Bayern vence duelo difícil contra Anderlecht e segue na busca pela liderança do Grupo B

Bávaros jogam mal, mas são efetivos nas poucas finalizações para vencer equipe belga no segundo tempo

Bayern vence duelo difícil contra Anderlecht e segue na busca pela liderança do Grupo B
Foto: Emmanuel Dupand/AFP/Getty Images
Anderlecht
1 2
Bayern de Munique
Anderlecht: Sels; Appiah, Spajic, Mbodji e Deschacht; Trebel, Kums e Dendoncker; Gerkens (Onyekuru, min. 65), Teodorczyk (Harbaoui, min. 82) e Hanni (Massimo Bruno, min. 71). Técnico: Hein Vanhaezebrouck.
Bayern de Munique: Ulreich; Kimmich, Jérôme Boateng, Süle e Friedl; Rudy, Tolisso e Arturo Vidal (Hummels, min. 87); Robben (Javi Martínez, min. 48), Thiago Alcántara (James Rodríguez, min. 44) e Lewandowski. Técnico: Jupp Heynckes
Placar: 0-1, Lewandowski, min. 51. 1-1, Teodorczyk, min. 63. 1-2, Tolisso, min. 77.
ÁRBITRO: Anthony Taylor (ING), auxiliado por Gary Beswick (ING) e Adam Nunn (ING) | Cartões amarelos: Spajic (AND, min. 48), Jérôme Boateng (FCB, min. 61), Lewandowski (FCB, min. 66), Dendoncker (AND, min. 83) e Ulreich (FCB, min. 88).
INCIDENCIAS: Jogo válido pela quinta e penúltima rodada da fase de grupos da Uefa Champions League 2017-18, disputado no Constant Vanden Stock Stadium, em Bruxelas

Foi um jogo mais difícil que o esperado, mas o Bayern de Munique conseguiu manter a boa sequência de resultados das últimas semanas. Em jogo disputado no Constant Vanden Stock Stadium, os bávaros venceram o Anderlecht por 2 a 1. Lewandowski e Tolisso marcaram os gols germânicos, enquanto Hanni descontou para os belgas. O jogo, disputado na tarde desta quarta-feira (22), foi válido pela quinta e penúltima rodada da fase de grupos da Uefa Champions League 2017-2018.

O resultado não mudou o panorama do Grupo B. Os bávaros permanecem na segunda colocação, com 12 pontos ganhos. Por outro lado, os belgas seguem no último lugar. Embora tenham marcado o primeiro gol no torneio continental, o time segue sem pontuar nesta fase de grupos.

Confira como foi o jogo lance a lance

As equipes ainda têm suas pretensões na última rodada da UCL, a ser disputada em duas semanas. O Anderlecht irá medir forças contra o Celtic no Celtic Park, em Glasgow, capital da Escócia. Por sua vez, o Bayern de Munique encara o Paris Saint-Germain na Allianz Arena, e vai precisar de uma goleada para assumir a liderança da chave.

Foto: John Thys|AFP|Getty Images

Anderlecht desperdiça inúmeras chances

O Anderlecht começou o jogo no ataque e na crença de que vários fatores poderiam dar a vantagem ao clube belga. Mando de campo, torcida presente e forte marcação foram alguns dos aspectos da equipe da casa, que foi bem melhor na primeira etapa e pressionou bastante, teve as melhores oportunidades, mas não conseguiu abrir o marcador.

Na primeira chance, Teodorczyk teve uma grande chance dentro da área. Após aproveitar saída de bola errada da defesa adversária, o centroavante ficou frente a frente com Ulreich e o goleiro bávaro fez a defesa. Na oportunidade seguinte, após troca de passes no lado esquerdo de ataque, o jogo foi invertido e Appiah estava sozinho. De primeira, o lateral bateu cruzado e exigiu outra boa intervenção de Ulreich.

O time belga encontrava dificuldades no posicionamento, uma vez que em vários lances o impedimento foi assinalado. Ainda assim, defensivamente os donos da casa atuaram bem no primeiro tempo. O Bayern chegou apenas uma vez. Robben fez sua jogada clássica e acionou Arturo Vidal dentro da área. O goleiro Sels fez boa defesa. No rebote, Lewandowski arriscou da meia-lua, mas a defesa travou. O Anderlecht tentou responder, mas Ulreich se impôs na meta.

Foto: Anadolu Agency|Getty Images

Bayern supera dificuldades e constrói vitória

Além das dificuldades impostas pelo adversário, os problemas físicos incomodaram o Bayern. Em quatro minutos, Thiago Alcántara e Arjen Robben sentiram lesões e foram substituídos. Com um meio de campo renovado, os visitantes conseguiram ser precisos ao encontrar espaços deixados pelo oponente para conseguir marcar e ter uma vitória de superação. Aos seis minutos, em boa triangulação no campo ofensivo, James Rodríguez deixou para Tolisso e o volante rolou para Lewandowski empurrar a bola para as redes e abrir o marcador.

Quando o Bayern de Munique tinha o controle do jogo e aparentava estar mais tranquilo com a vantagem após uma primeira etapa complicada, o Anderlecht reagiu e conseguiu o empate. Aos 18 minutos, Teodorczyk foi acionado pelo alto, venceu disputa com a zaga e colocou Hanni na cara do gol. O jogador não desperdiçou para completar entre as pernas de Ulreich para igualar o marcador.

Foto: Emmanuel Dunand|AFP|Getty Images

Os bávaros foram em busca da vitória e o jogo ficou aberto, uma vez que a equipe belga queria surpreender e conquistar um triunfo histórico. Os alemães chegaram com perigo pouco depois do gol de empate, quando Kimmich cruzou na área e Lewandowski desviou na pequena área para o goleiro Sels fazer defesa milagrosa com o pé. A jogada se repetiu aos 32 minutos e, desta vez, o Bayern foi eficiente. Kimmich cruzou da direita e Tolisso subiu para desviar no canto direito de Sels, sem chance de defesa. Os treinadores realizaram modificações, o Anderlecht teve um gol anulado na parte final do jogo e a partida não teve mais novidades. A vitória foi bávara.