Fora de casa, Borussia Dortmund goleia Legia Varsóvia pela Champions League

Jogando diante dos poloneses, equipe treinada por Thomas Tuchel dá show e vence por 6 a 0

Fora de casa, Borussia Dortmund goleia Legia Varsóvia pela Champions League
Aurinegros comemoram vitória na estreia diante do Legia (Foto: Divulgação/Borussia Dortmund)
Legia Varsóvia
0 6
Borussia Dortmund
Legia Varsóvia: Malarz; Bereszynski, Czerwinski, Dabrowski, Guilherme; Jodlowiec, Odjidja, Moulin (Radovic); Langil, Prijovic (Nikolic), Kazaishvili (Aleksandrov). Técnico: Besnik Hasi.
Borussia Dortmund: Bürki; Piszczek, Sokratis, Bartra, Schmelzer; Weigl (Ginter); Pulisic, Götze (Castro), Guerreiro, Dembélé (Mor); Aubameyang. Técnico: Thomas Tuchel.
Placar: 0-1, min.7, Götze. 0-2, min.16, Sokratis. 0-3, min.18, Bartra. 0-4, min. 51, Raphaël Guerreiro. 0-5, min. 76, Castro. 0-6, min. 87, Aubameyang.
ÁRBITRO: Árbitro: Sergei Karasev. Cartões amarelos: Malarsz, Guilherme e Bereszynski (LEG); Götze (BVB).
INCIDENCIAS: Partida válida pela primeira rodada da fase de grupos da UEFA Champions League, entre Legia Varsóvia e Borussia Dortmund. O jogo foi disputado na Arena de Varsóvia, em Varsóvia, Polônia.

“Adivinha quem voltou”? Essa era a frase estampada pelos torcedores do Legia Varsóvia minutos antes da partida de estreia da fase de grupos da UEFA Champions League, diante do Borussia Dortmund. Mesmo assim, a volta da equipe polonesa ao torneio após 21 anos foi dolorosa. Os poloneses foram goleados pela equipe alemã por 6 a 0, jogando em casa, na maior vitória aurinegra em competições europeias em toda história. Os gols dos alemães foram marcados por Götze, Sokratis, BartraRaphaël Guerreiro, Castro e Aubameyang.

Com a vitória, o Dortmund larga na liderança do grupo, com os mesmos 3 pontos do Real Madrid, mas com vantagem no saldo de gols. Já o Legia é o lanterna, e terá que se superar para, ao menos, não fazer feio na fase de grupos do torneio.

Agora, ambas as equipes voltam a pensar nos torneios nacionais. O Dortmund precisa se recuperar após a derrota sofrida para o RB Leipzig, e para isso receberá o Darmstadt, no sábado (17), às 10h30 (horário de Brasília). No mesmo dia, o Legia recebe o Zaglebie Lubin, e também precisará da vitória para se recuperar, já que vem de derrota para o Termalica Nieciecza.

Já pela UEFA Champions League, as equipes voltam a campo apenas daqui duas semanas.  Na terça-feira (27), às 15h45 (horário de Brasília), os Aurinegros recebem um dos favoritos à taça, o Real Madrid. Já o Legia irá até Lisboa enfrentar o Sporting, que foi derrotado para os Madrilenhos, também nesta quarta, apenas nos minutos finais.

Ele voltou e marcou

A festa dos torcedores do Legia antes da partida era impressionante. Após 21 anos, finalmente a equipe voltava a disputar a fase de grupos da Champions League, e nada melhor que enfrentar uma equipe do porte do Borussia Dortmund. O problema era que os Aurinegros também voltavam a disputar a competição, após uma temporada fora, e decidiram não facilitar para os mandantes.

Aos 18 minutos do primeiro tempo, o placar já era de 3 a 0 para a equipe alemã. E o jogador que abriu o placar não poderia ser mais emblemático: Mario Götze. O jovem, que ficou conhecido após polêmica transferência para o rival Bayern de Munique, semanas antes da final entre as duas equipes, e por marcar gol da vitória da Alemanha diante da Argentina na final da Copa do Mundo, transferiu-se de volta para o Borussia Dortmund, e resolveu marcar logo na “noite das voltas”.

Após estreia discreta na derrota diante do RB Leipzig, o jovem abriu o marcador para os visitantes logo aos sete minutos de jogo. Nove minutos depois, foi a vez do zagueiro Sokratis aumentar, e seu companheiro de zaga, Marc Bartra, sacramentou o 3 a 0 ainda no minuto 18.

Time de Tuchel volta melhor ainda e complementa goleada

Se o primeiro tempo foi de tranquilidade, o segundo mais ainda. Com a vitória já praticamente assegurada, o Borussia pretendia pouco se expor, mas não era preciso muito para vencer a zaga polonesa. Logo aos 6 minutos da segunda etapa, o jovem Raphaël Guerreiro, campeão com Portugal na UEFA Euro e recém-contratado junto ao Lorient-FRA, mostrou a que veio, marcando o quarto gol alemão.

Após o quarto gol, a equipe relaxou, mas ainda era muito superior em campo. Aos 31, Pulisic fez bom cruzamento, e Castro tratou de apenas empurrar para o fundo das redes. 5 a 0. E, já nos minutos finais, não poderia faltar um gol dele. Aubameyang, grande artilheiro da equipe na última temporada, chegou de frente para o gol e não perdoou.

6 a 0 para os Aurinegros e festa alemã nas arquibancadas. Ao Legia, restou contentar-se com a festa feita por sua torcida na volta ao torneio mais importante do continente europeu.