Especiais Bundesliga 2015/16 Bayer Leverkusen: metas atingidas após ascensão na reta final

Leões começaram oscilando na primeira metade de temporada, mas fez um grande segundo turno e chegou a conquistar a vaga para próxima Uefa Champions League

Especiais Bundesliga 2015/16 Bayer Leverkusen: metas atingidas após ascensão na reta final
(Foto: Hugo Alves/VAVEL Brasil)

O Bayer Leverkusen começou a temporada com boas expectativas por conta da boa campanha que tinha feito na temporada 2014/15 e sonhava com o inédito titulo da Bundesliga, o que nunca aconteceu. A equipe comandada por Roger Schmidt começou o campeonato vencendo os dois primeiros jogos da temporada, mas logo depois perdeu três seguidas. O primeiro turno da equipe foi bem regular, mas no segundo turno a equipe engrenou na reta final. Foram sete vitórias seguidas que o garantiram na terceira colocação com 60 pontos que levou para próxima edição da Uefa Champions League.

A equipe no inicio da temporada iniciou vencendo seus dois primeiros jogos diante do Hoffenheim de virada e do Hannover com um golaço do Çalhanoglu em cobrança de falta, eleitos um dos mais bonitos do campeonato. Logo em seguida teve o Bayern de Munique e foi derrotado, depois perdeu para o modesto Darmstadt em casa e para o Borussia Dortmund, deixando seus torcedores desconfiados.

Na 9ª rodada, no duelo contra o Stuttgart, a equipe vinha perdendo por 3 a 1 dentro de casa, mas na persistência conseguiu a virada nos minutos finais com um gol de Mehmedi e venceu por 4 a 3. Outro jogo a destacar nesta temporada foi à derrota para um dos seus maiores rivais no Rheinische Derby o Colônia por 2 a 1 em um jogo que a equipe se mostrou apática e o adversário aproveitou as chances que tiveram na partida.

Jogadores celebrando a vitória de virada sobre o Stuttgart por 4 a 3 Foto: Dennis Grombkowski/Getty Images
Jogadores celebrando a vitória de virada sobre o Stuttgart por 4 a 3 (Foto: Dennis Grombkowski/Getty Images)

E na penúltima rodada do primeiro turno enfrentou em outro duelo pelo Rheinische Derby o Borussia Mönchengladbach e goleou pelo placar de 5 a 0 com um hat-trick de Chicharito Hernández, que fez uma grande partida e um golaço nesse jogo. Além disso, o experiente atacante Stefan Kiessling marcou dois. Depois encerrou o com uma vitória sobre o Ingolstadt por 1 a 0 com um gol solitário de Hernández.

Em meio à disputa da Bundesliga os leões jogaram a fase de playoffs da Uefa Champions League e enfrentaram a Lazio. No primeiro duelo em Roma, os italianos venceram o primeiro duelo por 1 a 0. Mas na segunda partida na Bay Arena conseguiram reverter à desvantagem e venceu por 3 a 0 e se garantiu na fase de grupos e caiu no grupo do então campeão Barcelona e também da Roma e do BATE Borisov.

No primeiro duelo contra os bielorrussos deu uma boa impressão e venceu por 4 a 1 com dois gols de Çalhanoglu. Logo depois enfrentou o Barcelona a equipe jogou muito e saiu vencendo a partida, mas cedeu a virada ao time catalão e perdeu por 2 a 1. Em um dos melhores jogos do torneio foi no empate contra a Roma em casa em 4 a 4, os leões saíram em vantagem de dois gols e cedeu a virada ao time italiano e no fim conseguiu empatar.

Nos jogos de volta perdeu os confrontos diretos contra os romanistas na Itália e as chances ainda continuaram. Só que no duelo contra o BATE Borisov, a equipe teve boas chances e numa infelicidade de Leno no inicio da partida a equipe só empatou em 1 a 1. E no ultimo jogo contra o Barcelona em casa a equipe precisava vencer e torcer por um tropeço da Roma. Os aspirinas não conseguiu vencer naquela ocasião os espanhóis que levaram um time reserva e terminou no empate em 1 a 1, o eliminando do torneio e seguindo para Uefa Europa League.

