Freiburg marca no fim, vence Heidenheim e conquista a 2. Bundesliga

Atacante Niederlechner saiu do banco de reservas marca dois gols no fim da partida que deu o titulo a equipe da Floresta Negra

Freiburg marca no fim, vence Heidenheim e conquista a 2. Bundesliga
Foto: Divulgação/Freiburg
Freiburg
2 0
Heindeheim
Freiburg: Schwolow; Mujdza, Torrejón, Kempf, Günter; Höfler, Abrashi; Frantz (Hedenstad Min. 80) (Niederlechner Min. 63), Grifo, Philipp (Hufnagel Min. 85); Petersen. Técnico: Christian Streich
Heindeheim: Ke. Müller; Strauss, Kraus, Beermann, Feick; Griesbeck, Wittek (Skarke Min. 90); Leipertz (Morabit Min. 68), Schnatterer, Titsch-Rivero (Finne Min. 90+1); Thomalla. Técnico: Frank Schmidt
Placar: 1 – 0 Min. 87 Niederlechner, 2 – 0 Min. 90+1 Niederlechner.
ÁRBITRO: Günter Perl (ALE) Cartões Amarelos: Strauss (Min. 27), Titsch-Rivero (Min. 32).
INCIDENCIAS: Partida Válida Pela 33ª rodada da 2. Bundesliga 2015/16. Estádio: Schwarzwald-Stadion/Freiburg (Alemanha). Público: 24.000 Pagantes.

Neste domingo (8), Freiburg e Heidenheim se enfrentaram pela 33ª rodada da 2. Bundesliga 2015/16 no Schwarzwald-Stadion em Freiburg no Baden-Derby. A equipe da Floresta Negra que garantiu seu acesso na rodada passada encarou uma das sensações do campeonato e que fez boa temporada até aqui e queria terminar a temporada de uma forma digna.

A partida foi movimentada e os donos da casa venceram pelo placar de 2 a 0, os dois gols foram marcados por Niederlechner. Com o resultado garantiu o titulo a equipe do sul da Alemanha que somou 72 pontos e não podendo ser mais alcançado. Já os azuis e vermelhos caíram para décima colocação com 45 pontos.

O próximo jogo do Freiburg será fora de casa contra o Union Berlin no Stadion An der Alten Försterei. Enquanto que o Heidenheim recebe na Voith-Arena o Bochum, os jogos serão realizados no próximo domingo (15).

Em uma primeira etapa movimentada as duas equipes criaram boas oportunidades

Os donos casa que buscavam o titulo da temporada encarou seu rival da região que fez um bom campeonato e os visitantes começaram assustando e logo aos 3 minutos o volante Griesbeck arriscou de longe e por pouco não surpreendeu o goleiro Schwolow. Depois tiveram outra oportunidade com Thomalla, mas o atacante foi interceptado por Mujdza.

A equipe da casa foi pra cima e aos 19 minutos na tabelinha entre Frantz e Mujdza o meia-atacante saiu frente com o goleiro e mandou a bola por cima, perdendo uma boa chance de abrir o marcador para os mandantes.

Logo em seguida foi com o artilheiro da equipe Nils Petersen que deu uma de garçom e tocou na medida para Frantz que de voleio mandou pra fora. Por pouco não conseguiram abrir o marcador com Vincenzo Grifo que cobrou a falta com veneno e saiu à esquerda do goleiro Müller.

Minutos depois o mesmo jogador arriscou de fora da área, mas a bola subiu sem direção. E ainda tiveram outra ocasião de gol aos 42 minutos com Mujdza, o bósnio foi acionado e arriscou em cima do goleiro adversário que fez ótima defesa.

Niederlechner entra na segunda e marca dois gols que deu o titulo ao Freiburg

Na etapa final os visitantes que perderam a chance de abrir o marcador com Schnatterer, o meia-atacante recebeu lançamento de Feick, mas arriscou em cima de Schwolow que fez boa defesa ao abafar o arremate do jogador.

Os donos da casa deram a resposta com Philipp que fez jogada individual e arriscou pra fora desperdiçando uma ótima oportunidade de tirar o zero do placar. A equipe mandante não ficou atrás e continuou martelando querendo abrir o marcador que o daria o titulo da temporada.

Só que aos 42 minutos a equipe conseguiu abrir o marcador Hufnagel que tinha acabado de entrar na partida cruzou na medida para Niederlechner que mesmo caído desviou e marcou um lindo gol, colocando os mandantes em vantagem.

Logo depois saiu o segundo gol nos acréscimos da partida aos 46 minutos em outra assistência de Hufnagel, o georgiano deu na medida para Niederlechner que entrou na área e arriscou de canhota, sem chances de defesa para o goleiro Müller.

O resultado garantiu o titulo da segunda divisão alemã a equipe da Floresta Negra que fez uma campanha impecável na temporada e manteve a regularidade desde o início da competição. E retorna a primeira divisão depois de ter sido rebaixado na temporada passada.

Jogadores posando com a salva de prata Foto: Divulgação/Freiburg
Jogadores posando com a salva de prata Foto: Divulgação/Freiburg