Lewandowski analisa desempenho diante da Alemanha: "Foi uma pena não termos marcado"

Atacante polônes acredita que mereciam um desfecho melhor diante dos atuais campeões do mundo

Lewandowski analisa desempenho diante da Alemanha: "Foi uma pena não termos marcado"
"Definitivamente, estamos felizes", disse o capitão (Foto: Alexander Hassenstein/Getty Images)

Após estrear na Euro 2016 com uma magra vitória diante da Irlanda do Norte, por 1 a 0, o desempenho da Polônia dividiu críticas. Portanto, o empate diante dos vizinhos alemães nesta quinta-feira (16), foi uma exibição mais convincente e consequentemente, serviu para acabar com parte das dúvidas quanto à qualidade da equipe.

Alemanha e Polônia não saíram do zero no Stade de France, em Saint-Denis, em jogo válido pela 2ª rodada da competição continental. Agora os poloneses enfrentarão os ucranianos na próxima terça-feira (21), no Stade Vélodrome, em Marseille.

Com o resultado, a Polônia foi a quatro pontos. Isso significa que não podem terminar em uma posição inferior do que a terceira no Grupo C, já que a Ucrânia – adversária da última rodada – não consegue mais como alcançá-los.

"Definitivamente, estamos felizes", disse o capitão Robert Lewandowski. "Conseguir um ponto dos campeões do mundo é uma conquista valiosa. No primeiro tempo, respeitamos muito nossos adversários, jogamos muito defensivamente e estavam faltando os jogadores na frente para criar chances. No segundo tempo nós mudamos isso, começamos a atacar com mais jogadores e criamos oportunidades. Foi uma pena não termos marcado, porque eu acho que merecíamos pelo menos um", acrescentou.

No entanto, apesar do bom desempenho até aqui na Euro 2016, a referência de liderança e de gols da Polônia ainda não desencantou. Passados dois jogos na competição, Robert Lewandowski ainda não marcou gols, mas para o artilheiro, o mais importante é resultado coletivo.  "Seria bom ter marcado um gol, mas eu não tive nenhuma chance", disse o atacante do Bayern de Munique. "Eu sei o quão difícil pode ser e estou muitas vezes sozinho na frente, mas não se trata de estatísticas. É sobre a equipe, espero marcar contra a Ucrânia, mas mais do que isso, espero ganhar e classificar", concluiu.