Stuttgart vira no fim e derrota St. Pauli na 2. Bundesliga

Suábios conseguem seu primeiro triunfo no final da partida e conquista os primeiros pontos na segunda divisão alemã

Stuttgart vira no fim e derrota St. Pauli na 2. Bundesliga
Foto: Divulgação/St. Pauli
Stuttgart
2 1
St. Pauli
Stuttgart: Langerak; Klein, Sunjic, Sama, Insúa; Gentner, Zimmer, Hosogai, Heise (Maxim Min. 45); Özcan (Tashchi Min. 68); Terodde. Técnico: Jos Luhukay
St. Pauli: Himmelmann; Hedenstad, Sobiech, Ziereis, Buballa; Nehrig (Gonther Min. 79), Buchtmann; Kalla, Sobota, Picault (Miyaichi Min. 69); Bouhaddouz (Dudziak Min. 70). Técnico: Ewald Lienen
Placar: 0 – 1 Min. 28 Bouhaddouz, 1 – 1 Min. 67 Maxim, 2 – 1 Min. 87 Gentner.
ÁRBITRO: Benjamin Brand (ALE) Cartões Amarelos: Hosogai (Min. 17), Kalla (Min. 30), Nehrig (Min. 71). Ziereis (Min. 78), Buballa (Min. 90+2).
INCIDENCIAS: Partida Válida Pela 1ª rodada da 2. Bundesliga 2016/17. Estádio: Mercedes-Benz Arena/Stuttgart (Alemanha). Público: 60.000 Pagantes.

Nesta segunda-feira (8) Stuttgart e St. Pauli se enfrentaram pelo encerramento da 1ª rodada da 2. Bundesliga 2016/17 na Mercedes-Benz Arena em Stuttgart. Os suábios que foram rebaixados na temporada passada e retornaram a segunda após 39 anos quando esteve pela ultima vez e encarou uma equipe que fez boa campanha na temporada passada e buscará mais uma vez brigar pelo acesso.

O jogo foi movimentado e os donos da casa venceram de virada pelo placar de 2 a 1, os gols foram marcados por Maxim e Gentner. O gol dos visitantes foi marcado por Bouhaddouz. Com o resultado os suábios fizeram seus primeiros pontos.

A próxima partida do Stuttgart será fora de casa contra o Fortuna Düsseldorf na Esprit Arena na próxima sexta-feira (12). Enquanto que o St. Pauli recebe no Millerntor-Stadion o Eintracht Braunschweig no próximo sábado (13).

St. Pauli joga melhor e abre o marcador na etapa inicial

Os visitantes foram pra cima logo na etapa inicial e adiantaram sua marcação, fazendo que o adversário forçar-se o erro na saída de bola e deu certo, aos 4 minutos Nehrig recebeu assistência de Kalla e mandou por cima da meta de Langerak.

A equipe da casa tentou ser mais objetivo e aos 6 minutos Klein levantou a bola na área na cabeça de Terodde, mas o atacante mandou sem direção. Depois chegou à tabelinha entre Heise e Özcan, o turco arrematou ao gol mandando em cima de Sobiech.

Os suábios tiveram a melhor oportunidade aos 22 minutos em um lançamento que saiu do campo de defesa por Heise a bola chegou a Terodde, o atacante invadiu a área e mandou em cima do goleiro Himmelmann que fez ótima defesa.

Só que aos 28 minutos os piratas abriram o marcador, após uma invertida errada de Insúa que gerou o contra ataque, Buballa deu a bola para Nehrig, o volante acionou Picault que disparou em velocidade e cruzou na medida para Bouhaddouz empurrar para as redes.

Em seguida não aumentaram o marcador, Zimmer saiu jogando errado e deu nos pés de Picault, o haitiano arriscou ao gol e obrigou Langerak a fazer boa defesa. Ainda tiveram outra oportunidade com Bouhaddouz que na área mandou no cantinho e a bola bateu na trave.

Stuttgart volta melhor na etapa final e vira o confronto no fim da partida

Na etapa final Jos Luhukay sacou Heise e colocou o romeno Maxim no jogo. O jogador entrou disposto e teve sua primeira chance aos 12 minutos em jogada individual arriscou no canto, sem direção. Depois aos 15 minutos o romeno cobrou escanteio na cabeça de Sama, o zagueiro ganhou dos marcadores e mandou no travessão.

A equipe visitante até que teve uma ocasião de gol aos 21 minutos no belo chute de Buchtmann, o volante pegou a sobra na cobrança de escanteio e arriscou em cima de Langerak que fez a defesa.

Mas um minuto depois os donos da casa conseguiram empatar a partida em uma jogada de contra ataque, Gentner lançou para Maxim, o romeno foi conduzindo a bola e mandou no cantinho do goleiro Himmelmann marcando um belo gol.

No fim da partida marcaram o gol da virada aos 42 minutos Tashchi cruzou na área a bola passou por toda defesa e chegou aos pés de Maxim que serviu Insúa arriscar ao gol e o capitão Gentner de carrinho mandou para o fundo do gol, decretando a primeira vitória do time suábio na competição.