Raphael Guerreiro volta a marcar e comemora gol diante do Freiburg

Após o confronto, Pulišić, Guerreiro e Dembélé conversaram com a imprensa na zona mista do Signal Iduna Park

Raphael Guerreiro volta a marcar e comemora gol diante do Freiburg
Guerreiro entrou no decorrer da segunda etapa (Foto: Divulgação/Borussia Dortmund)

Pela abertura da quinta rodada da Bundesliga 2016/17, o Borussia Dortmund recebeu o Freiburg nesta sexta-feira (23), no Signal Iduna Park, em Dortmund. Mesmo com dificuldades e sem praticar bom futebol, os aurinegros fizeram o dever de casa e conquistaram mais três pontos na competição.

Com gols de Aubameyang, Piszczek e Guerreiro, o Borussia Dortmund somou 12 pontos e manteve a vice-liderança da Bundesliga, uma vez que o rival Bayern de Munique venceu o Hamburgo por 1 a 0. O próximo compromisso dos aurinegros será já na terça-feira (27), também em casa, diante do Real Madrid, pela fase de grupos da Uefa Champions League.

Após a vitória sobre o Freiburg, três jovens atletas do Dortmund apresentaram-se para responder questões dos jornalistas que aguardavam na zona mista do Signal Iduna Park. Christian Pulišić, Raphael Guerreiro e Ousmane Dembélé demonstraram estar satisfeitos com o resultado e com o desempenho no jogo.

O meio campista Christian Pulišić afirmou que “é ótimo jogar nesta equipa, ao lado desses grandes jogadores. É bom que atualmente o treinador precise muito de mim, assim eu recebo meus minutos de aplicação", disse. “Estou muito satisfeito, acho que realmente merecíamos vencer”, acrescentou o atleta de 18 anos. 

Raphael Guerreiro, que entrou no lugar de Götze no decorrer da segunda etapa, ressaltou que "é bom encontrar o caminho do gol novamente. Na verdade, não é o meu trabalho marcar gols, mas suponho que isso também faz parte”, comentou o atleta que balançou as redes já nos acréscimos. “Em última análise, o importante é apenas ajudar a equipe e nós, assim, fazermos um bom jogo”, concluiu. 

Por fim, o atacante Ousmane Dembélé reforçou que “foi uma vitória merecida. Estou contente por contribuir em um resultado positivo novamente”, disse o francês de 19 anos. “Sinto-me simplesmente bem neste time. Todos nós nos damos muito bem e isso reflete em campo", finalizou.