Augsburg vence Hamburgo pelo placar mínimo e se aproxima do G-6 da Bundesliga

Time da Baviera conquista o sétimo lugar e está a um ponto do Borussia Mönchengladbach; Dinos, por sua vez, continuam na zona de rebaixamento

Augsburg vence Hamburgo pelo placar mínimo e se aproxima do G-6 da Bundesliga
Foto: Divulgação / Augsburg
Augsburg
1 0
Hamburgo

A 18ª rodada marca o retorno da Bundesliga após a pausa de inverno. Neste sábado (13), o Augsburg recebeu o Hamburgo, na SGL Arena. Com um placar magro, os dono da casa venceram os Dinossauros, por 1 a 0.

Com este resultado, Augsburg quebrou o tabu de sete jogos sem vencer, após a pauso do inverno. Os bávaros subiram para a sétima posição e um ponto o separa do sexto colocado, Borussia Mönchengladbach, que até o momento está na fase classificatória para a Europa League. Enquanto isso, o Hamburgo continua na amarga zona de rebaixamento.

A próxima rodada será disputada pelos dois times no fim da semana, ambas as equipes entram em campo no sábado (20). Às 12h30, Augsburg viaja para pegar o Borussia Mönchengladbach. E o Hambugo recebe o Colônia, às 15h30.

Assim que a bola rolou, o Hamburgo parecia dominar a partida. Aos 15’ o atacante Michael Gregoritsch desceu pela direita e chutou forte de fora da área. A finalização, porém, foi bloqueada, impedindo o gol dos Dinossauros. No entanto, nos minutos finais, Augsburg conseguiu ter boas chances e assumiu o jogo. Gregoritsch tentou novamente, porém, Pollersbeck salvou o time visitante. Nos 45’, o atacante brasileiro Caiuby, cruzou para o atacante coreano Ja-Cheol Koo, que abriu o placar. 1 a 0 para o Augsburg.

No segundo tempo, o jogo esfriou, com as jogadas sendo, em grande parte, um bate e rebate no meio campo. Wood tentou uma boa jogada na linha direita aos 55’, mas Hitz ficou com a bola sem nenhum problema. O Augsburg mantinha o controle da partida e o técnico Markus Gisdol colocou o time ofensivo, entraram Córdova e Jonathan Schmid. Aos 88’ Caiuby teve a oportunidade de ampliar para os donos casa: o brasileiro chutou forte, o goleiro Pollersbeck salvou.