Bayern de Munique derrota Hamburgo fora de casa e mantém liderança da Bundesliga

Kimmich faz no fim e ajuda os bávaros a conquistarem mais uma vitória na competição; hamburgueses seguem sem vencer

Bayern de Munique derrota Hamburgo fora de casa e mantém liderança da Bundesliga
Foto: Divulgação/Uefa
Hamburgo
0 1
Bayern de Munique
Hamburgo: Adler; G. Sakai, Djourou, Spahic, Douglas Santos; Ekdal (Lasogga Min. 90), Jung; N. Müller, Holtby, Bahoui (Kostic Min. 67); Wood (Gregoritsch Min. 84). Técnico: Bruno Labbadia
Bayern de Munique: Neuer; Lahm, Javi Martinez, Hummels (Boateng Min. 51), Alaba; Thiago Alcântara; Renato Sanches (Vidal Min. 61), Kimmich; T. Müller, Coman (Ribery Min. 61); Lewandowski. Técnico: Carlo Ancelotti
Placar: 0 – 1 Min. 88 Kimmich.
ÁRBITRO: Felix Zwayer (ALE) Cartões Amarelos: Javi Martinez (Min. 65), Douglas Santos (Min. 70), Ribery (Min. 73), Kimmich (Min. 83), Gregoritsch (Min. 90+3).
INCIDENCIAS: Partida Válida Pela 5ª rodada da Bundesliga 2016/17. Estádio: Volksparkstadion/Hamburgo (Alemanha). Público: 57.000 Pagantes.

Neste sábado (24), Hamburgo e Bayern de Munique se enfrentaram pela quinta rodada da Bundesliga 2016/17, no Volksparkstadion em Hamburgo. Os hamburgueses, querendo espantar a má fase, tiveram um adversário que tinha vencido todos os seus jogos até o momento na temporada.

O duelo foi truncado e, com grandes defesas do goleiro Adler, os bávaros venceram pelo placar de 1 a 0. O único gol foi marcado por Kimmich. Este resultado manteve os bávaros na liderança isolada, com 15 pontos. Já os dinos estão em 15º, com apenas um ponto.

A próxima partida do Hamburgo será fora de casa, contra o Hertha Berlin, no estádio Olímpico, enquanto o Bayern de Munique recebe o Colônia, na Allianz Arena. Os jogos serão no próximo sábado (1º). Antes, os bávaros entram em campo pela fase de grupos da Uefa Champions League e enfrentam, no Vicente Calderón, o Atlético de Madrid, na próxima quarta-feira (28).

Em primeiro tempo disputado, duelo sem gols

A equipe da casa, buscando a reabilitação diante da sua torcida, teve uma boa oportunidade logo aos dois minutos. Na falha de Renato Sanches, que saiu jogando errado, Bahoui se aproveitou, mas o sueco arriscou fraco e facilitou a defesa de Neuer.

O duelo estava truncado e os dois times marcando muito forte, dificultando a partida. A vida não estava fácil e o jogo era duro. Os hamburgueses, pressionados para conquistar a primeira vitória na temporada e, por outro lado, um adversário buscando se manter na liderança isolada.

No descuido da defesa mandante, aos 18 minutos, Alaba levantou a bola na cabeça de Lewandowski. O artilheiro da equipe na temporada subiu sem marcação e mandou pra fora, uma boa oportunidade de abrir o marcador.

Os dinos não se intimidaram e, aos 27 minutos, Sakai fez grande jogada pela direita e cruzou para área, mas o lateral e capitão Lahm afastou de cabeça o que poderia ser uma chance real de gol ao time da casa.

No fim da primeira etapa Lahm levantou a bola na cabeça de Coman, o jogador francês disputou com Spahic e mandou em cima de Adler, mas nada disso valia, pois a arbitragem havia parado o lance.

Adler faz grandes defesas na etapa final, mas Kimmich marca e dá a vitória ao Bayern

Na etapa final, os bávaros foram pra cima e incomodaram a defesa adversária. Aos 12 minutos, Thiago Alcântara cobrou escanteio na cabeça de Lewandowski, que mandou a queima-roupa. Adler fez ótima defesa.

Em seguida, a resposta do time da casa. O lateral-esquerdo Douglas Santos, ex-Atlético-MG, arriscou de fora da área e mandou sem direção ao gol de Neuer.

O goleiro hamburguês apareceu novamente em cobrança de falta feita por Alaba, aos 26 minutos. O austríaco mandou com veneno, mas o arqueiro fez linda defesa ao evitar o gol bávaro. Novamente o camisa 1  apareceu mais uma vez e parou o chute de Kimmich.

Em outra cobrança de escanteio para a equipe de Munique, Adler parou mais uma vez Lewandowski com grande defesa. Aos 43 minutos, o Bayern finalmente superou a muralha de Hamburgo, em grande jogada de Ribery. O experiente jogador francês se livrou da marcação de Sakai e serviu para Kimmich empurrar para as redes.

No fim da partida, os dinos tentaram o empate na bola parada por duas vezes. A primeira foi com Jung ao desviar o cabeceio. Depois com Lasogga que mandou por cima do gol de Neuer. Final de jogo com mais uma vitória bávara e outro resultado negativo hamburguês.