No jogo 400 de Messi no Espanhol, líder Barcelona recebe Levante

Caso jogue, argentino se tornará o sexto jogador mais jovem a atingir tal marca

No jogo 400 de Messi no Espanhol, líder Barcelona recebe Levante
Arte: VAVEL
Barcelona
Levante
Barcelona: Ter Stegen; Semedo, Piqué, Vermaelen, Jordi Alba; Sergi Roberto, Rakitic, Paulinho, Iniesta; Messi, Suárez
Levante: Dier; Coke, Postigo, Róber Pier, Toño; Lerma, Lukic, Jason, Doukouré, Ivi; Nano Mesa
ÁRBITRO: Del Cerro Grande (ESP).
INCIDENCIAS: Partida válida pela 18ª rodada do Campeonato Espanhol disputada entre Barcelona e Levante no estádio Camp Nou, em Barcelona

Neste domingo (7), o líder Barcelona recebe o Levante no Camp Nou, em partida válida pela 18ª rodada do Campeonato Espanhol e espera ampliar sua série invicta na competição, aumentando ainda mais a vantagem liderança.

Barça é o único time que ainda não perdeu na competição, soma 45 pontos na liderança da competição, seis a mais que o vice Atletico de Madrid, que tem um jogo a mais. Na última rodada, ainda em 2017, os catalães passaram por cima do rival Real Madrid com um sonoro 3 a 0.

Para o Levante a situação está longe de ser tão confortável, a equipe está na 16ª posição com apenas 18 pontos e segue lutando para se afastar da zona de rebaixamento. Sem vencer há cinco jogos pela La Liga, o time da cidade de Valencia vem de dois empates sem gols, o último contra o Leganés em casa.

Valverde acredita em um jogo complicado

O comandante blaugrana, Ernesto Valverde, falou em entrevista prévia ao jogo deste domingo e ressaltou a força do adversário para o primeiro jogo do ano no Camp Nou: “O Levante está tendo uma temporada melhor como visitante do que em casa. Eles são muito organizados e não deixam muito espaço”.

Perguntado sobre uma possível euforia dos jogadores pela boa vantagem na ponta da tabela, o treinador deixou tudo bem claro: “O time é líder e temos uma distância do segundo pelotão. Estamos felizes com o que estamos fazendo e isso tem que nos dar confiança, mas não tanta”, afirmou.

E também comentou sobre o retorno de Dembélé: “Ele está bem e motivado, ele agora precisa trabalhar para ser efetivo em jogos competitivos”. Sem Paco Alcácer, machucado, o jovem francês disputa vaga com o jovem José Arnaiz, que tem jogado pela Copa do Rei e vem se destacando. Outro que pode entrar na briga por uma posição no time titular é o recém-contratado Philippe Coutinho. O meia brasileiro foi anunciado neste sábado (6) e deve ser apresentado nos próximos dias.

Além de Alcácer, Umtiti também está fora por causa de lesão e Sergio Busquets está suspenso. Rafinha, Deulofeu e Aleix Vidal não foram chamados para o jogo por decisão técnica.

Desde agosto de 2017 - ou 12 jogos - o Barça só perdeu pontos em casa diante do Celta, quando empatou por 2 a 2, enfrentando o Levante venceu 14 partidas e empatou apenas uma quando em seus domínios.

“Tentaremos usar todos os nossos recursos para vencer”, diz Muñiz

Enfrentar o Barcelona no Camp Nou não é uma tarefa agradável para nenhuma equipe no mundo, mas se tem alguém confiante para a partida, esse alguém é Juan Ramón López Muñiz, treinador do Levante. Quando questionado sobre o jogo, Muñiz disse que “é um grande jogo e tentaremos usar todos os nossos recursos para vencer”. Além disso, afirmou que conseguirá minimizar a influência de Messi no jogo.

Quando perguntado se teria alguma estratégia para anular o camisa 10 blaugrana, o técnico demonstrou bastante confiança: “Messi é um grande jogador, mas prefiro falar dos meus que também são grandes jogadores e farão com que ele torne-se pequeno”. E continuou falando sobre a tentativa de parar o argentino: “Tentaremos fazer com que Messi não jogue, não participe, tentaremos fazer um bom jogo e que ele faça uma boa final de Champions, mas não um bom jogo contra nós”.

Para colocar o plano em ação, Muñiz não contará com Roger e Chema, que estão lesionados, nem com Bardhi, Morales e Campaña, suspensos. Por outro lado, Pedro López, Coke, Shaq e Hacen voltam a ser relacionados.

Nos últimos seis confrontos entre as equipes o Barcelona saiu vencedor em todos, marcando 25 gols e sofrendo apenas 3. A única vitória do Levante foi em 2004 por 1 a 0 em jogo válido pela Copa do Rei no Estádio Ciutat de Valencia.