Joachim Löw destaca meta da Alemanha nas Eliminatórias: "Queremos dominar o grupo"

Seleção Alemã goleou a seleção de San Marino, por 8 a 0; comandante germânico concedeu entrevista coletiva depois do confronto

Joachim Löw destaca meta da Alemanha nas Eliminatórias: "Queremos dominar o grupo"
Debaixo de chuva, alemães massacraram fora de cara (Foto: Divulgação/Federação Alemã de Futebol)

Pela quarta rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo Fifa 2018, a Alemanha enfrentou a seleção de San Marino nesta sexta-feira (11), no Estádio Olímpico de Serravalle, no município de Serravalle, em San Marino. Debaixo de chuva, os alemães – atuais campeões do mundo – atropelaram a modesta equipe da casa, ao aplicar uma impiedosa goleada, por 8 a 0.

Os gols foram marcados por Jonas Hector, duas vezes, Sami Khedira, Kevin Volland e Serge Gnabry, com um hat-trick, além de um contra de Mattia Stefanelli. Com o resultado, a seleção alemã manteve-se com 100% de aproveitamento e líder do Grupo C, com 12 pontos, abrindo vantagem considerável das demais equipes.

Após a tranquila partida em solo samarinês, o comandante da Seleção Alemã concedeu entrevista coletiva. Joachim Löw analisou o desempenho e comentou a estratégia adotada. “O jogo, naturalmente, não foi difícil. A equipe tentou marcar gols e alcançou êxito. Dissemos antes do jogo que queríamos fazer o adversário correr muito. Não forçamos praticamente nada pra frente, mas jogamos para manter a posse de bola pelo maior tempo possível. Quando saímos para o jogo, inevitavelmente, encontramos as portas abertas”, declarou o técnico.

Joachim Löw também foi questionado sobre o comportamento do jovem Serge Gnabry, que atualmente defende o Werder Bremen. Autor de três gols no jogo, o meio-campista possui apenas 21 anos. “Serge indicou nos treinamentos que é forte e rápido nas situações ofensivas. Hoje, talvez, muitos ainda não enxerguem, mas espera-se que Gnabry torne-se um atleta importante nos próximos meses”, afirmou. O treinador ainda comentou a presença dos demais jogadores jovens, ressaltando que, se tratando de futuro, a presença deles agora é valiosa.

Por fim, Joachim Löw falou acerca da reformulação da Seleção Alemã após a Copa do Mundo de 2014 e avaliou o atual momento da equipe. “Depois do título mundial não foi fácil e nós, nem sempre atuamos de acordo com nossos padrões”, relatou. “Portanto, como dissemos antes do início das eliminatórias, queremos dominar o grupo e até agora conseguimos isso”, finalizou o treinador de 56 anos.