Prince Boateng se destaca e ajuda Frankfurt a superar Gladbach fora de casa

Eagles conseguiram o primeiro triunfo nas últimas nove partidas fora de casa; Potros voltam a demonstrar instabilidade com Hecking

Prince Boateng se destaca e ajuda Frankfurt a superar Gladbach fora de casa
Foto: Divulgação/Bundesliga
Borussia M'Gladbach
0 1
Eintracht Frankfurt
Borussia M'Gladbach: Sommer - Elvedi, Ginter, Vestergaard, Wendt (Villalba, min. 83) - Herrmann (Bobadilla, min. 67), Zakaria (Hofmann, min. 59), Kramer, Hazard - Raffael, Stindl. Técnico: Hecking
Eintracht Frankfurt: Hradecky - Salcedo, Abraham, Falette - Chandler, Fernandes (Russ, min. 77), Willems (Tawatha, min. 80) - Gacinovic, de Guzman - Haller, K.P. Boateng (Rebic, min. 51). Técnico: Kovac
Placar: 0 - 1, min. 13, Boateng
ÁRBITRO: Kampka. Cartões Amarelos: Fernandes (min. 61), Vestergaard (min. 83), Hazard (min. 87), Villalba (min. 89), Abraham (min. 90+6)
INCIDENCIAS: Jogo válido pela 3ª rodada da Bundesliga, disputado no Borussia-Park

Borussia Mönchengladbach e Eintracht Frankfurt voltaram a se enfrentar neste sábado (9) em jogo válido pela 3ª rodada da Bundesliga, no Borussia-Park, em Mönchengladbach. As equipes se enfrentaram na semifinal da DFB Pokal na temporada passada, e o resultado final foi o mesmo: triunfo dos visitantes, dessa vez no tempo regulamentar, por 1 a 0, tento de Kevin-Prince Boateng.

Os Potros vão em busca da recuperação no sábado (16), em um jogo extremamente complicado diante do Leipzig, fora de casa, Já o Frankfurt, após seu primeiro triunfo na atual campanha, terá a chance de buscar mais uma vitória para embalar, dessa vez diante de seu torcedor, contra o Augsburg, no mesmo dia.

Em alto nível de intensidade, Frankfurt sai em vantagem

Mesmo atuando dentro de casa o Borussia foi incapaz de imprimir seu estilo de jogo, deixando as ações serem totalmente controladas pelo time visitante, que nos primeiros minutos de jogo já incomodava – essencialmente com Boateng, que anotou gol, devidamente anulado. O alerta estava dado, e não demorou muito para que o Frankfurt alcançasse a vantagem, novamente com Boateng, dessa vez em posição legal. O meia-atacante, em um gesto magnífico, celebrou seu tento em homenagem a Nouri, jogador do Ajax que sofreu problema cardíaco durante a pré-temporada do clube holandês. O jogador teve danos cerebrais irreversíveis.

Retomando para o jogo, os donos da casa demoraram para entender o jogo, trabalhando de maneira extremamente letárgica na construção de jogo, sem incomodar o arqueiro Hradecky. Sommer, por outro lado, teve muito trabalho a fazer na etapa inicial, contribuindo com excelentes intervenções que evitaram um prejuízo maior para o Gladbach ainda na etapa inicial.

Domínio estéreo da posse de bola leva o Gladbach a mais um fracasso diante do Frankfurt

De volta para a etapa complementar sem alterações, os comandados de Hecking tentaram uma abordagem de jogo um pouco mais agressiva do que na primeira etapa, mas nada brilhante. Lars Stindl foi quem esteve mais próximo de igualar o marcador, todavia, o meia-atacante parou em uma boa defesa de Hradecky – que pouco havia aparecido durante todo o confronto. Visando alguma mudança na configuração tática, Dieter Hecking promoveu a entrada de Jonas Hofmann na vaga de Denis Zakaria – algo completamente sem sentido, uma vez que o suíço vem comandando o meio-campos dos Foals na temporada.

Assim como o esperado, a alteração não teve efeito positivo, tal como a entrada de Raúl Bobadilla, totalmente fora de forma, na vaga de Herrmann. O paraguaio, desde que entrou em campo, esteve em total desconexão com o restante do time, muito por sua condição física. Com um domínio estéreo da posse de bola e poucas finalizações na meta adversária, o Gladbach encontrava enormes dificuldades para ameaçar o goleiro dos Eagles.

O único aspecto positivo, muito provavelmente, foi a estreia do jovem paraguaio Julio Villalba, que teve poucos minutos para tentar buscar um improvável empate. Nos minutos finais o belga Thorgan Hazard ainda teve uma grande oportunidade de anotar um belo gol, entretanto o meia-atacante falhou na conclusão após uma boa jogada individual.