Em momentos diferentes, Dortmund e Schalke 04 disputam primeiro Revierderby do ano

Apesar de estarem na parte superior da tabela de classificação, aurinegros despencaram após sequência negativa de resultados, enquanto Azuis Reais voltam a ter bom desempenho depois de alguns anos com expectativas frustradas

Em momentos diferentes, Dortmund e Schalke 04 disputam primeiro Revierderby do ano
Foto: TF-Images|Getty Images
Borussia Dortmund
Schalke 04
Borussia Dortmund: Bürki; Toljan, Sokratis Papastathopoulos, Bartra e Schmelzer; Weigl, Mario Götze e Kagawa; Pulisic, Aubameyang e Philipp. Técnico: Peter Bosz.
Schalke 04: Fährmann; Stambouli, Naldo e Kehrer; Caligiuri, Goretzka, Meyer, Konoplyanka e Oczipka; Federico Di Santo e Burgstaller. Técnico: Domenico Tedesco.
ÁRBITRO: Denis Aytekin
INCIDENCIAS: Revierderby válido pela 13ª rodada da Bundesliga 2017-18, a ser disputado às 12h30 deste sábado (25), no Signal Iduna Park

Simplesmente o maior jogo do futebol alemão. Com poucos quilômetros entre Dortmund e Gelsenkirchen, Borussia e Schalke 04 protagonizam um dos maiores clássicos do futebol mundial. Cercados de história, rivalidade e muita tradição, as equipes entram em campo às 12h30 deste sábado (25), pela 13ª rodada da Bundesliga 2017-18, em mais um Revierderby. O jogo a ser disputado no Signal Iduna Park promete ser bastante disputado pela necessidade de vitórias das duas equipes.

O momento do Borussia Dortmund não é bom. O time aurinegro vem de sequências ruins nos meses de outubro e novembro. O clube que começou com alto desempenho e excelentes números sofre com partidas sofríveis, perda da liderança na competição nacional e eliminação na Uefa Champions League sem conquistar nenhuma vitória na fase de grupos até o momento – cinco jogos foram disputados. No certame do país, o BVB ocupa o quinto lugar, com 20 pontos.

Por outro lado, a ascensão do Schalke 04 e as boas partidas dão um alento ao torcedor. O time amargou desempenhos ruins em temporadas anteriores e tenta fazer diferente nesta edição. Por enquanto dá certo. A equipe contou com tropeços dos principais concorrentes e uma boa campanha para assumir a vice-liderança, com 23 pontos, seis atrás do líder Bayern de Munique.

Momentos distintos, briga na parte superior e rivalidade: maior Revierderby dos últimos anos

Embora o desempenho do Dortmund nas últimas temporadas seja de mais sucesso, o Schalke é um adversário indigesto. Apesar de não vencer nos últimos cinco jogos o arquirrival, os Azuis Reais perderam apenas quatro partidas nos últimos 17 anos – sete vitórias e sete empates. Além disso, o momento atual enche o clube de Gelsenkirchen de confiança para conquistar um resultado positivo como visitante. Ao todo, são 150 partidas, com 58 triunfos e 283 gols marcados pelo Schalke 04, 51 vitórias e 230 tentos assinalados pelo Borussia Dortmund, além de 41 empates.

Recuperação para ontem

Apenas dois pontos conquistados na fase de grupos da Uefa Champions League, eliminação precoce e fora da zona classificatória ao principal torneio interclubes na Bundesliga após começar a temporada com um time rápido e eficiente. A queda no Borussia Dortmund preocupa. Nos últimos 15 pontos disputados na competição germânica, apenas um ponto foi conquistado.

Por isso, a queda deixou o time bem atrás quanto ao topo da tabela de classificação. Porém, o time está determinado a recuperar os pontos perdidos e voltar a brigar na liderança o quanto antes. Para o jogo, seguem os mesmos quatro desfalques: o meia Marco Reus, os laterais Piszczek e Durm, além do volante Rode. A boa notícia fica por conta do retorno do atacante Pulisic, um dos jovens mais destacados do time. A expectativa é a recuperação do goleiro Bürki, que sofreu uma pancada na cabeça durante o duelo contra o Tottenham e teve sua presença no clássico duvidosa. Apesar do alerta, o arqueiro deve jogar.

Em entrevista coletiva, o técnico Peter Bosz destacou a necessidade de ter a confiança para obter os resultados positivos, mesmo com o retrospecto recente preocupante, e manifestou o sentimento de participar de um jogo especial como o dérbi do Ruhr.

“Eu sou um amante do futebol. Este é meu primeiro derby. Mesmo quando eu era jogador e treinador na Holanda, as pessoas falavam sobre esse derby. Então deve ser algo especial. Eu falei com os jogadores, mas o mais importante é que você ganha jogos. Isso permite aos jogadores aumentar a confiança de que precisam. Mostramos no início da temporada que, se estamos bem organizados, somos capazes de jogar futebol e lutar. No início da temporada não estávamos tão bem fisicamente quanto agora, mas tentamos por 90 minutos e marcamos no fim dos jogos. Mesmo assim mostramos que a nossa condição era boa. Então o time está desapontado, mas eles precisam manter a cabeça erguida e continuar. Precisamos lutar até o final. Tenho certeza de que, com as nossas qualidades, ganharemos o derby se dermos tudo o que temos”, declarou Bosz.

Manutenção de boa fase

Diante de uma temporada passada ruim e com incertezas quanto ao comando técnico, aos poucos, o Schalke 04 conseguiu voltar a fazer uma boa campanha. Embora apenas pouco mais de um terço da Bundesliga tenha sido disputado, a parte inicial do principal torneio de futebol do país animou o elenco e os torcedores dos Azuis Reais. Com a conquista de 13 pontos nas últimas cinco rodadas, o clube subiu para a vice-liderança e espera se consolidar na parte superior da tabela de classificação com uma vitória no Revierderby.

Domenico Tedesco não poderá contar com dois jogadores. O zagueiro Insua e o meia Bentaleb apresentam problemas físicos e ficam fora da lista de relacionados. O atacante Franco Di Santo é dúvida. A boa notícia fica por conta do retorno de Leon Goretzka. Um dos principais jogadores do elenco e com um desempenho muito bom na primeira terça parte da Bundesliga ficou fora na última rodada, mas adquiriu condição de jogo e deve retornar à titularidade.

O treinador do Schalke 04 enfatizou a sinergia entre torcida e clube na temporada. Essa combinação de fatores foi decisiva para o bom momento da equipe e, diante do arquirrival neste fim de semana, espera manter a alta fase para seguir na vice-liderança do Campeonato Alemão.

“Desde que assumi o comando do Schalke, os torcedores sempre me disseram o quanto é importante ganhar o derby. Todos os dias posso sentir a chegada de um jogo especial. É um sentimento maravilhoso para todos nós sentir o apoio de nossos fãs. Estamos nos aproximando desse jogo tão concentrados quanto nós estaríamos para qualquer outro jogo. Se eu dissesse que estaríamos próximos desse jogo de maneira diferente, significaria que não estaríamos 100% concentrados. Está tudo muito equilibrado. Os altos e baixos vêm muito rapidamente no futebol. Toda a Alemanha imaginava se o Borussia Dortmund seria parado semanas atrás. Temos que trabalhar arduamente para cobrir muito terreno, sem perder o nosso estilo de jogo”, afirmou Tedesco.