Resultado Austrália x Alemanha na Copa das Confederações (2-3)

Resultado Austrália x Alemanha na Copa das Confederações (2-3)
Foto: Hugo Alves/Editoria de Arte/VAVEL Brasil
Austrália
2 3
Alemanha
Austrália: Maty Ryan; Wright, Sainsbury e Degenek; Mooy, Milligan, Luongo (Kruse, min. 46) e Rogic (Troisi, min. 70); Matthew Leckie, Juric (Tim Cahill, min. 86) e Behich. Técnico: Ange Postecoglou.
Alemanha: Leno; Kimmich, Rüdiger, Mustafi e Jonas Hector; Rudy, Goretzka, Brandt (Niklas Süle, min. 62), Lars Stindl (Emre Can, min. 77) e Draxler; Sandro Wagner (Timo Werner, min. 56). Técnico: Joachim Löw
Placar: 0-1, Lars Stindl, min. 4. 1-1, Rogic, min, 40. 1-2, Draxler, min. 44. 1-3, Goretzka, min. 48. 2-3, Juric, min. 55.
ÁRBITRO: Mark Geiger (EUA), auxiliado por Joe Fletcher (CAN) e C. J. Morgante (EUA) | Cartões amarelos: Goretzka (ALE, min. 54), Sainsbury (AUS, min. 63)
INCIDENCIAS: Partida válida pela primeira rodada da Copa das Confederações 2017, disputada no Fisht Stadium, em Sochi, Rússia.

Obrigado pelo prestígio e audiência na estreia das duas seleções na Copa das Confederações. Acompanhe toda a repercussão do jogo e a preparação das outras equipes que disputam o torneio em nossas redes sociais e no portal da VAVEL Brasil. Até mais!

A próxima rodada será disputada na quinta-feira (22). A Austrália mede força com Camarões ao meio-dia, na Arena Zenit, enquanto a Alemanha encara o Chile em um dos duelos mais esperados da competição às 15 horas, em Kazan.

Com o resultado, a Alemanha ocupa a segunda colocação do grupo B, com três pontos ganhos, empatada com o Chile, mas perde no saldo de gols (1 a 2). A Austrália está no terceiro posto, empatada com Camarões, mas melhor no saldo.

FIM DE JOGO!

Alemanha vence Austrália sem facilidade na estreia da Copa das Confederações!

Quatro minutos de acréscimo.

90' Timo Werner puxa contra-ataque desde a intermediária defensiva, avança sozinho, briga com a marcação e finaliza com a canhota na meia-lua. A bola passa perto.

Austrália busca empate nos últimos minutos.

86' ALTERAÇÃO NA ALEMANHA! Sai Juric e entra o veterano e ídolo Tim Cahill.

28.605 torcedores no estádio, com capacidade para 45 mil pessoas.

78' Bela jogada de Juric, gira e toca para Kruse bater com a canhota. Leno defende.

77' ALTERAÇÃO NA ALEMANHA! Sai Lars Stindl e entra Emre Can.

74' NA TRAAAAAAAAAAAVE! Bela jogada individual de Timo Werner. O meia ganhou a disputa com o zagueiro, passou por outro marcador, e a bola bateu no poste direito defendido pelo goleiro Maty Ryan. 

72' Troisi bate colocado de fora da área e Leno salta para fazer segura defesa.

Austrália se animou com o segundo gol marcado, troca passes e acredita no empate.

70' ALTERAÇÃO NA AUSTRÁLIA! Sai Rogic e entra Troisi.

63' CARTÃO AMARELO! Sainsbury, zagueiro da Austrália.

62' ALTERAÇÃO NA ALEMANHA! Sai Brandt e entra Niklas Süle.

56' ALTERAÇÃO NA ALEMANHA! Sai Sandro Wagner e entra Timo Werner.

55' GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DA AUSTRÁLIA!
Leno deu rebote e Juric completou para o gol. O arqueiro falhou e empurrou para as redes. Cangurus voltam a encostar no placar.

54' CARTÃO AMARELO! Goretzka, meio-campo da Alemanha.

48' GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DA ALEMANHA!
Kimmich deu lindo passe para Goretzka. O meio-campista avançou sozinho e estufou as redes australianas para ampliar a vantagem germânica.

COMEÇA O SEGUNDO TEMPO!

ALTERAÇÃO NA AUSTRÁLIA! Sai Luongo e entra Kruse.

FIM DE PRIMEIRO TEMPO EM SOCHI! 

44' GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DA ALEMANHA!
Com categoria, Draxler desloca o goleiro e retoma os alemães na frente do marcador.

43' PÊNALTI PARA A ALEMANHA! Luongo derruba Goretzka na marca do pênalti e a arbitragem assinala penalidade máxima.

40' GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DA AUSTRÁLIA!
Após troca de passes no meio de campo, Rogic recebe e chuta. A bola bate nas costas de Mustafi e volta para o meia, que finaliza certo e empata o jogo.

37' Em cobrança de falta, Sainsbury fica sozinho, mas não aproveita e desvia mal, para fora.

30' Draxler bate colocado para fora.

27' Julian Brandt arrisca da entrada da área e Maty Ryan faz bela defesa.

26' Jonas Hector tenta acionar Sandro Wagner em cruzamento rasteiro, mas Sainsbury afasta.

Posse de bola: Austrália 36% x 64% Alemanha

22' Sandro Wagner recebeu em profundidade. Sozinho, o atacante entrou na área, demorou e finalizou com a perna esquerda. A bola tirou tinta da trave.

20' Bela troca de passes. Brandt recebe sozinho pela direita, escorrega, mas passa pela marcação e chuta forte com a esquerda. Maty Ryan espalma.

18' Rudy pega de primeira e isola.

16' QUASE O SEGUNDO! Goretzka avançou pelo lado direito, cruzou na área e Sandro Wagner mergulhou para cabecear. A bola tirou tinta da trave.

14' Goretzka desvia depois de cobrança de falta e Maty Ryan defende.

Germânicos fazem partida tranquila. Com placar aberto, time toca a bola no meio de campo e tenta passar pela marcação com precisa troca de passes na intermediária ofensiva.

Austrália tenta chegar, mas não consegue passar pela marcação alemã. 

4' GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DA ALEMANHA!
Falha na marcação australiana. Julian Brandt avança pela direita e rola para o meio da área. Stindl aparece com liberdade para chutar forte e abrir o marcador em Sochi.

3' Draxler faz cruzamento na área, a zaga corta e Maty Ryan faz a defesa segura.

COMEÇA O JOGO!

Equipes em campo! A bola vai rolar em instantes!

ALEMANHA ESCALADA! Leno; Kimmich, Rüdiger, Mustafi e Jonas Hector; Rudy, Goretzka, Brandt, Lars Stindl e Draxler; Sandro Wagner. Técnico: Joachim Löw

AUSTRÁLIA ESCALADA! Maty Ryan; Wright, Sainsbury e Degenek; Mooy, Milligan, Luongo e Rogic; Matthew Leckie, Juric e Behich. Técnico: Ange Postecoglou.

Bom dia, torcedor que acompanha a VAVEL Brasil! Acompanhe todos os detalhes de Austrália x Alemanha! O duelo marca a estreia das duas equipes e finaliza a primeira rodada da Copa das Confederações 2017. Fique ligado!

A estreia das duas seleções será disputada no Fisht Stadium, em Sochi, cidade litorânea que recebeu os Jogos Olímpicos de Inverno em 2014.

No confronto deste início de tarde, Mark Geiger (EUA), será o árbitro principal, enquanto Joe Fletcher (CAN) e C. J. Morgante (EUA) são os assistentes. Vale ressaltar que a Fifa mantém os testes referentes ao uso de vídeo em determinados lances da partida. A arbitragem de vídeo (VAR, em inglês) do jogo entre Austrália x Alemanha será comandada por Ravshan Irmatov (UZB), Alexander Guzmán (COL) e Artur Dias (POR).

