Sem Dybala, Juventus trava duelo com Tottenham pelas oitavas da Champions Legue

Atravessando boa fase em suas ligas nacionais, equipes protagonizam um dos confrontos mais esperados da competição

Sem Dybala, Juventus trava duelo com Tottenham pelas oitavas da Champions Legue
As equipes se enfrentaram na pré-temporada (Foto: Michael Regan/Getty Images)
Juventus
Tottenham
Juventus: Buffon; De Sciglio, Benatia, Chiellini, Alex Sandro; Khedira, Pjanic, Marchisio; Douglas Costa, Higuaín, Mandzukic. Técnico: Massimiliano Allegri.
Tottenham: Lloris; Aurier, Sánchez, Vertonghen, Davies; Dier, Dembélé; Dele Alli, Eriksen, Son; Kane. Técnico: Mauricio Pochettino.
ÁRBITRO: Felix Brych, auxiliado por Mark Borsch e Stefan Lupp. Markus Häcker será o quarto árbitro.
INCIDENCIAS: Partida válida pela ida das oitavas de final da Uefa Champions League, a ser disputada no Juventus Stadium, em Turim, Itália.

O Allianz Stadium será palco, nesta terça-feira (13), do confronto entre Juventus e Tottenham. Válido pela ida da fase de oitavas de final da Champions League, o duelo coloca frente a frente duas das equipes mais fortes da Europa em uma partida que promete muito equilíbrio. A bola rola às 17h45 (de Brasília).

Com 11 pontos, a Juventus terminou a fase de grupos na segunda posição do Grupo D, atrás do Barcelona e à frente de Sporting e Olympiacos. Atual vice-campeã da competição e em busca de sua terceira final nos últimos quatro anos, a Vecchia Signora vê no Tottenham um grande desafio em sua trilha rumo a Kiev.

Ainda invicto na competição, o Tottenham encerrou sua participação no Grupo H como líder, em um grupo que ainda tinha Real Madrid, Borussia Dortmund e Apoel. Com 16 pontos, a equipe foi também o time que mais pontuou na fase de grupos na atual temporada.

Mesmo desfalcada, Juventus conta com bom momento para sair com a vitória

Já são 11 jogos em sequencia que a equipe de Massimiliano Allegri não sabe o que é sair de campo derrotada no Campeonato Italiano. No período, a equipe conseguiu dez vitórias, um empate e sofreu apenas um gol.

Allegri, no entanto, não poderá contar com alguns nomes importantes de seu elenco para a decisiva partida. Andrea Barzagli, Blaise MatuidiJuan CuadradoBenedikt Höwedes estão fora por conta de lesão, mas o principal desfalque fica por conta da ausência do atacante Paulo Dybala. Peça fundamental no esquema de Allegri, o argentino não disputa uma partida oficial há mais de um mês e ainda segue em trabalho de recuperação.

Em entrevista antes da partida, o treinador bianconero admitiu o equilíbrio entre as duas equipes, e destacou a importância de conquistar um bom resultado no jogo de ida. "Sabemos que o resultado será conquistado em 180 minutos e, por causa disso, ficaria feliz com um clean sheet [jogos sem sofrer gols]", declarou.

Tottenham chega com confiança em alta mas Pochettino exalta grandeza do adversário

Se o momento da Juventus é bom, o do Tottenham não fica atrás. A invencibilidade da equipe já dura 12 jogos, onde obtiveram oito vitórias e quatro empates. O triunfo, mesmo que pelo placar mínimo, que os Spurs conseguiram no final de semana contra o Arsenal, seu maior rival, fermenta ainda mais a confiança e bom momento do time.

O técnico Mauricio Pochettino, todavia, fez questão de destacar o quão grande é o adversário. "Acho que a Juventus é um clube enorme, não podemos nos comparar com a Juventus. A Juventus, em sua história, venceu tudo", disse o argentino, em entrevista coletiva nessa segunda-feira (12).

Pochettino também comentou sobre a simpatia que tem com o clube italiano por influência de seu avô, mas deixou claro que os sentimentos serão algo a parte quando sua equipe entrar em campo. “Meu avô me fez fã da Juve, era sua equipe. Ele falava muito, mas eu não entendia quase nada. Depois de um tempo compreendi o tamanho da equipe. [...] Agora eu quero vencê-la. Queremos chegar longe, estamos trabalhando”, afirmou.

As baixas do Tottenham ficam por conta de Toby Alderweireld, Juan Foyth e Kyle Walker-Peters.