Com gols no fim de cada tempo, Frankfurt bate Gladbach e assume vice-liderança da Bundesliga

Águias aproveitaram fragilidade defensiva dos Potros e subiram na tabela de classificação

Com gols no fim de cada tempo, Frankfurt bate Gladbach e assume vice-liderança da Bundesliga
Foto: Divulgação/Bundesliga
Eintracht Frankfurt
2 0
Borussia Mönchengladbach
Eintracht Frankfurt: Hradecky – Falette, Hasebe (c), Salcedo – Wolf, Boateng, Mascarell, Chandler – Rebic (Barkok 59'), Gacinovic (Fernandes 84') - Haller (Jovic 81')
Borussia Mönchengladbach: Sommer (Sippel 17') - Elvedi, Ginter, Vestergaard, Wendt (Jantschke 46') - Herrmann, Kramer (Hofmann 75'), Zakaria, Cuisance , Hazard - Stindl (c)
Placar: 1 - 0, min. 43, Boateng. 2 - 0, min. 90+2, Jovic.
ÁRBITRO: Marco Fritz. Cartões Amarelos: Mascarell (min. 14), Rebic (min. 30), Zakaria (min. 58), Salcedo (min. 70), Barkok (min. 73), Jantschke (min. 78).
INCIDENCIAS: Jogo válido pela 20ª rodada da Bundesliga

De olho na vice-liderança do campeonato, Eintracht Frankfurt e Borussia Mönchengladbach entraram em campo nesta sexta-feira (26) em jogo de abertura da 20ª rodada da Bundesliga, na Commerzbank Arena, em Frankfurt. Os donos da casa aproveitaram a incapacidade tática e técnica do Borussia e assumiram provisoriamente a vice-liderança após triunfo por 2 a 0, com gols de Boateng e Jovic.

Sem o brasileiro Raffael, referência no setor ofensivo, o comandante Dieter Hecking mandou a campo uma formação no mínimo estranha, praticamente com três defensores e com Patrick Herrmann fazendo o lado do campo. Dessa forma, o Frankfurt aproveitou os espaços do lado direito para aproveitar, uma vez que o Flaco não tem capacidades defensivas tão aguçadas.

Nos primeiros minutos, em um contra-ataque veloz, Wolf teve uma grande oportunidade para abrir o placar, mas de frente para o gol, mas desperdiçou. Apático e sem qualquer organização, os Potros sofreram durante toda a primeira etapa, devido a ausência de criatividade no meio-campo. Em mais uma jogada pelo lado direito da defesa, o Frankfurt chegou ao seu primeiro tento na partida, através de Kevin-Prince Boateng, aproveitando marcação frouxa do lateral Wendt, que se machucou no lance.

Além do lateral sueco, o arqueiro Yann Sommer teve que ser substituído na etapa inicial, dando lugar a Tobias Sippel. O motivo não foi informado. Ademais, na etapa complementar, o Borussia começou a aparecer no jogo, chegando com perigo com Herrmann, que acertou o travessão do goleiro Hradecky.

Melhor na segunda etapa, os Foals tiveram a chance de igualar o marcador através de Thorgan Hazard, em cobrança de pênalti, no entanto o especialista da marca da mal mandou no travessão, desperdiçando a oportunidade de empatar a partida. Depois da penalidade perdida, o Borussia prosseguiu com o domínio da posse de bola – desde o início da etapa complementar, mas sem qualquer produtividade.