Ex-atleta do Bayern, Ivica Olic condena quedas de Guardiola na UCL: "Foi nocauteado"

Croata fez duras críticas a respeito do desempenho do treinador catalão no comando do clube bávaro

Ex-atleta do Bayern, Ivica Olic condena quedas de Guardiola na UCL: "Foi nocauteado"
Para Olic, Guardiola fracassou no Bayern de Munique (Foto: Martin Rose/Getty Images)

No último sábado (7), o Bayern de Munique enfrentou o Ingolstadt no Audi-Sportpark, pela 33ª rodada da liga nacional, e venceu com dois gols de Lewandowski. Com o resultado, a equipe se sagrou campeã da Bundesliga 2015/16 e conquistou o inédito tetracampeonato alemão.

Contudo, esse foi o quarto título consecutivo dos bávaros na competição nacional e o terceiro do treinador Pep Guardiola, que encerra seu ciclo na Alemanha ao fim da atual temporada. Apesar do feito, o desempenho do catalão divide opiniões e críticas no universo futebolístico, já que a equipe foi eliminada na semifinal das últimas três edições da Uefa Champions League.

No entanto, tal situação fez com que Ivica Olic, ex-atleta do Bayern de Munique e da Seleção da Croácia, oferecesse fortes críticas ao trabalho do treinador catalão. Atualmente no Hamburgo, o atacante de 36 anos deu declarações pertinentes ao jornal croata Sporstke Novosti. 

"Guardiola foi nocauteado em três sucessivas semifinais de Champions League e, pelos elevados padrões do Bayern, isso é um fracasso", disse Olic. "Talvez as pessoas no Bayern agora vão dizer que ele ganhou um monte de troféus nacionais, mas, dada a força do elenco do clube, isso é uma realização que deveria ser habitual", acrescentou o croata.

Na atual edição da Uefa Champions League, o Bayern foi eliminado pelo Atlético de Madrid que levou vantagem no gol marcado fora de casa, após empate no placar agregado. Na visão de Olic, Simeone foi mais inteligente que Guardiola, além de aproveitar para criticar o estilo de jogo do catalão. "Sim, o Atlético de Madrid jogou um futebol destrutivo, mas eles sabiam exatamente o que queriam e neste jogo de xadrez, Simeone fez todos os movimentos certos", afirmou. "Guardiola ficou preso à sua filosofia e não conseguiu conquistar um título europeu, embora ele teve de lidar com a carga de expectativa desde o início”, declarou.

Concluindo, Ivica Olic – que atuou no Bayern de 2009 a 2012 – afirmou que Guardiola não deixará boas lembranças na baviera e relembrou o bom trabalho de Jupp Heynckes no comando da equipe. "Ele veio depois de Heynckes, que ganhou tudo, é por isso que ele estava em uma situação difícil”, disse Olic ao jornal croata. “Guardiola só poderia repetir o sucesso de Heynckes, mas ele falhou e por isso não será lembrado", finalizou.