Embalado Borussia Dortmund mede forças com Freiburg no Signal Iduna Park

Aurinegros vêm embalados pelas goleadas nos últimos jogos e enfrentam equipe indigesta na Bundesliga

Embalado Borussia Dortmund mede forças com Freiburg no Signal Iduna Park
Borussia Dortmund
Freiburg
Borussia Dortmund: Bürki; Passlack, Sokratis, Ginter, Schmelzer; Castro, Rode; Dembélé, M. Götze, Guerreiro; Aubameyang. Técnico: Thomas Tuchel
Freiburg: Schwolow; P. Stenzel, Gulde, Höfler, C. Günter; Abrashi; Frantz; O. Bulut, Grifo; Philipp; Niederlechner. Técnico: Christian Streich
ÁRBITRO: Christian Dingert (ALE)
INCIDENCIAS: Partida Válida Pela 5ª rodada da Bundesliga 2016/17. Estádio: Signal Iduna Park/Dortmund (Alemanha). Horário: 15h30 (de Brasília).

Nesta sexta-feira (23), Borussia Dortmund e Freiburg se enfrentam pela abertura da quinta rodada da Bundesliga 2016/17, no Signal Iduna Park, em Dortmund. Os aurinegros vêm embalados pela últimas goleadas e terão pela frente uma equipe que deve lutar contra o rebaixamento à segunda divisão.

O árbitro da partida será Christian Dingert, e o duelo começa às 15h30. No último encontro entre as duas equipes, na temporada 2014/15, houve vitória dos aurinegros pelo placar de 3 a 0, com gols de Aubameyang (duas vezes) e Reus.

Em boa fase, Dortmund vai em busca de mais um triunfo dentro de casa

O Borussia Dortmund vem de uma grande vitória no meio de semana contra o Wolfsburg, por 5 a 1, e esperam conquistar, nesta sexta, outro triunfo, mas dessa vez diante de um adversário que retornou nesta temporada  à primeira divisão. A equipe de Thomas Tuchel não poderá contar com o zagueiro espanhol Marc Bartra, machucado, fazendo Matthias Ginter continuar compondo dupla com o grego Sokratis.

Em entrevista coletiva, o treinador disse o que espera da partida: “É um duelo contra uma equipe perigosa e que gosta de sair para o jogo. O Freiburg gosta de complicar para muitas equipes e conosco fará o mesmo. Sabemos que não podemos entrar de salto alto e entrar com os pés no chão. A partida tem tudo para ser complicada e vamos com tudo para conquistar mais uma vitória em casa".

‘‘Perdemos um jogador importante como o Bartra, por lesão, mas o Ginter jogará e se mostrou pronto quando foi preciso contar com ele. É um zagueiro de muito potencial e está aproveitando as oportunidades que está tendo na equipe", ressaltou Tuchel.

O volante Sebastian Rode falou que a partida não será nada fácil e disse para o BVB ter cuidado com o Freiburg: “Não podemos desmerecer o adversário e o Freiburg é uma equipe qualificada e não voltou por acaso para primeira divisão. O time deles tem grandes jogadores e muito talentosos. A bola parada deles é sua principal arma e precisamos estar atentos a esse tipo de jogada. Nosso time vem jogando bem, só que temos que ter cautela ao enfrentar um adversário desse porte".

Sem vencer fora de casa, Freiburg busca seu primeiro triunfo diante dos aurinegros

Após a vitória contra o Hamburgo, por 1 a 0, a equipe da Floresta Negra fará seu terceiro jogo fora de casa e, quando esteve longe de seus domínios, perdeu todos os jogos, contra Hertha Berlin e por ultimo o Colônia. O time treinado por Christian Streich terá uma mudança na defesa, com o deslocamento do experiente Höfler ao lado de Gulde; quem deixou a equipe foi o turco Söyüncü. O time deve ser o mesmo da última partida.

O comandante falou do jogo complicado em Dortmund: “Nunca foi fácil jogar contra o Borussia Dortmund na casa deles. É um adversário que tem a força de sua inflamada torcida que também joga com a equipe. Só que vamos para dar trabalho a eles e fazer ao menos um jogo decente longe de casa. Vamos pelo menos buscar um empate em Dortmund e que para nós estará de bom tamanho“.

Já o lateral-esquerdo Christian Günter afirmou que será um duelo disputado: “Faremos o possível para que a partida seja mais que disputada e jogaremos contra uma das melhores equipes da Alemanha e da Europa. O Dortmund tem um conjunto fortíssimo e jogadores excelentes. Mas a nossa equipe fará de tudo para que não os deixamos fazer o jogos. Não podemos deixar eles gostarem da partida e quando é assim, será difícil de segurar eles. Só que a equipe sabe da força deles. Eu acredito que meus companheiros farão de tudo para fazer um bom jogo“.