Lars Stindl reconhece falhas do Gladbach em goleada: "Derrota sólida e merecida"

Revés de 6 a 1 diante do Borussia Dortmund evidenciou as falhas cometidas pelos Potros, mas admitiram também a superioridade aurinegra na partida

Lars Stindl reconhece falhas do Gladbach em goleada: "Derrota sólida e merecida"
Foto: Lars Baron/Bongarts/Getty Images

A goleada do Borussia Dortmund por 6 a 1 no Borussia Mönchengladbach, no Signal Iduna Park, marcou o Borussenderby neste sábado (23). A vitória favoreceu a equipe aurinegra se manter na liderança da Bundesliga estando a dois pontos na frente do Hoffenheim, atual segundo colocado. Enquanto o Gladbach acabou caindo duas posições e ainda pode cair mais uma, caso o Hamburgo vença a partida contra o Bayer Leverkusen no domingo (24).

Após o jogo, o treinador e jogadores comentaram sobre o baixo desempenho dos Potros, admitindo a ineficiência em segurar o Dortmund, de serem efetivos nas chances que tiveram, e declarando a superioridade do rival na partida.

O técnico Dieter Hecking apontou as falhas da equipe, acreditando que a derrota veio por não terem conseguido uma maior posse de bola e não ter convertido em gols as oportunidades que tiveram. “Dortmund jogou muito bem. Nós ainda defendemos 25 minutos, mas não conseguimos criar nossas fases de posse de bola. Dortmund nos desestabilizou através de boas jogadas em nosso campo - mas com nosso suporte ativo entre um gol ou outro. Tivemos cinco ou seis boas chances, mas não as usamos, então o resultado é o resultado”.

O autor do gol de honra, Stindl, foi categórico na sua análise da partida: “No geral esta foi uma derrota sólida e também merecida. Temos que ser responsabilizados. Nós não entramos no jogo, só corremos atrás disso depois e realmente não conseguimos entrar para lutar nos dois tempos.  Nós até tivemos três chances muito boas no primeiro tempo, mesmo sendo nossa primeira possibilidade do jogo. Teríamos que fazer isso para se sentir bem nesta atmosfera. Tentamos novamente em alguns momentos, na segunda metade fomos ao ataque. Mas, em geral, isso não foi suficiente para nós”.

Ginter, ex-defensor aurinegro e atualmente no Gladbach, declarou os problemas enfrentados pela defesa que não conseguiu segurar o bom ataque do adversário. “Nós fizemos pouco ou nada do que planejamos. Queríamos estar seguros na defesa, nós não conseguimos. Queríamos ter uma posse de bola, não conseguimos isso. Perdemos as bolas muito rápido e facilmente. Os contra-ataques, que tivemos sem dúvida, não usamos. Então no final chega o resultado disso”.

E o meia Herrmann também falou sobre o domínio do rival admitindo a dificuldade enfrentada pela sua equipe: “Dortmund realmente dominou o jogo desde o primeiro segundo. É por isso que perdemos. Se você sai na frente em Dortmund, isso pode ajudar muito. Mas se você já tem três gols antes do intervalo, torna-se muito difícil depois. Dortmund está numa fase classe melhor - isso deve ser reconhecido”, revelou.

Agora o Mönchengladbach se prepara para enfrentar o Hannover 96 na sétima rodada da Bundesliga no próximo sábado (30), às 10h30, no Borussia-Park.