Com boa atuação de Embolo, Schalke goleia Gladbach e conquista primeira vitória

Breel Embolo comandou a goleada do Schalke 04, a primeira da equipe na Bundesliga

Com boa atuação de Embolo, Schalke goleia Gladbach e conquista primeira vitória
Embolo foi o grande destaque da 1ª vitória do Schalke 04 na Bundesliga (Foto: Reprodução/Bundesliga)
Schalke 04
4 0
Borussia M'Gladbach
Schalke 04: Fährmann, Höwedes, Naldo, Nastasic, Kolasinac, Geis, Schöpf, Bentaleb, Goretzka (Di Santo, min. 82), Choupo-Moting (Baba, min. 86), Embolo (Meyer, min. 90). Técnico: Markus Weinzierl
Borussia M'Gladbach: Sommer, Elvedi, Christensen, Vestergaard (Stindl, min. 46), Jantschke, Kramer, Dahoud (Korb, min. 67), Traoré, Johnson (Herrmann, min. 82), Hazard, Hahn. Técnico: André Schubert
Placar: 1 - 0, min. 52, Choupo-Moting. 2 - 0, min. 56, Embolo. 3 - 0, min. 58, Goretzka. 4 - 0, min. 82, Embolo
ÁRBITRO: Sascha Stegemann (ALE)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 6ª rodada da Bundesliga, disputada na Veltins-Arena, em Gelsenkirchen. Público presente: 62.271 torcedores

Schalke 04 e Borussia M’Gladbach se enfrentaram neste domingo (2) pela sexta rodada da Bundesliga, na Veltins-Arena, em Gelsenkirchen. Os azuis reais buscavam a recuperação na competição, uma vez que haviam perdido todos os cinco primeiros jogos da competição, enquanto o Gladbach tinha como objetivo ratificar o bom futebol apresentado nas últimas rodadas com uma vitória fora de casa.

O Schalke, apesar do péssimo desempenho na Bundesliga, vem de um bom resultado na Europa League, quando derrotou o RB Salzburg por 3 a 1 e manteve os 100% na competição, enquanto o M’Gladbach, apesar da grande atuação, sofreu sua segunda derrota na Champions League, dessa vez para o Barcelona, por 2 a 1

O árbitro Sascha Stegemann foi o responsável por comandar a partida, que terminou com uma convincente vitória do Schalke por 4 a 0, com gols de Choupo-Moting, Goretzka e Embolo, duas vezes.

Na próxima rodada, que é somente após a data FIFA, o Schalke 04 visitará o Augsburg, enquanto o Borussia M’Gladbach receberá o Hamburgo, no Borussia-Park. Ambos os jogos ocorrerão no sábado (15).

M'Gladbach controla a posse de bola, mas é improdutivo ofensivamente

Apesar do péssimo retrospecto como visitante, o Gladbach começou a primeira etapa com o objetivo de gerenciar a posse de bola e foi efetivo nesse fundamento, no entanto foi incapaz de criar qualquer oportunidade nos primeiros minutos da partida. Já o Schalke 04, apesar da inferioridade no controle do jogo, foi a equipe que mais tentou ações ofensivos, mesmo que sem qualquer perigo para o goleiro Yann Sommer, que teve fraca atuação na partida anterior, diante do Barcelona.

As melhores chances da etapa inicial vieram nos minutos finais, quando os Potros finalmente começaram a entrar na partida. Dahoud fez ótimo lançamento para Fabian Johnson, que tocou para Hahn, mas esse não conseguiu alcançar a bola, em um lance de muito perigo para os azuis reais. Na sequencia desse lance, Jannik Vestergaard, aproveitando a péssima saída de gol de Fährmann, cabeceou para o gol, todavia Schöpf, em cima da linha, evitou aquele que seria o primeiro gol da partida, mantendo a igualdade no placar na primeira etapa.

Breel Embolo marca duas vezes e comanda goleada do Schalke

O Gladbach voltou para a etapa complementar com uma mudança: Lars Stindl no lugar de Vestergaard, que havia sido o melhor jogador da partida na etapa inicial. Eis que mais uma decisão equivocado de André Schubert comprometeu mais uma partida dos Potros fora de casa.

Logo aos sete minutos, Traoré cometeu um pênalti infantil, convertido por Choupo-Moting. Após abrir o placar, os azuis reais aproveitaram as seguidas falhas da defesa dos Foals e aumentaram a vantagem, com Embolo marcando aos onze minutos e Goretzka aos treze, praticamente definido a partida. Com três gols sofridos em um curto período de tempo, o Gladbach não teve força alguma para uma reação.

Os visitantes até que tentaram diminuir o prejuízo, mas Fabian Johnson e Thorgan Hazard perderam boas chances para recolocar a equipe na partida. Por fim, Embolo aproveitou uma falha bisonha de Christensen, em conjunto com Sommer, para tirar o arqueiro suíço e definir a vitória dos azuis reais por 4 a 0, sendo esse o primeiro triunfo da equipe na competição.