Tuchel lamenta derrota do Dortmund contra Frankfurt: "Não jogamos na fase inicial da partida"

Aurinegros encontraram enormes dificuldades em penetrar na área dos Águias e deram adeus às chances de título

Tuchel lamenta derrota do Dortmund contra Frankfurt: "Não jogamos na fase inicial da partida"
Tuchel cumprimenta Kovac na derrota aurinegra (Foto: Divulgação/BVB)

Na entrevista pré-jogo, Niko Kovac, técnico do Eintracht Frankurt, transbordou sinceridade. Afirmou que, em cada dez enfrentamentos contra o Borussia Dortmund, a sua equipe venceria somente um. Sorte do croata que o triunfo veio justamente neste sábado (7), fundamental para o anseio dos Águias de se manter na elite do futebol alemão.

Pelo lado aurinegro, fica a decepção. As chances de título da equipe de Thomas Tuchel existiam, por mais que estivessem condicionadas a tropeços do Bayern de Munique na reta decisiva da competição. Após o revés deste sábado, Tuchel foi crítico em relação ao seu time e elencou alguns pontos negativos apresentados ao longo do embate.

"Nós não jogamos na fase inicial da partida, descobrimos que era difícil encontrar espaços. Deixamos o adversário ganhar nas bolas paradas e, em seguida, não tivemos cuidado na maneira como defendíamos. Depois fomos atrás do nosso jogo e melhoramos, fomos mais rápidos. Tivemos uma enorme chance de conseguir o empate através de Auba. Infelizmente, tivemos um gol anulado", lembrou, em referência ao impedimento mal assinalado quando Hummels empatava o jogo no final do primeiro tempo.

Leia maisDortmund é derrotado pelo Frankfurt e foca em vaga na Uefa Champions League.

Para a etapa final, o comandante tentou alterar o cenário desfavorável à sua equipe com as entradas de Sokatris, Pulisic e Castro nas vagas de Durm, Hummels e Aubameyang, respecticamente – com o ingresso do grego, Bender foi deslocado para a lateral. Apenas o estadunidense, porém, mostrou serviço e arquitetou boas jogadas.

"Fizemos alterações táticas, mas não conseguimos ganhar o jogo. Ainda estávamos totalmente com o controle. Na minha opinião, o Eintracht não teve outra chance. Infelizmente não aproveitamos as chances que tivemos. Não estamos felizes com a derrota, mas podemos e devemos aceitá-la", colocou o treinador.

Sem chances de título, o BVB tem a segunda colocação do Campeonato Alemão – e uma vaga na próxima Champions League – assegurada, já que, restando uma rodada para o término do certame, ostenta uma diferença de 20 pontos para o Bayer Leverkusen, dono do terceiro lugar. O time da Renânia do Norte volta a atuar no sábado (14), quando recebe o Colônia no Signal Iduna Park.