemão que o Bayern de Munique. Os números mostram isso de maneira fria. Apesar de, dentro das quatro linhas, as atuações recentes possam não encher tanto os olhos que acompanha o time, os resultados positivos obtidos e os tropeços seguidos dos concorrentes deixam o clube bávaro confortável e com expressiva vantagem na liderança da Bundesliga. Bem ou mal, os atuais pentacampeões vencem seus jogos e seguem firmes rumo à amplitude do feito histórico no cenário nacional.

Para o jogo deste sábado (16), o técnico Jupp Heynckes conta com os retornos do goleiro Sven Ulreich e do lateral-esquerdo Juan Bernat, ausente nas últimas rodadas. Será o reencontro de Ulreich com sua ex-equipe. Em contrapartida, Heynckes permanece com quatro jogadores afastados por questão médica. O goleiro Manuel Neuer, os meias Thiago Alcántara e Robben, além do atacante Coman estão lesionados e seguem em tratamento de recuperação. O craque holandês foi preservado pelos profissionais.

Foto: Divulgação/Bayern

Em entrevista coletiva, tanto o comandante do clube da Baviera quanto os jogadores mantiveram a linha de raciocínio de que não haverá moleza em enfrentar o Stuttgart fora de casa. Para Heynckes, a 14ª posição dos suábios na tabela de classificação é enganosa e o time é bastante qualificado.

“Se não ganharmos diante do Stuttgart, vamos nos aproximar da semana passada no sentido de ter certa frustração, e absolutamente queremos evitar isso antes da partida contra o Borussia Dortmund, pela Copa da Alemanha”, explicou o atacante Thomas Müller. “Será uma partida difícil. Stuttgart é uma equipe jovem, ambiciosa e difícil, que joga muito bem. É uma equipe muito boa, com alto potencial. Certamente não será uma caminhada”, afirmou Heynckes. “É claro que é muito especial jogar contra o seu antigo clube onde cresceu. É um ótimo momento e estou ansioso para isso”, disse o goleiro Ulreich.