Após sequência de três jogos sem vencer, Ancelotti alerta: "Espero que não aconteça de novo"

Treinador do Bayern de Munique comenta tropeço frente ao Eintracht Frankfurt; Müller e Lahm também concederam entrevista

Após sequência de três jogos sem vencer, Ancelotti alerta: "Espero que não aconteça de novo"
Bayern de Munique segue líder da Bundesliga (Foto: Divulgação/Bayern de Munique)

O Bayern de Munique viajou à Frankfurt, neste sábado (15), em função de compromisso válido pela sétima rodada da Bundesliga. Apesar da supremacia no futebol alemão, os bávaros tropeçaram diante do Eintracht Frankfurt e empataram por 2 a 2, na Commerzbank-Arena.

Os gols do Bayern foram marcados pelo atacante Arjen Robben e pelo jovem defensor Joshua Kimmich. Com o resultado, a equipe acumulou uma sequência de três jogos sem vencer, mas ainda assim segue na liderança da Bundesliga, com 17 pontos ganhos.

O próximo compromisso dos bávaros será na quarta-feira (19), na Allianz Arena, diante do PSV, pela terceira rodada da fase de grupos da Uefa Champions League. Pela Bundesliga, o Bayern voltará a campo no sábado (22), também em casa, frente ao Borussia Mönchengladbach.

Após sete jogos, o Bayern ainda é o time a ser batido na Bundesliga. No entanto, os membros da equipe não parecem satisfeitos com o empate cedido ao Frankfurt. "Nós não tivemos boas atitudes na partida, é por isso que não fizemos uma atuação tão forte. Eu espero que isso não aconteça de novo", aletou Carlo Ancelotti, em entrevista coletiva. "No segundo tempo tivemos um desempenho melhor, ficou claro. O empate é apenas um resultado", acrescentou o treinador.

Após o confronto, Thomas Müller também conversou com jornalistas presentes na Commerzbank-Arena. "Não jogamos como tínhamos que jogar. O Frankfurt tomou a iniciativa e de certa forma, como jogador do Bayern não estou acostumado com isso e nem quero me acostumar", disse o atleta de 27 anos. "Não podemos sofrer o empate quando estamos sendo superiores em tudo", declarou.

O atacante também analisou o retrospecto, já que a equipe não vence há três jogos. "Estamos cientes do perigo. Como uma equipe, nós estamos cometendo muitos erros ultimamente, com ou sem a bola. Precisamos trabalhar muito para mudar isso", concluiu Müller.

Por fim, o capitão bávaro, Philipp Lahm, comentou a atuação da equipe. "Pode até ter sido um jogo divertido para todos os torcedores presentes, assim como foi intenso para nós", ressaltou. "Mas das pessoas que estavam acompanhando, acho que 100% não imaginaria que correríamos o risco de perder o controle do jogo", finalizou o defensor.