Bayern de Munique tropeça perante Eintracht Frankfurt, mas segue líder da Bundesliga

Em confronto válido pela sétima rodada da Bundesliga, equipes empataram em 2 a 2 na Commerzbank-Arena, em Frankfurt

Bayern de Munique tropeça perante Eintracht Frankfurt, mas segue líder da Bundesliga
Bayern segue na ponta, enquanto Frankfurt encontra-se na sétima posição (Foto: Divulgação/Bayern de Munique)
Eintracht Frankfurt
2 2
Bayern de Munique
Eintracht Frankfurt: Hradecky - Chandler, Abraham, Hector (Tarashaj 70), Vallejo, Oczipka - Huszti, Omar, Fabián - Meier (Hrgota 77), Rebic (Hasebe 67).
Bayern de Munique: Neuer - Lahm, Boateng, Hummels, Alaba - Kimmich, Alonso (Sanches 46), Thiago - Robben (Rafinha 76), Müller, Coman (Lewandowski 67).
Placar: 0-1 Robben (10), 1-1 Huszti (43), 1-2 Kimmich (62), 2-2 Fabian (78).
ÁRBITRO: Bastian Dankert (Rostock).
INCIDENCIAS: Confronto válido pela sétima rodada da Bundesliga, disputado na Commerzbank-Arena (49,500 espectadores).

Visando se manter na liderança isolada da Bundesliga, o Bayern de Munique encarou, nesse sábado (15), o Eintracht Frankfurt na Commerzbank-Arena, em Frankfurt. No entanto, apesar da superioridade, os bávaros tropeçaram, enfrentaram dificuldades e o confronto terminou empatado por 2 a 2, em jogo válido pela sétima rodada da liga alemã.

No primeiro tempo o Bayern abriu o placar com Arjen Robben, logo aos 10 minutos, enquanto o Eintracht buscou o empate com Szabolcs Huszti, aos 43. Já na etapa complementar, Joshua Kimmich marcou aos 62 e deixou o time de Munique novamente à frente, mas aos 78 minutos o mexicano Marco Fabian balançou as redes, em posição irregular, deixando tudo igual na partida.

Com o resultado, o Bayern acumulou uma sequência de três jogos sem vencer, mas segue na ponta da tabela com 17 pontos, enquanto o Eintracht encontra-se na sétima posição, com 11 pontos ganhos.  Pela Bundesliga, o próximo compromisso do Frankfurt será na sexta-feira (21), diante do Hamburgo, fora de casa. No dia seguinte, o Bayern receberá  Borussia Mönchengladbach, na Allianz Arena.

Robben abre o placar,  mas Huszti busca empate nos minutos finais

(Foto: Divulgação/Bayern de Munique)
Arjen Robben recuperou-se totalmente de lesão na virilha (Foto: Divulgação/Bayern de Munique)

Diferentemente do que era previsto, muito em função da superioridade do Bayern em relação às outras equipes na Alemanha, foi o Eintracht Frankfurt que criou a primeira chance de gol da partida. Aproveitando o fator casa e o apoio da torcida, logo aos seis minutos os donos da casa levaram perigo à meta de Manuel Neuer, que fez boa defesa na cabeçada do croata Ante Rebić.

O Bayern respondeu rapidamente. Aos 10 minutos, após boa jogada de David Alaba, o atacante Arjen Robben recebeu passe pela esquerda e bateu cruzado de dentro da pequena área. O goleiro Lukas Hradecky nada fez e a bola ainda tocou na trave antes de ir para o fundo das redes. O gol marcou o retorno do holandês, que não atuava desde a pré-temporada, quando foi diagnosticado com lesão na virilha direita.

O Eintracht Frankfurt não sentiu o gol e logo aos 15 minutos ficou perto de deixar tudo igual. Timothy Chandler bateu firme e levou perigo, após receber cruzamento na grande área. Os donos da casa continuaram em busca do empate e aos 33, Alexander Meier foi no terceiro andar e cabeceou no ângulo, mas o goleiro Manuel Neuer fez ótima defesa e novamente evitou o gol dos adversários.

O Bayern até levou perigo, mas de tanto insistir, foi o Frankfurt que encontrou o caminho do gol. Aos 43 minutos, Szabolcs Huszti arrancou pelo lado do campo e em jogada individual, invadiu a área e finalizou no cantinho com pé esquerdo, finalmente vencendo o arqueiro Neuer.  Contudo, as equipes foram para o vestiário com o empate no placar.

Bayern fica novamente à frente, mas Frankfurt deixa tudo igual com gol irregular

(Foto: Divulgação/Bayern de Munique)
Kimmich é um dos destaques do Bayern na temporada (Foto: Divulgação/Bayern de Munique)

Na volta das equipes para a etapa complementar, Carlo Ancelotti optou por substituir Xabi Alonso pelo português Renato Sanches, consequentemente tirando um volante de contenção e colocando um meio campista. A alteração rapidamente surgiu efeito, uma vez que ao entrar, o jovem Sanches deu novo ritmo à equipe, criando várias oportunidades de gol.

Melhor no início da segunda, os bávaros criaram diversas chances com Sanches, Coman, Robben e até com o zagueiro Hummels, mas o segundo gol veio dos pés de outro defensor. Após jogada ensaiada, aos 62 minutos, a bola sobrou para Joshua Kimmich na grande área, que livre de marcação chutou mascado e deslocou o goleiro do Frankfurt, deixando os bávaros novamente à frente no placar.

Minutos após o gol do Bayern, Szabolcs Huszti – autor do gol do Eintracht Frankfurt – desentendeu-se com Renato Sanchez, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Com um jogador a menos, imaginava-se que a situação dos donos da casa ficaria ainda mais complicada, mas o desfecho foi diferente.

Treinadores de ambas equipes promoveram alterações e o Frankfurt, embora estivesse em desvantagem numérica, continuou dificultando a vida do Bayern. Sendo assim, aos 72 minutos, o  lateral Timothy Chandler fez boa jogada pela direita, driblou o marcador e finalizou. Marco Fabian, que encontrava-se em posição de impedimento, desviou o percurso da bola e com o peito, empatou a partida. Ambas equipes ainda criaram oportunidades nos minutos finais, mas o confronto terminou empatado, em 2 a 2.