O segundo encontro foi mais fácil para Die Mannschaft. Na Copa do Mundo de 2010, disputada na África do Sul, a Alemanha goleou com facilidade por 4 a 0 na estreia do principal torneio de futebol do mundo.

As equipes já mediram forças recentemente em duas ocasiões. Uma na Copa das Confederações 2005, quando os germânicos estrearam diante de sua torcida e venceram com muita dificuldade por 4 a 3. Kevin Kurányi, Mertesacker, Michael Ballack e Lukas Podolski marcaram os gols alemães, enquanto Skoko e Aloisi (duas vezes) descontaram para os australianos.

“Todos podem evoluir, até jogadores conhecidos como Draxler e Kimmich. Eles ainda não chegaram no auge, mas podem fazer isso. Esta competição não é um risco para nós. É uma chance de vermos uma nova geração para o time. Todos eles têm grandes qualidades e tiveram uma grande temporada no campeonato alemão. Não falta confiança para nós. Essa é a competição que os novatos precisam andar pra frente. E mesmo que sejamos os atuais campeões mundiais, sempre chega o tempo em que mudanças são necessárias. Temos que fazer o time crescer durante a competição. Isso nos fará bem, será uma experiência excelente. Penso que é bom para os mais experientes saber que há jogadores que irão substituí-los no futuro", explicou Löw.

O técnico da Mannschaft confirmou apenas que o goleiro Leno será titular. O restante do time titular não foi divulgado com antecipação, e o comandante germânico destacou que não é nenhum tipo de problema não convocar os jogadores mais importantes e de mais renome no país.

O time chega à Rússia para disputar o torneio por conquistar o tetracampeonato mundial em 2014, no Maracanã. Porém, o técnico Joachim Löw já pensa na Copa 2018 e leva uma seleção formada por jovens atletas e outros destaques do país para testar alternativas e montar o elenco que vai lutar pelo penta, embora a vaga na Copa ainda não esteja matematicamente garantida.

Por outro lado, será a terceira participação da Alemanha no torneio preparatório para a Copa do Mundo. Em 1999, foi eliminada na primeira fase. Em 2005, quando sediou o torneio, ficou com o terceiro lugar. Depois de perder para o Brasil na semifinal, venceu o México em um jogo eletrizante na decisão do terceiro lugar, por 4 a 3 no tempo extra.

“Eu acredito por causa da minha história de mais de uma década com a seleção australiana. Participei de três Copas do Mundo, três Copas da Ásia, essa é a minha segunda Copa das Confederações. E pelo fato de ter estado com esse grupo pelos últimos dois anos e meio, vendo entre 20 e 60 jogadores comprando a nossa filosofia e evoluindo como jogadores, indo para o cenário mundial a nível competitivo, não apenas sendo jogadores fortes, fisicamente”, disse Cahill.

Entretanto, o principal nome da Austrália é Tim Cahill. O veterano jogador concedeu entrevista coletiva e destacou que o histórico pode motivar os jogadores e, pessoalmente acredita em uma campanha positiva dos Cangurus na Copa das Confederações.

Alguns jogadores convocados têm ligação com a Alemanha. Langerak, goleiro do Stuttgart; Matthew Leckie, atacante do Hertha Berlin; Jamie Maclaren, atacante do Darmstadt; além de Robbie Kruse, atacante com passagens no Bayer Leverkusen.

A seleção disputou um amistoso preparatório antes do torneio e não se deu bem. Contra o Brasil, a Austrália foi goleada por 4 a 0. Apesar do momento de desconfiança, uma vez que a vaga no Mundial ainda não está garantida, o elenco vai em busca do histórico para surpreender a partir desta segunda-feira (19), além de ter a confiança nos jogadores de meio-campo que desenvolveram bom futebol, principalmente nos certames nacionais.

Será a quarta participação da Austrália na história da Copa das Confederações. O time foi vice-campeão em 1997, terceiro colocado em 2001 e não somou pontos na edição de 2005. Por ter conquistado a Copa da Ásia em 2015, pôde disputar a atual edição do torneio.