Com Peter Bosz pressionado, Dortmund fica no empate contra Leverkusen

Desfalques, cartão vermelho e grandes defesas de Burki marcaram o jogo entre Borussia Dortmund e Bayer Leverkusen, que terminou 1 a 1

Com Peter Bosz pressionado, Dortmund fica no empate contra Leverkusen
Foto: TF-Images/Getty Images
Bayer Leverkusen
1 1
Borussia Dortmund

Borussia Dortmund e Bayer Leverkusen se enfrentaram na tarde de sabado (2), na BayArena. Com um gol a favor de cada equipe, o jogo terminou em um empate que não favorece nenhum dos times. Com isso, os aurinegros já somam sete rodadas sem ganhar, enquanto que o Leverkusen está há nove sem perder.

Com esse resultado, o time aurinegro termina a 14ª rodada na sexta colocação, com 22 pontos, dez de diferença do Bayern de Munique, que segue no topo após vitória contra o Hannover. O Bayer Leverkusen, por sua vez, vem logo atrás do Dortmund, com 21 pontos, em oitavo. 

O Borussia enfrenta o Real Madrid, em Madrid, na quarta (06), pela Champions League. No sábado (09), o time recebe o Werder Bremen em casa, enquanto o Bayer Leverkusen visita o Stuttgart, na Stuttgart Arena. Os dois times torcem por vitórias na 15ª rodada do Campeonato Alemão. 

Após começo incrivel na Bundesliga, o time de Peter Bosz parece não conseguir se encaixar e avançar na tabela de classificação. Com Götze afastado por lesão e Aubameyang suspenso, o treinador precisou contar com alguns reservas na tarde desse sábado. 

Logo aos 8 minutos do primeiro tempo, Maximilian Philipp saiu do jogo com lesão no joelho e foi substituído por Schürrle. O atacante foi direto para o hospital e parece ser mais uma dor de cabeça para Bosz. 

Os donos da casa deram trabalho para o goleiro Burki, que no primeiro tempo salvou as cabeçadas de Havertz e dos irmãos Bender, e chutes de Julian Brandt e Charles Aranquiz. Mas, errou ao sair da área e deixar o gol vazio para Volland, artilheiro do Bayer, abrir o placar. 

No fim da primeira parte, Wendell entrou pesado em Gonzalo Castro e foi expulso pelo árbitro de vídeo. O volante alemão não conseguiu seguir e foi substituído por Kagawa, sendo mais um problema para Peter Bosz.

Com um a mais, o Borussia Dortmund avançou a área do adversário no segundo tempo do jogo. Schürrle atingiu a trave nos 56 minutos e Yarmolenko marcou o gol do empate aos 73, com assistência de Julian Weigl.