Sem Aubameyang, Dortmund busca reabilitação na Bundesliga diante do Stuttgart

Centroavante gabonês foi afastado por razões disciplinares e não encara o Stuttgart nessa sexta-feira (17) pela 12ª rodada da Bundesliga

Sem Aubameyang, Dortmund busca reabilitação na Bundesliga diante do Stuttgart
Foto: Divulgação/Borussia Dortmund
Stuttgart
Borussia Dortmund
Stuttgart: Zieler - Baumgartl, Badstuber, Pavard - Beck, Ascacibar, Aogo (c), Akolo - Asano, Ginczek
Borussia Dortmund: Bürki - Toljan, Sokratis, Bartra, Schmelzer (c) - Castro, Weigl, Götze - Pulisic, Philipp - Yarmolenko
ÁRBITRO: Frank Willenborg
INCIDENCIAS: Jogo válido pela décima segunda rodada da Bundesliga

Depois de uma péssima sequência de resultados – culminando na perda da liderança da Bundesliga e situação delicada na Champions League, o Borussia Dortmund volta a campo nessa sexta-feira (17) às 17h30 (horário de Brasília) em jogo de abertura da 12ª rodada da Bundesliga na Mercedes-Benz Arena, contra o Stuttgart.

A equipe comandada por Hannes Wolf, recém-promovida a elite do futebol alemão, detém a pior marca como visitante até aqui na temporada, com seis derrotas em seis partidas disputadas, no entanto o cenário é diferente atuando diante de sua torcida – os Suábios estão invictos atuando na sua casa, com quatro vitórias, um empate e apenas um gol concedido. O Stuttgart ainda não perdeu como mandante no ano de 2017 (14 jogos).

Já o Borussia Dortmund, em péssima fase recente, detém o recorde negativo de apenas um ponto conquistado nos últimos quatro jogos – pior marca da liga no período e conta com um jejum de cinco partidas de seu artilheiro, Pierre-Emerick Aubameyang.

Invicto em casa, Stuttgart pode contar com retornos importantes

De volta a Bundesliga, o Stuttgart tem apresentado um bom retrospecto como mandante até o momento na competição, tendo conquistado todos os seus 13 pontos diante de sua torcida na Mercedes-Benz Arena. Além disso, a equipe sofreu apenas um gol como mandante – sendo essa  a melhor marca dentro da competição.  

Os Suábios contam com a expectativa pelo retorno do capitão Christian Gentner e do zagueiro Holger Badstuber, recuperados de lesão e que estão entre os relacionados, podendo até mesmo aparecer na equipe titular. Caso contrário ao do volante Dzenis Burnic, revelado pelo Dortmund, mas que não poderá enfrentar seu clube por conta de uma suspensão.

Estamos ansiosos para essa partida, teremos um estádio cheio e barulhento e sabemos que um bom dia poderá nos trazer alguns pontos. Apenas defender contra o Dortmund não é suficiente. Queremos jogar de forma corajosa e com mentalidade atacante”, afirmou o comandante Wolf.

Aurinegros buscam recuperação na Bundesliga sem a presença de seu artilheiro

Borussia Dortmund viajou ao sul da Alemanha em necessidade de triunfar perante o Stuttgart após conquistar apenas um ponto nos últimos 12 disputados. Depois de ter liderado a competição com certa folga, os comandados de Peter Bosz agora estão a seis pontos do pentacampeão Bayern de Munique.  E Bosz poderá contar com boas opções, principalmente no setor ofensivo, como Pulisic e Guerreiro, preservados na data Fifa, caso semelhante ao de Schürrle, recuperado de lesão.

Apesar disso, os Aurinegros terão um desfalque importante para o duelo: Pierre-Emerick Aubameyang, por razões disciplinares, foi excluído da delegação da partida. As razões não foram esclarecidas pelo Borussia Dortmund, citando o caso apenas como “razões disciplinares”.  Essa não é a primeira vez que o gabonês fica afastado por motivos dessa natureza.

Recém-contratado, o técnico Peter Bosz falou sobre o período de paralisação para jogos internacionais: “Eu me sinto em casa aqui. A data Fifa foi a primeira oportunidade que tive para retornar a Holanda por alguns dias e visitar as crianças”, disse o treinador, que ainda discorreu sobre as qualidades de seu adversário: “O Stuttgart é uma equipe muito jovem e se sente melhor em casa. É uma equipe que joga de forma coesa e não será uma tarefa fácil para nós”