Bayern de Munique encara Ingolstadt em busca de um empate para o tetra

Bávaros tentam esquecer eliminação na Uefa Champions League com título nacional e encaram equipe sem pretensões no campeonato

Bayern de Munique encara Ingolstadt em busca de um empate para o tetra
(Foto: A. Beier/Getty Images)
Ingolstadt
Bayern de Munique
Ingolstadt: Özcan; Danny da Costa, Matip, Hübner e Suttner; Roger, Groβ e Morales; Hartmann, Lezcano e Lex. Técnico: Ralph Hasenhüttl.
Bayern de Munique: Manuel Neuer; Lahm, Javi Martínez, Jérôme Boateng e Alaba; Xabi Alonso, Douglas Costa, Thomas Müller, Arturo Vidal e Franck Ribéry; Lewandowski. Técnico: Josep Guardiola.
ÁRBITRO: Florian Meyer
INCIDENCIAS: Partida a ser realizada no Audi-Sportpark, às 10h30 da manhã deste sábado (07). Jogo válido pela 33ª e penúltima rodada da Bundesliga 2015-2016.

Pela terceira vez consecutiva, o Bayern de Munique foi eliminado nas semifinais da Uefa Champions League por uma equipe espanhola na última quarta-feira e o sonho da tríplice coroa foi adiado mais uma vez. Os bávaros deixam a competição interclubes para trás e volta a focar as atenções nos torneios nacionais, onde pode conquistar mais uma dobradinha em sua história.

O time pode conquistar mais um grande feito neste sábado (07), às 10h30. A equipe mede forças contra o Ingolstadt no Audi-Sportpark e com um simples empate garante o inédito tetracampeonato na Bundesliga.

O jogo é válido pela 33ª e penúltima rodada do Campeonato Alemão. Do outro lado do confronto, o Ingolstadt não tem mais pretensões na atual edição do torneio. Após disputar a elite pela primeira vez e alcançar números expressivos, o time tenta somar pontos e se despedir da histórica temporada diante de seu torcedor.

Ingolstadt busca invencibilidade como mandante em 2016 na despedida de Hasenhüttl

A temporada do Ingolstadt foi excelente. Considerado no início da Bundesliga uma das equipes favoritas ao rebaixamento, principalmente por disputar a elite do futebol alemão pela primeira vez na recente história, o time surpreendeu a todos com uma boa postura de jogo, aplicação tática e construtivos resultados. Na reta final da competição, a equipe ocupa o oitavo lugar, com 40 pontos.

Grande parte do trabalho pode ser creditada ao técnico Ralph Hasenhüttl, que deixa a equipe ao término da temporada e assume o Red Bull Leipzig, equipe próxima de também escrever seu nome na história do principal torneio do país com sua primeira participação. A diretoria agiu rápido e anunciou que Markus Kauczinski será o comandante da equipe na temporada 2016/2017.

Para a despedida de Hasenhüttl diante do torcedor do Ingolstadt, o time não poderá contar com alguns jogadores. Ortag não foi inserido na lista de relacionados para o jogo, Danilo está em processo de recuperação após se lesionar, Bauer está suspenso pelo quinto cartão amarelo e Christiansen sofre lesão no tornozelo.

Um dos principais nomes da equipe da temporada, o goleiro Özcan, lamentou a saída de Ralph Hasenhüttl do comando técnico do clube, mas destacou que isso não deve ofuscar o sucesso do Ingolstadt na atual edição da Bundesliga. “O grande sucesso do Ingolstadt nesta temporada não deve ser ofuscado pela partida iminente do treinador para o Red Bull Leipzig. Claro que nós todos esperávamos que isso fosse dito até o final e estamos tristes que isso tenha acontecido. Mas nós aceitamos a sua decisão”, afirmou o arqueiro.

Um ponto para o inédito tetracampeonato bávaro

Josep Guardiola não conseguiu o que o seu antecessor no comando técnico do Bayern de Munique, Jupp Heynckes, fez. Em 2013, a tríplice coroa – Bundesliga, DFB Pokal e Uefa Champions League – foram conquistadas. A meta para a atual temporada era repetir o feito de três anos passados, mas a terceira eliminação consecutiva da equipe nas semifinais da Uefa Champions League por um clube espanhol caiu por terra o sonho. Por isso, vencer os torneios nacionais virou obrigação.

Não precisa de muito para o Bayern fazer história novamente. O clube dos recordes em terras germânicas pode ser o primeiro a conquistar o tetracampeonato da Bundesliga. Para isso, um ponto contra o Ingolstadt é suficiente para mais uma vez o time provar e confirmar sua hegemonia no futebol do país.

Para o duelo deste sábado (07), Guardiola não poderá contar com Badstuber, que fraturou o tornozelo e retorna na próxima temporada, e Arjen Robben, que está sem ritmo de jogo e não entra em campo. O lateral-direito Philipp Lahm destacou que o time está focado e determinado a conquistar as competições domésticas que restam em 2016 e que vai fazer de tudo para esquecer o fracasso ocorrido no torneio continental.

“Estamos determinados a ganhar a Bundesliga neste fim de semana e estabelecer o recorde do tetracampeonato. E ainda temos a final da DFB Pokal, que está por vir. Esses troféus serão a melhor maneira de aliviar os últimos vestígios de frustração na Uefa Champions League”, disse Lahm.