Ex-Colônia, Yannick Gerhardt é contratado pelo Wolfsburg por cinco temporadas

Lobos contratam meio-campista que atuou pelo Colônia e da seleção olímpica da Alemanha

Ex-Colônia, Yannick Gerhardt é contratado pelo Wolfsburg por cinco temporadas
(Foto: Divulgação/Wolfsburg)

Nesta sexta-feira (27), o Wolfsburg anunciou o meio-campista Yannick Gerhardt, que estava no Colônia. O jogador de 22 anos assinou contrato por cinco temporadas com os Lobos até a metade de 2021. Os valores da negociação saíram em torno de 4,5 milhões de euros, aproximadamente R$ 18,4 milhões.

Gerhardt tinha seu nome especulado há duas semanas para reforçar a equipe da Volkswagen, mas o Benfica também manifestou interesse em contar com seu futebol na próxima temporada. O jogador se destacou pelos Bodes nesta temporada e foi um dos atletas fundamentais na boa campanha do clube. Além disso, pode defender a Seleção da Alemanha na Olimpíada Rio 2016, a ser disputada no mês de agosto. O meia é o segundo reforço para temporada 2016/17 que já tinha contratado Daniel Didavi do Stuttgart.

O diretor esportivo do clube Klaus Allofs fez elogios ao jogador. “Gerhardt é um jovem jogador com muito potencial. Com o Colônia provou sua qualidade e fez uma boa temporada na Bundesliga. Desejamos muita sorte a ele agora atuando conosco e que mantenha sua regularidade agora atuando pelo Wolfsburg”, explicou.

Em entrevista ao site oficial do Wolfsburg, Yannick Gerhardt falou de suas expectativas com o novo clube. “Eu quero ajudar meu novo clube na próxima temporada. Estou muito feliz de ter assinado com o Wolfsburg e não foi uma decisão fácil para eu deixar o Colônia por onde fui muito feliz. Agora é seguir em frente e mostrar meu futebol jogando pelos Lobos”, disse.

O Wolfsburg não fez uma grande campanha na atual temporada e foi considerada uma das decepções na Bundesliga. A equipe terminou na oitava colocação, com 45 pontos, e não conseguiu nenhuma vaga em competições europeias na próxima temporada. O clube fez história na Uefa Champions League ao disputar as quartas de final pela primeira vez na história, mas o Real Madrid acabou com o sonho dos alemães de ir adiante no torneio continental. O fato positivo foi a conquista da Supercopa da Alemanha, diante do Bayern de Munique.