Luiz Gustavo encerra novela e é oficialmente cidadão alemão

Após pedir dispensa da seleção brasileira, o meio campista de 28 anos teve naturalização confirmada pela Baixa Saxônia

Luiz Gustavo encerra novela e é oficialmente cidadão alemão
"Obrigado Alemanha, pela oportunidade", afirmou o jogador (Foto: Jefferson Bernardes/AFP/Getty Images)

O meio-campista Luiz Gustavo, atualmente no Wolfsburg, ainda não tem certeza do rumo que tomará em sua carreira, pois vem sendo especulado por algumas equipes, como o Guangzhou Evergrande, da China. Em contrapartida, o atleta conquistou a cidadania alemã e pode, de fato, sentir-se em casa no clube atual. A naturalização do brasileiro foi oficialmente confirmada pela Baixa Saxônia nesta quinta-feira (30).

Em sua conta oficial no Twitter, Luiz Gustavo publicou uma foto exibindo o passaporte alemão, acompanhada de agradecimentos a sua casa futebolística. "Obrigado Alemanha, pela oportunidade", escreveu o atleta de 28 anos.

O volante brasileiro admitiu ao jornal alemão Bild ainda em 2010, quando atuava pelo Hoffenheim,  que pretendia se naturalizar e jogar pela seleção alemã. "Sinto-me bem no Hoffenheim e na Alemanha. A ideia de ter um passaporte alemão e de jogar pelo país me agrada", afirmou Luiz Gustavo.

Luiz Gustavo foi convocado por Dunga - então treinador da seleção brasileira - para disputar a Copa América Centenário, mas no início de Junho do presente ano, o atleta pediu dispensa alegando problemas pessoais. Segundo a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o volante relatou à comissão técnica ainda no Brasil que se afastaria.

Na ocasião, por meio de nota, a assessoria de Luiz Gustavo divulgou um comunicado agradecendo e justificando a decisão. “Infelizmente é um problema familiar que venho enfrentando já há algum tempo. Foi uma decisão muito difícil de tomar, mas, quando o assunto é família, não existe outra prioridade. Agradeço de verdade a todos os integrantes da comissão técnica, aos meus companheiros e outros profissionais da delegação por toda a compreensão e pelo apoio. Todos já estavam cientes dessa situação e estiveram do meu lado desde o início, para o que eu precisasse. É e sempre será um prazer imensurável vestir essa camisa e honrar o meu país, mas, desta vez, tive que abrir mão da Seleção em prol da minha família. Estarei na torcida pelos meus companheiros para que façam uma excelente competição”, finalizou.

(Foto: Martin Rose/Bongarts/Getty Images)
Luiz Gustavo está no futebol alemão desde 2007 (Foto: Martin Rose/Getty Images)

Luiz Gustavo Dias ou simplesmente Luiz Gustavo, é natural de Pindamonhangaba, no interior de São Paulo. Iniciou carreira profissional no Corinthians Alagoano e posteriormente foi emprestado ao CRB. Em 2007 transferiu-se para a Alemanha, contratado por empréstimo pelo Hoffenheim, que logo assinou em definitivo com o jogador.

Em 2011 foi contratado pelo Bayern de Munique, por ‎€15,2 milhões, cerca de R$54,6 milhões. Na Baviera, Luiz Gustavo conquistou a tríplice coroa na temporada 2012/13, ou seja, a Bundesliga, a DFB Pokal e a Uefa Champions League, além da Supercopa da Alemanha. Na temporada 2013/14, com a chegada do treinador Pep Guardiola ao Bayern, Luiz perdeu espaço e foi negociado junto ao Wolfsburg, clube que desde então defende utilizando a camisa 22.

Pela Seleção Brasileira, o volante que vinha sendo lembrado desde 2011, atuou em 39 dos 41 jogos possíveis. Foi titular durante a Copa das Confederações de 2013, onde se sagrou campeão e foi considerado um dos destaques da equipe na competição. Luiz também foi titular na Copa do Mundo de 2014 e inclusive esteve em campo no histórico 7 a 1 diante dos alemães, fato que provavelmente não influenciou na decisão do atleta.