Joachim Löw avalia desempenho alemão nas Eliminatórias: "Temos cumprido as tarefas"

Alemanha bateu Irlanda do Norte por 2 a 0 em Hannover e manteve ponta do grupo; Khedira e Neuer também falaram com a imprensa

Joachim Löw avalia desempenho alemão nas Eliminatórias: "Temos cumprido as tarefas"
Alemães seguem com 100% de aproveitamento (Foto: Divulgação/Federação Alemã de Futebol)

Pela terceira rodada das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2018, a Alemanha recebeu a Irlanda do Norte nesta terça-feira (11), na HDI-Arena, em Hannover. Sem dificuldades, os donos da casa venceram os norte-irlandeses por 2 a 0, somaram nove pontos e mantiveram-se na liderança do Grupo C.

Com autoridade, os alemães carimbaram a vitória sobre os visitantes com gols de Julian Draxler e Sami Khedira, aos 13 e aos 16 minutos da primeira etapa, respectivamente. Contudo, a seleção alemã caminha a passos largos rumo ao Mundial da Rússia, já que além de seguir na ponta da tabela, a equipe possui 100% de aproveitamento, com oito gols marcados e nenhum sofrido.

Joachim Löw, treinador da seleção alemã, concedeu entrevista coletiva após o confronto. O comandante demonstrou-se satisfeito com os resultados obtidos até o momento. “Temos cumprido as tarefas: trouxemos seis pontos em dois jogos e ainda conseguimos manter nossa meta intacta. Os gols saíram rapidamente, por isso foi uma vitoria fácil para nós”, disse.

O comandante alemão ainda analisou o desempenho da equipe diante da Irlanda do Norte, refletiu sobre o comportamento dos adversários e afirmou que “o sistema defensivo deles não estava tão exposto e em alguns momentos, foi um pouco difícil jogar em profundidade”. Löw também declarou que “o time descuidou-se um pouco, uma vez que não mudaram à postura rápido o suficiente e principalmente ao permitirem situações de um contra um”.

Atletas alemães também falaram com a imprensa

(Foto: Divulgação/Federação Alemã de Futebol)
Khedira voltou a marcar após 826 dias (Foto: Divulgação/Federação Alemã de Futebol)

O meio campista Sami Khedira, que não marcava pela seleção alemã desde o histórico 7 a 1 sobre a seleção brasileira, na Copa do Mundo de 2014, ressaltou que “assim como nos dois primeiros jogos das eliminatórias,  a equipe estava muito focada e agressiva”. O atleta de 29 anos ainda comentou que os adeptos “podem ficar satisfeitos, pois foi um resultado muito satisfatório. É importante que eu possa ajudar a equipe, para que sejamos bem sucedidos”, concluiu Khedira, referindo-se ao gol.

Por fim, Manuel Neuer também conversou com jornalistas presentes na HDI-Arena. “Entramos em campo para fazer um bom jogo. Contra a República Tcheca fomos um pouco melhor, mas os norte-irlandeses dificultaram um pouco para nós. No segundo tempo jogamos bem, controlamos a partida e não convertemos nada”, disse o arqueiro. “Talvez tenha faltado apenas o terceiro gol para ficarmos ainda mais felizes. Sabemos que nas eliminatórias qualquer coisa pode acontecer, mas não temos jogos perigosos pela frente”, finalizou.