Desempregado após deixar Hertha em 2014, Jos Lukuhay é anunciado no Stuttgart

Treinador holandês será o comandante dos suábios na próxima temporada e vai ter a missão de trazer a equipe de volta para primeira divisão

Desempregado após deixar Hertha em 2014, Jos Lukuhay é anunciado no Stuttgart
Foto: Divulgação/Stuttgart

O Stuttgart anunciou seu novo treinador para próxima temporada e trouxe o experiente treinador holandês Jos Luhukay, de 52 anos, que estava sem clube desde o final de 2014, quando deixou o comando do Hertha Berlin. Os detalhes do contrato não foram revelados.

Luhukay é um velho conhecido do futebol alemão e conseguiu três acessos com equipes diferentes. Em 2008 trouxe o Borussia Mönchengladbach de volta. Em 2011 foi o treinador do Augsburg e conduziu a equipe da Baviera ao acesso inédito. Depois, trouxe o Hertha Berlin de volta em 2012 e foi seu último clube. O novo treinador do Stuttgart tem outras passagens por clubes da Alemanha, como o Paderborn em 2005, além de ser coordenador técnico do Colônia.

O comandante terá a missão de trazer os suábios de volta à primeira divisão. A equipe do sul da Alemanha foi rebaixada no último final de semana para o Wolfsburg por 3 a 1 e voltará a disputar a segunda divisão depois de 39 anos, quando esteve na temporada 1976/77. Luhukay vai substituir Jurgen Kramny, que volta para  a equipe sub-23. Além disso, a cúpula do clube demitiu o diretor esportivo Robin Dutt.

Para o presidente do clube Bernd Wahler, a contratação do treinador conhecido foi pelo fato de ter ciência de como é disputada a 2. Bundesliga e o mais importante, como conduzir um time de volta à elite. “É um treinador experiente e que já trabalhou na 2. Bundesliga e já conhece o estilo de jogo de equipes que disputarão essa competição. Vai ser uma temporada de reestruturação e vamos em buscar de retornar para primeira divisão que é o nosso lugar. Foi muito duro em lidar com uma queda, mas ficou o aprendizado para todos nós que não montamos uma equipe competitiva, agora é recomeçar”, afirmou.

Os suábios fizeram uma campanha desastrosa na primeira divisão. Em 34 jogos, nove vitórias, seis empates e 19 derrotas. Destes 19 reveses, seis foram de forma consecutiva, o que culminou no impressionante rebaixamento para a segunda divisão.