Mario Götze retorna aos gramados e Borussia Dortmund vence Urawa Reds de virada

Ausente de boa parte da temporada por distúrbio metabólico, jogador voltou aos gramados no primeiro teste internacional aurinegro

Mario Götze retorna aos gramados e Borussia Dortmund vence Urawa Reds de virada
Foto: Alexandre Simões/Borussia Dortmund

Autor do gol que resultou no tetracampeonato mundial alemão, a carreira de Mario Götze entrou em curva descendente depois do histórico episódio. O meia não se firmou no Bayern de Munique, voltou ao Borussia Dortmund e foi diagnosticado com um distúrbio metabólico no último mês de fevereiro. Mas esse sábado (15) pode ter sido um recomeço em sua carreira. O jogador de 25 anos entrou em campo aos 20 minutos do segundo tempo no primeiro grande teste da equipe aurinegra em preparação para a próxima temporada.

O BVB encarou o Urawa Reds e venceu por 3 a 2. Koroki e Endo marcaram os gols do time japonês, enquanto Emre Mor (duas vezes) e Schürrle garantiram o triunfo alemão. O time teve muita posse de bola, mas o jogo foi aberto e as duas equipes tiveram claras oportunidades de balançarem ainda mais as redes. A partida contou com 64 mil torcedores presentes no Saitama Stadium. O próximo duelo será contra o Milan na próxima terça-feira (18), na China.

Götze falou sobre seu retorno aos gramados, a preparação para voltar às atividades de maneira regular, além de falar qual o próximo passo para estar mais presente nos amistosos e, principalmente, no decorrer da temporada.

"Ótimo que essa lesão finalmente tenha terminado e tenha conseguido atingir o meu objetivo. Queria voltar para a preparação e consegui. Eu tenho treinado bem durante uma semana e foi acordado com o treinador para entrar durante essa partida. Até agora está tudo bem. O próximo passo é 45 minutos de tempo de jogo. Vamos fazer um passo a passo. Vou falar com o treinador para o tempo de jogo, mas estou plenamente à disposição e devo melhorar a cada dia. Eu não diria que estava doente porque é uma palavra muito violenta. Foi um fracasso para mim e não foi fácil de tratar porque não sabia onde isso iria me levar. Mas eu tinha um plano e fiz uma desintoxicação. O que eu queria era voltar para a preparação. Se conseguirmos fazê-la, tudo vai ocorrer bem. Todo o resto não foi fácil, com a fase de reabilitação, mas no final tudo funcionou bem", disse Götze.