Ancelotti lamenta tropeço do Bayern diante do Hoffenheim: “Merecíamos a vitória"

O comandante do Bayern e o defensor, Mats Hummels, concederam entrevista após o empate na Allianz Arena; Boateng sofre lesão e desfalca seleção

Ancelotti lamenta tropeço do Bayern diante do Hoffenheim: “Merecíamos a vitória"
(Foto: Divulgação/Bayern de Munique)

O Bayern de Munique enfrentou o Hoffenheim neste sábado (5), em confronto válido pela décima rodada da Bundesliga. Apesar da superioridade, a equipe bávara foi surpreendida pelo modesto Hoffe, na Allianz Arena, em Munique. Os visitantes resistiram a pressão e empataram com o atual tetracampeão alemão, em 1 a 1.

Kerem Demirbay abriu o placar para o Hoffenheim, logo aos 15 minutos. Mas o Bayern não sentiu o golpe e deixou tudo igual, aos 33, graças ao gol contra do meio campista Steven Zuber. Com o empate, o Bayern somou 24 pontos e manteve-se na liderança da Bundesliga. O próximo compromisso da equipe será no sábado (19), diante do Borussia Dortmund, no Signal Iduna Park.

Apesar do tropeço em casa, os bávaros estabeleceram um novo recorde: A equipe marcou pelo menos um gol em casa, consecutivamente em 36 partidas oficiais, superando a melhor marca anterior, que estendeu-se entre dezembro de 2007 a abriu de 2009. No entanto, na visão do técnico do Bayern, “também merecíamos a vitória, tendo em vista as diversas chances perdidas”.

Carlo Ancelotti também disse, em entrevista coletiva, que “a equipe lutou pouco no início e não conseguiu livrar-se do Hoffenheim, que pressionava bastante”. Em relação à segunda etapa, o comandante italiano afirmou que “o time jogou com mais intensidade, atitude e qualidade. Mas, às vezes no futebol é assim, simplesmente não há sorte”.

O defensor alemão, Mats Hummels, também conversou com a imprensa após a partida. O atleta de 27 anos analisou o confronto e comentou as oportunidades perdidas. “O Hoffenheim foi muito forte e nós, fizemos uma exibição sem brilho. Encontramos nosso caminho na partida apenas depois que tomamos o gol”, disse. “Tivemos chances muito boas no segundo tempo, acertamos a trave duas vezes. Deveríamos ter matado o jogo", concluiu.

Boateng desfalcará seleção

Joachim Löw, comandante da Seleção Alemã - atual campeã do mundo - não poderá contar com Jérôme Boateng nos últimos dois compromissos do ano, diande da Itália e San Marino. O defensor foi desconvocado do plantel, devido à problemas no joelho e no  grupo muscular isquiotibiais. Boateng teve substituição forçada nos minutos finais da partida contra o Hoffenheim.