Hertha Berlin sofre goleada diante do Bayer Leverkusen mas garante vaga na Europa League

Leões aprontaram no último jogo da temporada, mas Velha Senhora volta a disputar torneio internacional

Hertha Berlin sofre goleada diante do Bayer Leverkusen mas garante vaga na Europa League
Foto: City-Press/Getty Images
Hertha Berlin
2 6
Bayer Leverkusen
Hertha Berlin: Jarstein; Pekarik, Brooks (Langkamp, min. 46), Torunarigha e Plattenhardt; Darida, Allan (Skjelberd, min. 46), Weiser e Esswein (Allagui, min. 69); Kalou e Ibisevic. Técnico: Pal Dardai.
Bayer Leverkusen: Leno; Henrichs, Tah, Jedvaj e Wendell (Danny da Costa, min. 71); Baumgartlinger, Aránguiz, Havertz e Brandt; Chicharito Hernández (Bailey, min. 79) e Kiessling (Pohjanpalo, min. 73). Técnico: Tayfun Korkut.
Placar: 0-1, Chicharito Hernández, min. 5. 0-2, Havertz, min. 31. 0-3, Havertz, min. 46. 0-4, Kiessling, min. 64. 1-4, Weiser, min. 71. 1-5, Aránguiz, min. 81. 2-5, Allagui, min. 86. 2-6, Pohjanpalo, min. 90.
ÁRBITRO: Deniz Aytekin | Cartões amarelos: Allan (HER, min. 12), Ibisevic (HER, min. 36), Wendell (LEV, min. 60) e Darida (HER, min. 63)
INCIDENCIAS: Partida disputada no Estádio Olímpico de Berlim, válida pela 34ª e última rodada da Bundesliga 2016-2017.

Uma partida bastante movimentada que terminou com uma goleada surpreendente na despedida da Bundesliga 2016-2017. No Estádio Olímpico, o Hertha Berlin encarou o Bayer Leverkusen em situação completamente favorável para garantir vaga na Uefa Europa League. Apesar de ter tudo a seu favor, os Leões golearam com autoridade, embora não disputassem mais nada. A goleada leonina por 6 a 2 veio com gols de Chicharito Hernández, Havertz (duas vezes), Kiessling, Aránguiz e Pohjanpalo. Weiser e Allagui descontou para os donos da casa.

Com o resultado, a Velha Senhora garantiu a vaga na Uefa Europa League por causa das derrotas de Freiburg e Werder Bremen. O time da capital alemã terminou o campeonato no sexto posto, com 49 pontos. Por outro lado, o Leverkusen encerrou a temporada na 12ª colocação, com 41 pontos somados. O Estádio Olímpico de Berlim ainda recebe um jogo neste mês. No próximo sábado (27), Borussia Dortmund e Eintracht Frankfurt disputam a DFB-Pokal.

No primeiro tempo, o Bayer Leverkusen foi um indigesto visitante. A postura surpreendeu, uma vez que o time não disputava mais nada e tinha se salvado do rebaixamento na semana passada. Logo aos cinco minutos, os Leões abriram o placar. Após Chicharito Hernández recebe grande passe na área e acertou a trave. No rebote, o atacante chutou forte e marcou o primeiro gol do jogo.

Mesmo longe de seus domínios, a equipe foi mais perigosa no ataque e tinha total controle do jogo. Por isso, apresentou mais eficiência no setor ofensivo e ampliou a vantagem ainda na etapa inicial. Aos 31 minutos, Chicharito Hernández deu passe preciso para Kai Havertz. O meia recebeu, bateu no pé da trave e entrou no cantinho. Aos 46, foi a vez de Brandt acionar Havertz e o jogador venceu o goleiro para marcar seu segundo tento no jogo, o terceiro do Leverkusen.

O Hertha Berlin tentou minimizar os efeitos da ação avassaladora do oponente e buscou voltar à partida e fazer a alegria do torcedor. Mas a estratégia não surtiu efeito, mesmo com duas modificações feitas no intervalo pelo treinador Pal Dardai. Aos 19 minutos, Darida cometeu entrada dura na área e o árbitro marcou penalidade máxima. Na cobrança, Stefan Kiessling deixou sua marca e transformou a vitória em goleada.

Os donos da casa conseguiram diminuir a diferença aos 26 minutos, quando Weiser arriscou de curta distância e marcou. Porém, o Bayer Leverkusen seguiu impiedoso. Torunarigha cometeu outra jogada perigosa na área e novo pênalti foi assinalado. Na cobrança, Charles Aránguiz bateu com categoria e aumentou a vantagem leonina. O Hertha Berlin balançou as redes novamente aos 41, com Sami Allagui, mas os visitantes deram números finais ao duelo com Joel Pohjanpalo, que recebeu passe de Danny da Costa e fechou o placar em 6 a 2.

Torcida do Colônia invade gramado do RheinEnergieStadion para comemorar vaga na Uefa Europa League após 25 anos | Foto: Jürgen Schwarz|Bongarts|Getty Images

Colônia vence Mainz e volta a disputar torneio europeu após 25 anos

A demora foi longa, dolorosa às vezes. Mas o fim da temporada foi histórico e animador ao Colônia. Em jogo disputado no RheinEnergieStadion pela última rodada da Bundesliga 2016-2017, os Bodes levaram a melhor e venceram o Mainz 05 por 2 a 0. Jonas Hector e Yuya Osako garantiram o histórico triunfo.

Com o resultado, o Colônia volta a disputar um torneio europeu depois de 25 anos. O time encerrou a campanha no quinto lugar, com 49 pontos, classificado à Uefa Europa League. O Mainz 05 terminou a temporada na 15º posição, com 37 pontos, melhor que o Wolfsburg no saldo de gols (-11 a -18) e permanece na elite alemã.


Share on Facebook