Com facilidade, Bayern goleia Paderborn e avança à semifinal da Copa da Alemanha

Bávaros não encontraram dificuldades para superar o modesto time da terceira divisão

Com facilidade, Bayern goleia Paderborn e avança à semifinal da Copa da Alemanha
Foto: Divulgação/Bundesliga
Paderborn
0 6
Bayern de Munique
Paderborn: Ratajczak - Boeder, Schonlau, Strohdiek, Herzenbruch - Krauße - Zolinski, Wassey, Antwi-Adjej - Ritter, Michel
Bayern de Munique: Ulreich - Kimmich, Süle, Hummels, Alaba - Vidal - Robben, Müller (c), James, Coman - Lewandowski
Placar: 0-1 Coman (19'), 0-2 Lewandowski (25'), 0-3 Kimmich (42'), 0-4 Tolisso (55'), 0-5 Robben (86'), 0-6 Robben (88').
ÁRBITRO: Markus Schmidt. Cartões Amarelos: Hummels (min. 40), Vidal (min. 74), Zolinski (min. 75).
INCIDENCIAS: Jogo válido pelas quartas de final da Copa da Alemanha.

Com extrema tranquilidade, o Bayern de Munique superou o Paderborn por 6 a 0, nesta terça-feira (6), fora de casa, em jogo válido pelas quartas de final da Copa da Alemanha. Os gols bávaros foram anotados por Coman, Lewandowski, Kimmich, Tolisso e Robben (duas vezes).

O resultado garantiu classificação tranquila aos comandados de Jupp Heynckes, que aguardam o desenrolar das demais partidas para ter conhecimento de seu adversário na semifinal. Pensando no hexacampeonato nacional, o Bayern retoma suas atenções para a Bundesliga, pois encara o Schalke no sábado (10).

Líder da terceira divisão nacional, o Paderborn volta à sua realidade já na sexta-feira (9) diante do Rot-Weiß Erfurt.

Bayern atropela na etapa inicial e encaminha classificação

Depois de superar equipes fortes como Borussia Dortmund e RB Leipzig, o Bayern de Munique entrou em campo contra um adversário motivado, no entanto a empolgação não durou tanto. Logo nos minutos inicias, Robert Lewandowski já mostrara qual seria o destino da partida, exigindo grande defesa de Ratajczak em uma cabeçada de curta distância.

O time da casa até ensaiou surpreender o Bayern, mas o tento anotado em cobrança de falta foi anulado - devidamente - por impedimento. Alguns minutos depois, os bávaros abririam o placar através de Coman - todavia, na construção do gol, Müller acabou se lesionando e foi substituído por Tolisso.

Nada disso viria a impedir o domínio do Bayern, que ampliaria logo em seguida com o artilheiro Robert Lewandowski, após assistência de Coman. Joshua Kimmich, com extrema frieza, ainda teve tempo de aumentar a vantagem antes do intervalo.

Três acaba, seis vira

Mesmo com o placar totalmente desfavorável, a torcida apaixonada do Paderborn não deixou de apoiar, e muito menos o time de tentar ao menos marcar um gol. Sven Michel, destaque da equipe na 3ª divisão, chegou próximo disso ao exigir boa intervenção de Ulreich. A diferença técnica, no entanto, voltaria a ser fator decisivo na etapa complementar.

Tolisso, em uma cabeçada fulminante, anotou o quarto tento dos bávaros, depois de cruzamento de James Rodríguez em cobrança de escanteio. O time da casa, em tentativa incessante de anotar seu gol de honra, acertou uma bola na trave com Zolinski.

Com o jogo já resolvido, sobrou espaço para a canhota de Arjen Robben, como de costume, o holandês acertou um belíssimo chute de fora da área no ângulo, anotando o quinto gol, e em seguida, depois de assistência de Ribery, tocou para o gol vazio, sacramentando a classificação dos comandados de Jupp Heynckes.