Após oito anos, John Herdman troca a seleção de futebol feminino do Canadá pela equipe masculina

Com duas medalhas de bronze nas Olimpíadas de 2012 e 2016, treinador inglês terá sua primeira experiência dentro do futebol masculino, sendo substituído por seu assistente, o dinamarquês Kenneth Heiner-Møller

Após oito anos, John Herdman troca a seleção de futebol feminino do Canadá pela equipe masculina
Foto: FIFA/FIFA via Getty Images

A Federação de Futebol do Canadá, anunciou o nome do novo treinador da seleção masculina após a demissão de Octavio Zambrano na última segunda feira (8). Como principalgrande novidade, um funcionário da própria entidade é quem irá assumir o cargo: o inglês John Herdman, de 42 anos e que comandava a seleção feminina, tendo conquistado duas medalhas de bronze olímpicas, em 2012 e 2016, sendo esta última batendo o Brasil. 

Herdman chegou ao comando do Canadá em 2011, após a desastrosa campanha no Mundial da Alemanha, quando a equipe terminou na última colocação entre 16 equipes sob o comando da italiana Carolina Moracce. Herdman, que entre 2007 e 2011 treinou a equipe feminina da Nova Zelândia, foi efetivado no Canadá após a Copa do Mundo e logo em seu primeiro torneio, ganhou a medalha de ouro dos Jogos Pan Americanos de Guadalajara, ainda em 2011, após vitória nos pênaltis diante do Brasil. 

No ano seguinte, Herdman guiou o Canadá a medalha de bronze nas Olimpíadas de Londres e três anos depois, levou a seleção canadense as quartas de final da Copa do Mundo, na qual foram sede, sendo eliminadas para a Inglaterra, que seria a terceira colocada naquela edição do mundial, vencida pelos Estados Unidos. No ano seguinte, o Canadá novamente supera suas expectativas e consegue mais uma medalha olímpica, nos Jogos do Rio de Janeiro. 

Além de técnico, Herdman será o diretor de futebol, coordenando as categorias de base da seleção canadense. A ideia da Canada Soccer é unificar a metodologia de forma a levar o bom trabalho da seleção feminina a todas seleções do país. “Estou ansioso para colocar uma marca duradoura em um programa de futebol cheio de potencial”, afirmou o treinador.

Em suas redes sociais, as jogadoras da seleção feminina do Canadá mostraram tristeza com a saída do treinador. A capitã e maior artilheira da história da seleção canadense, Christine Sinclair, afirmou estar sem palavras para essa mudança, enquanto a meio campista Diana Matheson disse estar triste com a notícia, mas desejou todo o sucesso a Herdman em seu novo desafio. 

Para o lugar do inglês, a Canada Soccer anunciou que o dinamarquês Kenneth Heiner-Møller, ex-assistente de John Herdman, como o novo treinador da equipe feminina do Canadá. Heiner-Møller treinou a seleção feminina da Dinamarca entre 2006 e 2013.