Guardiola lamenta eliminação na UCL: "Dei minha vida por esta equipe"

Apesar da vitória do Bayern de Munique, foi o Atlético de Madrid quem se classificou, pela vantagem do gol marcado fora de casa

Guardiola lamenta eliminação na UCL: "Dei minha vida por esta equipe"
A tristeza pela desclassificação era nítida no estádio (Foto: Oscar Gonzalez/Getty Images)

O Bayern de Munique recebeu o Atlético de Madrid, na última terça-feira (3), pelo jogo de volta da semifinal da Uefa Champions League. Para continuar brigando pelo título, os alemães precisavam vencer e reverter a desvantagem da primeira partida, enquanto para os espanhóis, era necessário apenas administrar a situação.

O jogo foi digno de mata-mata da Uefa Champions League, pois estiveram frente a frente duas equipes que recentemente tem figurado com frequência a elite do futebol europeu. Tática, técnica, força, velocidade e a total entrega dos atletas, foram alguns itens que apimentaram a noite futebolística em Munique.

Contudo, o objetivo dos bávaros de reverter o placar foi cumprido, já que para a "alegria" dos 70 mil torcedores presentes na Allianz Arena, a equipe venceu o Atlético por 2 a 1. Com gols de Xabi Alonso e Robert Lewandowski, o Bayern de Munique mostrou que poderia estar na final da competição europeia, mas Antoine Griezmann descontou para a equipe madrileña e estragou a festa alemã.

Com o resultado, o Atlético de Madrid se classificou para a grande decisão, pela vantagem do gol marcado fora de casa. Coincidentemente, na final prevista para o dia 28 de maio, no
Estádio Giuseppe Meazza, em Milão, os colchoneros enfrentarão os rivais merengues, já que o Real Madrid venceu o Manchester City.

Após o confronto, em entrevista coletiva, o treinador do Bayern de Munique lamentou a desclassificação, mas disse se sentir orgulhoso com desempenho da equipe. “Fizemos de tudo e não deu certo, isso é doloroso. Estou naturalmente triste, mas também estou muito orgulhoso dos meus jogadores", disse o catalão.

Mesmo com a vitória, a decepção pela desclassificação era profunda, nítida no estádio e inclusive, no semblante e nas palavras de Guardiola. O treinador comentou sobre o jogo e declarou que a equipe precisa olhar para frente. “Nós jogamos como queríamos hoje, mas infelizmente tomamos um gol. Sinto muito, especialmente pelos jogadores. Amanhã ainda estaremos tristes, mas depois de amanhã estaremos nos preparando para Ingolstadt”, disse Pep, projetando a próxima partida.

Concluindo, Pep Guardiola, que está prestes a encerrar seu ciclo na Alemanha, fez um breve desabafavo em relação ao trabalho realizado na baviera e comentou o possível legado que deixará por lá. "Eu dei minha vida por esta equipe, eu lutei e fiz o meu melhor. O Bayern tem um grande futuro com esta equipe, com essa mentalidade”, finalizou.