Müller marca duas vezes e Alemanha derrota República Tcheca pelas Eliminatórias

Atacante do Bayern de Munique apareceu novamente e marcou por duas oportunidades para a seleção alemã

Müller marca duas vezes e Alemanha derrota República Tcheca pelas Eliminatórias
Foto: Divulgação/Uefa
Alemanha
3 0
República Tcheca
Alemanha: Neuer; Kimmich, Boateng, Hummels, Hector (Höwedes Min. 68); Kroos (Gündogan Min. 76), Khedira; T. Müller, Draxler (Brandt Min. 80), Özil; Götze. Técnico: Joachim Löw
República Tcheca: Vaclík; Kaderábeck, Sivok, Suchy, Novák; Horava, Pavelka (Droppa Min. 63), Petrzela (Skalak Min. 69), Krejci; Dockal, Vydra (V. Kadlec Min. 76). Técnico: Karel Jarolim
Placar: 1 – 0 Min. 13 T. Müller, 2 – 0 Min. 49 Kroos, 3 – 0 Min. 65 T. Müller.
ÁRBITRO: Ovidiu Hategan (Romênia) Cartões Amarelos: Kaderábeck (Min. 19), Pavelka (Min. 54).
INCIDENCIAS: Partida Válida Pela 2ª rodada das Eliminatórias Para Copa do Mundo de 2018. Estádio: Volksparkstadion/Hamburgo (Alemanha)

Neste sábado (8), a Alemanha enfrentou a República Tcheca no Volksparkstadion, em Hamburgo, pela 2ª rodada das Eliminatórias para Copa do Mundo de 2018. Os alemães buscando a segunda vitória no grupo diante de uma seleção que vem passando por reformulação e aposta em jogadores jovens.

Em duelo no qual os alemães foram superiores vencendo pelo placar de 3 a 0 com gols de Thomas Müller duas vezes e outro foi marcado por Toni Kroos. O resultado colocou os germânicos na liderança da chave com 6 pontos.

A próxima partida da Alemanha é contra a Irlanda do Norte na HDI-Arena. Enquanto que a República Tcheca recebe o Azerbaijão no Metsky Stadion, os jogos ocorrerão na próxima terça-feira (11).

Alemães mandam na partida e Thomas Müller abriu o marcador

Buscando a segunda vitória em seu grupo os alemães começaram em cima e mandaram no jogo, aos 7 minutos Kroos cobrou a falta e mandou em cima da barreira. Depois o volante teve outra chance aos 10 minutos ao mandar de fora da área pra fora. Mas aos 13 minutos abriram o marcador em jogada de contra ataque na tabelinha entre Özil tabelou com Götze, o jogador do Borussia Dortmund passou a bola para Thomas Müller arriscar no cantinho do goleiro Vaclík e deixar sua seleção em vantagem.

Os tchecos tiveram uma postura mais defensiva e pouco fizeram na partida e aos 16 minutos o zagueiro Suchy arriscou ao gol só que sem direção à meta de Neuer. Por pouco os alemães não fizeram o segundo, Boateng lançou do campo de defesa a bola chegou a Götze que em seguida serviu Draxler e o camisa 7 arriscou cruzado pra fora, levando perigo ao gol adversário. Ainda Thomas Müller teve outra oportunidade ao arriscar cruzado só que o arqueiro tcheco fez a defesa.

Os alemães perderam novamente e desta vez com Götze que tabelou com Draxler e bateu na saída do goleiro e mandou pra fora. No fim da primeira etapa, Kimmich recebeu de Boateng e mandou em cima de Vaclik que no susto fez grande defesa.

Na etapa final Alemanha marca mais dois e conquista a segunda vitória

Logo no inicio da segunda etapa os alemães aumentaram o marcador aos 4 minutos em grande jogada de Kimmich, o então lateral se livrou da marcação e bateu de Toni Kroos que mandou de chapa no cantinho do goleiro tcheco.

A defesa tcheca saiu jogando errado e Müller se aproveitou e deu de bandeja para Özil que arriscou em cima do zagueiro. Em seguida foi à vez de Götze desperdiçar, o jogador bateu mascado depois de dividida com o marcador.

Os visitantes tiveram uma boa chance aos 18 minutos no arremate de Dockal, o atacante arriscou em cima de Neuer, o goleiro alemão espalmou fazendo uma linda defesa. Mas aos 20 minutos os germânicos aumentaram o marcador e novamente com Thomas Müller, o atacante do Bayern de Munique desviou cruzamento de Hector e marcou pela quarta vez nas eliminatórias.

A seleção da casa continuou perdendo chances e desta vez foi com Kimmich que desviou o cruzamento de Höwedes, mas Vaclik atento defendeu. O time tcheco até que tentou e o atacante Kadlec arriscou sem direção sobre a meta de Neuer. No fim da partida Höwedes teve duas oportunidades de fazer seu gol, a primeira foi aos 35 minutos, quando recebeu de Gündogan e bateu mal. Depois foi aos 45 minutos só que o goleiro tcheco fez a intervenção.