Leverkusen precisando vencer o mistão do Barcelona para conseguir a vaga para próxima fase, mas ficou só no empate que o eliminou Foto: Divulgação/Uefa
Leverkusen precisando vencer o mistão do Barcelona para conseguir a vaga para próxima fase, mas ficou só no empate que o eliminou (Foto: Divulgação/Uefa)

Pela DFB Pokal a equipe parou nas quartas de final perdendo para o Werder Bremen em casa pelo placar de 3 a 1 que contou com a expulsão do brasileiro Wendell nesse jogo que o eliminou do torneio.

Com a parada da Bundesliga no mês de janeiro devido ao rigoroso inverno europeu na Alemanha, os leões rumaram para os Estados Unidos para a disputa da segunda edição da Flórida Cup e pela segunda vez disputou o torneio amistoso e fez duas partidas com uma vitória apertada sobre o Santa Fé da Colômbia que tinha sido campeão da Copa Sul-americana e venceu por um magro 1 a 0. No segundo jogo enfrentou o Internacional de Porto Alegre, em começo de jogo apagado a equipe sofreu dois gols e menos de dez minutos, mas conseguiu empatar a partida que terminou em 3 a 3.

Roger Schmidt treinador da equipe Foto: Sascha Steinbach/Getty Images
Roger Schmidt treinador da equipe (Foto: Sascha Steinbach/Getty Images)

O segundo turno começou com os leões empatando em 1 a 1 contra o Hoffenheim e parando nas boas defesas do goleiro Baumann que evitou que a equipe vencesse aquela partida. Depois vieram duas vitórias contra Hannover e Darmstadt e um empate contra o Bayern de Munique que foi um jogo disputado e não saiu de um 0 a 0.

Em um jogo polemico os leões perdeu em casa para o Borussia Dortmund por 1 a 0, o detalhe da partida foi à expulsão do treinador Roger Schmidt que se recusou a sair de campo por não concordar com o gol marcado por Aubameyang naquela ocasião. A origem do gol saiu em uma falta de ataque no qual Ginter adiantou a bola para frente e acionou os jogadores de frente. O árbitro da partida Felix Zwayer não concordando com a atitude do treinador abandonou o gramado que gerou muita confusão. Minutos depois voltou atrás e o jogo foi reiniciado. Só que o treinador da equipe admitiu que seu erro e foi punido pela liga.

Na Europa League os leões enfrentaram na fase de 16 avos de final enfrentou o então líder naquele momento na liga portuguesa o Sporting por 1 a 0 em Lisboa e depois venceu na volta por 3 a 1, o destaque nos dois jogos foi a boa atuação de Karim Bellarabi que fez três gols nos dois jogos. Depois enfrentou o Villarreal  nas oitavas de final e perdeu a primeira partida por 2 a 0 e o segundo jogo precisando vencer por até três gols ficou no empate sem gols que o eliminou do torneio.

Leões foram eliminados pelo Villarreal novamente e ficaram pelo caminho na Europa League Foto: Dean Mouhtaropoulos/Getty Images
Leões foram eliminados pelo Villarreal novamente e ficaram pelo caminho na Europa League (Foto: Dean Mouhtaropoulos/Getty Images)

Ainda a equipe perdeu mais jogos para Mainz 05 e para o Werder Bremen novamente e goleado dentro de casa por 4 a 1 em um jogo que se mostraram apático. Logo em seguida enfrentou o Augsburg, após está perdendo por 3 a 1 conseguiu chegar ao empate por 3 a 3.

A sua arrancada começou no duelo contra o Hamburgo por 1 a 0 graças a um gol contra de Ekdal. Mesmo assim que jogou mais foi os hamburgueses, mas o goleiro Leno estava em uma tarde inspirada e salvou a equipe por pelo menos quatro defesas importantes. E mais dois jogos desta temporada são de destacar a virada sobre o Schalke 04 na 31ª rodada no qual a equipe perdia por 2 a 0 e virou para 3 a 2 em seis minutos e saiu de Gelsenkirchen com o triunfo. Outro duelo foi contra o Hertha Berlin em casa na vitória por 2 a 1 com grande atuação de Julian Brandt prata da casa que o levou para próxima edição da UCL.

