Líder Manchester City encara desesperado Bournemouth pela Premier League

Em caso de vitória ou empate, Citizens terminarão o ano invicto no Etihad Stadium

Líder Manchester City encara desesperado Bournemouth pela Premier League
Sterling é um dos destaques do City (Foto: Getty Images)
Manchester City
Bournemouth
Manchester City: Ederson, Walker, Mangala, Otamendi, Delph; Fernandinho, De Bruyne, Sané, Sterling; Aguero, Jesus
Bournemouth: Begovic, Smith, Francis, Steve Cook, Ake; Lewis Cook, Surman, Gosling, Stanislas, Fraser; Afobe
ÁRBITRO: Mike Jones
INCIDENCIAS: Jogo válido pela 19ª rodada da Premier League 2017/18, a ser realizada no Ettihad Stadium em Manchester

O líder e invicto Manchester City jogará, neste sábado (23), às 13h (de Brasília), sua última partida do ano dentro do Ettihad Stadium contra o Bournemouth. Caso os Cherries não consigam vencer os Citizens, a equipe de Pep Guardiola terminará o ano de 2017 invicto atuando em casa.

O City consegui incríveis 17 vitórias em 18 jogos no campeonato e está na liderança isolada da competição, com 52 pontos. Já o Bournemouth está na beira da zona de rebaixamento, com 16 pontos, ocupando a 16ª colocação da Premier League.

A equipe de Pep Guardiola vêm de uma classificação apertada na Copa da Liga Inglesa com uma vitória nos pênaltis contra o Leicester. Pela Premier League, os Citizens impôs uma bela goleada de 4 a 1 contra a equipe do Tottenham. Já a equipe do Bournemouth vêm de duas derrotas. Pela Copa, a equipe de Eddie Howe foi eliminada pelo Chelsea pelo placar de 2 a 1 e pela liga a equipe visitou o Old Trafford e foi derrotada para o Manchester United por 1 a 0.

No histórico do confronto, o Bournemouth jamais venceu o Manchester City na história. Com 11 confrontos, foram 9 vitórias dos azuis de Manchester e dois empates. O City marcou 27 gols enquanto o Bournemouth marcou apenas seis gols.

City segue sem David Silva

A fase do Manchester City é tão espetacular que muitos especulam o fato de que a equipe pode conquistar os quatro torneios que disputará na temporada. A equipe está na liderança isolada da Premier League, está na semi-final da Copa da Liga Inglesa, no mata-mata da Uefa Champions League e iniciará sua campanha pela FA Cup em Janeiro. Perguntado sobre isso, Pep Guardiola afirmou que é impossível que a equipe conquiste todos os títulos, mas nunca se sabe.

Para o confronto contra a equipe do sul da Inglaterra, a equipe não poderá contar com o meia David Silva, que passa por alguns problemas particulares que tiraram o meia espanhol dos últimos dois compromissos da equipe. Além dele, o zagueiro Vincent Kompany que está lesionado a algum tempo e o jovem meia Phil Foden que se lesionou no confronto do meio de semana contra os Foxes, também não serão relacionados para o confronto.

Sobre as ações do City no mercado de inverno, o técnico Pep Guardiola afirmou que a equipe vai tentar trazer alguns nomes que possam somar para a equipe não só pelo restante da temporada, mas por vários anos.

"Eu disse várias vezes que iremos tentar. Eu não se vamos contratar porque o mercado de inverno é completamente diferente do de verão. Temos que contratar um jogador não só pensando no restante da temporada, mas também pensando nos próximos anos", afirmou o treinador

O técnico ainda comentou o fato de que está muito feliz com a atuação da equipe no meio de semana por conta de ter vários jogadores jovens decidindo a favor de sua equipe.

"Estou muito feliz, muitos jogadores jovens jogaram e atuaram muito bem. Estamos muito felizes pelo modo como conduzimos esta classificação", concluiu o espanhol.

Bournemouth busca sair da zona

O confronto do meio de semana contra o Chelsea na Copa da Liga Inglesa abateu bastante a torcida e o plantel dos Cherries. A equipe, que nunca conquistou uma copa nacional, arrancou um empate nos minutos finais após um belo gol do meia Dan Gosling, mas viu o Chelsea ter uma reação imediata com o atacante Alvaro Morata fazendo o gol da classificação.

Para o confronto contra o líder Manchester City, a equipe não vai poder contar com a grande estrela da equipe Jermain Defoe e com o meia Harry Arter que saíram machucados do confronto contra o Chelsea. Além deles, o lateral-esquerdo Charlie Daniels(que marcou um belo gol no confronto do primeiro turno) e o atacante Joshua King também são duvidas.

O técnico Eddie Howe afirmou que a equipe deve sempre acreditar em uma vitória, independente do adversário, apesar de admitir que uma vitória contra o City seja um resultado muito complicado.

"Eu acho que temos que acreditar. Eu sempre afirmo isso, independente de contra quem você jogue, você deve sempre acreditar na vitória, mas sabemos da dificuldade do próximo jogo", afirmou.

Para Howe, a equipe deve se tornar mais equilibrada ofensivamente e defensivamente, para que possam atuar em mais alto nível. "Nossos jogadores devem atuar no mais alto nível com a defesa e o ataque estando equilibrados. Só assim buscaremos essa reação", encerrou.