Buscando recuperação na Premier League, Watford e Chelsea se enfrentam no Vicarage Road

Fechando a vigésima sexta rodada da competição, as duas equipes vem de maus resultados

Buscando recuperação na Premier League, Watford e Chelsea se enfrentam no Vicarage Road
Foto: John Patrick Fletcher/action plus/getty images
Watford
Chelsea
Watford: Karnezis, Mariappa, Prodl, Kabasele, Holebas, Doucoure, Capoue, Cleverley, Deulofeu, Deenet, Richarlison
Chelsea: Courtois, Azpilicueta, Rudiger, Cahill, Zappacosta, Kante, Fabregas, Alonso, Pedro, Barkley, Hazard
ÁRBITRO: Craig Pawson
INCIDENCIAS: Partida válida pela vigésima sexta da Premier League a ser disputada Vicarage Road em Watford, Inglaterra

O Watford recebe o Chelsea no Vicarage Road nesta segunda-feira (5) às 18h (horário de Brasília). Os Hornets estão há cinco jogos sem vencer pela Premier League. Já os Blues vem de uma goleada sofrida em casa para o Bournemouth. Na Premier League, o Chelsea ocupa a quarta colocação do campeonato com 50 pontos. Caso consiga a vitória ganha uma posição. Já o Watford está no décimo primeiro lugar, a três da zona de rebaixamento. A vitória será fundamental para abrir uma vantagem para o décimo oitavo.

No histórico do confronto são 32 jogos. O Chelsea tem uma larga vantagem com dezessete vitórias, o Watford tem apenas nove. Também aconteceu seis empates. A última vitória do Watford aconteceu em 1999. O placar de um a zero valeu a vitória pela Premier League 1999/2000.

Com vários desfalques, Gracia tem dificuldade de montar o Watford

O Watford tem vários problemas para o confronto. O primeiro e mais importante deles é a ausência de Gomes. O arqueiro, que não atual a três partidas, segue de fora. Além de Gomes, Younes Kaboul (pé), Miguel Britos (tornozelo), Kiko Femenia, Will Hughes (coxa), Isaac Success, Craig Cathcart e Nathaniel Chalobah (todos os joelhos) estão fora do jogo.

Em compensação Didier Ndong finalmente está disponível para estrear. O meia estava suspenso quando chegou do Sunderland e agora está liberado. Além dele, Gerard Deulofeu e Dodi Lukebakio foram contratados nesta janela de transferências.

Em sua coletiva antes da partida, o treinador Javi Gracia comentou bastante sobre os desfalques e as contratações.

"Eles ainda não estão prontos, mas espero que os outros jogadores que estão contundidos voltem em breve. Mas acho que com os jogadores que temos, ainda podemos fazer um bom jogo", afirmou o técnico.

Sobre as contrataões Gracia disse: "Estou feliz com os jogadores que estão comigo. Nós tentamos melhorar os jogadores que tivemos e espero que os novos jogadores nos ajudem a melhorar o nível da equipe", disse ele.

"Temos três novos jogadores em três posições que eu acho que precisamos melhorar, e estou confiante de que eles nos darão bons resultados. Ndong joga em uma posição em que precisamos ter mais possibilidades. Lukebakio pode jogar de cada lado, e Deulofeu também é um jogador que pode jogar à direita ou à esquerda com boas qualidades para atacar", completou.

Giroud com chances de aparecer no banco de reservas

O Chelsea não sofre com o mesmo número de lesões de seu adversário, porém o elenco curta prejudica o time. O centro-avante Alvaro Morata segue fora por conta de uma lesão nas costas. Além dele, Andreas Christensen com uma lesão muscular na coxa, também não poderá atuar. Os brasileiros David Luiz e Willian são dúvidas e podem aparecer no banco de reservas.

Em relação aos contratados, ambos vem de contusão Emerson Palmieri e Oliver Giroud. É esperado o atacante ex-Arsenal pelo menos no banco de reservas.

"Nós temos que esperar, porque não podemos esquecer que especialmente para Palmieri estamos falando de um jogador que ele vem de uma grave contusão", explicou o treinador.

"Olivier está voltando de uma lesão muscular, ele estava fora por 50 dias antes de jogar 15 minutos no jogo contra o Swansea (pelo Arsenal, na última terça-feira[30]). Estamos trabalhando com ele e temos que verificar sua condição física. Não será fácil para ele começar", concluiu o técnico.