Jogadores comemorando um dos gols na vítoria sobre o Hertha que deu a classificação direta para UCL Foto: Marco Leipold/Getty Images
Jogadores comemorando um dos gols na vítoria sobre o Hertha  Berlin que deu a classificação direta para UCL (Foto: Marco Leipold/Getty Images)

Com a classificação garantida para próxima UCL enfrentou seu rival Borussia M’gladbach e os leões saíram vencendo com um gol de Aránguiz que voltava de um longo tempo de lesão, mas cedeu a virada e perdeu por 2 a 1 quebrando sua sequencia de oito jogos sem perder. No ultimo jogo contra o Ingolstadt venceu 3 a 2 deixando o clube na terceira colocação.

Time-base:

Leno; Hilbert, Tah, Toprak, Wendell (Henrichs), Kramer, Aránguiz (Kampl), Bellarabi, Çalhanoglu, Brandt, Chicharito (Kiessling).

Destaque – Javier “Chicharito” Hernández

O jogador mexicano que vinha de uma passagem discreta pelo Real Madrid e não vinha sendo aproveitado pelo Manchester United de Louis Van Gaal que não contaria com atacante em seu elenco. E o jogador foi contratado no ultimo dia de contratações e chegaram ao clube mostrando a que veio na equipe, os primeiros jogos do atacante foram muitos gols na primeira parte de campeonato. Hernández fez um Hat-trick no derby contra o Borussia M’gladbach por 5 a 0 e um dos gols mostrou muito talento ao deixar o marcador no chão. Terminou a temporada da Bundesliga como quatro artilheiro da competição com 17 gols, atrás apenas de Thomas Müller, Aubameyang e Lewandowski.

Hernández marcou 17 gols na Bundesliga e ajudou sua equipe a chegar na UCL Foto: Mika Volkmann/Getty Images
Hernández marcou 17 gols na Bundesliga e ajudou sua equipe a chegar à próxima UCL Foto: Mika Volkmann/Getty Images

Outro destaque da temporada foi o meia-atacante Karim Bellarabi que foi o segundo maior passador do campeonato com 11 assistências. O jogador mostrou ser muito técnico e habilidoso, fez gols importantes para sua equipe que ajudou na grande campanha do clube na temporada.

Vale também destacar o jovem zagueiro Jonathan Tah de 20 anos que chegou do Hamburgo e mostrou em sua primeira temporada muita maturidade e frieza. O jogador mostrou ser um zagueiro veloz e marcador e a sua boa fase fez o chegar à seleção principal da Alemanha no mês de março, mas deve ser figura carimbada nas Olímpiadas do Rio de Janeiro em agosto.

Revelação – Julian Brandt

Com pouca idade e futebol de gente grande Julian Brandt mostrou que pode ser um grande jogador e com apenas 20 anos fez sua melhor temporada. Em 29 jogos marcou nove gols e participou ativamente de outros gols importantes com assistências e ajudando seus companheiros.

O seu grande momento na temporada o colocou entre os jogadores que podem disputar a Euro 2016 pela seleção alemã. Por conta de suas atuações fez o comandante da seleção Joachim Löw dar uma oportunidade. Se caso não ir ao torneio europeu deve ser uma das estrelas no time sub-23 no Rio 2016.

Julian Brandt uma das revelações da equipe e que chegou à seleção principal da Alemanha Foto: Sascha Steinbach/Getty Images
Julian Brandt uma das revelações da equipe e que chegou à seleção principal da Alemanha Foto: Sascha Steinbach/Getty Images

O que esperar da temporada 2016/17

Com a vaga garantida para fase de grupos da UCL os leões buscarão não repetir a campanha ruim da temporada passada no torneio e vai buscar chegar às fases de mata-mata do principal torneio interclubes da Europa.

Na Bundesliga a equipe vai brigar novamente por competições europeias e começou a ser reforçar trazendo jogadores pontuais para seu elenco. E contratou destaques de outras equipes, e trouxe o volante austríaco Julian Baumgartlinger do Mainz 05, e o meia-atacante Kevin Volland do Hoffenheim. Além disso, contará com os retornos do lateral Danny da Costa, que estava no Ingolstadt, do zagueiro Jonas Meffert, do Karlsruher, e do atacante Joel Pohjanpalo, do Fortuna Düsseldorf, que voltam de empréstimo.

O clube espera fazer uma campanha ainda melhor e deve investir pesado para próxima temporada trazendo mais alguns jogadores para seu elenco devido aos torneios que vão disputar.