Refugiado da Gâmbia, jovem Bakery Jatta assina contrato profissional com o Hamburgo

Jogador refugiado de Gâmbia firma contrato profissional com o clube do norte da Alemanha

Refugiado da Gâmbia, jovem Bakery Jatta assina contrato profissional com o Hamburgo
Foto: Divulgação/Hamburgo

Nesta terça-feira (14), o Hamburgo anunciou o contrato profissional com o jovem atacante Bakery Jatta de 18 anos que treinava no clube desde o mês de janeiro. O jogador refugiado de Gâmbia e chegou através em alto mar vindo da Itália, fugindo de uma guerra civil que seu país vive.

Jatta estava esperando completar sua maioridade para assinar seu primeiro contrato e atuará por três temporadas pelo clube do norte da Alemanha. Portanto, é o terceiro reforço do clube para próxima temporada que já trouxe o goleiro Christian Mathenia e o atacante Bobby Wood.

O novo reforço falou da felicidade de ter assinado contrato profissional: “Estou muito feliz por ter assinado meu primeiro contrato como jogador profissional e agradeço ao Hamburgo por ter aberto as portas a mim e vou mostrar meu futebol atuando por esse clube. Semanalmente treinava com em uma academia próxima e vai ser um prazer em vestir essa camisa”.

Para o treinador da equipe Bruno Labbadia é um jogador interessante: “É um jogador interessante e muito talentoso. Estou dando boas vindas a eles por se juntar a nós na próxima temporada. Mostrou ser muito talentoso e tem muito potencial para atuar conosco”.

O CEO do clube Dietmar Beiersdorfer espera ver o jogando brevemente: “Trouxemos um jogador que tem muito a mostrar e no Hamburgo tem tudo para ser um grande jogador. Estamos ansiosos de ver jogando na próxima temporada. O clube vai trabalhar com ele aos poucos e com um tempo vai ganhando maturidade e experiência jogando no time profissional”.

A equipe voltará das férias no dia 27 deste mês para dar inicio a temporada 2016/17 no qual o clube disputará amistosos na Áustria. O clube terminou na décima colocação esta temporada que foi melhor que as anteriores que o time brigou para não cair e teve que jogar os playoffs em duas oportunidades.