Embalada Croácia encara irregular Portugal por uma vaga nas quartas da Eurocopa

Com favoritismo, croatas querem passar sem sustos contra uma seleção que ainda não convenceu no torneio

Embalada Croácia encara irregular Portugal por uma vaga nas quartas da Eurocopa
Croácia
Portugal
Croácia: Subasic; Srna, Corluka, Vida e Strinic; Badelj e Brozovic; Modric, Rakitic e Perisic; Mandzukic. técnico: Ante Čačić
Portugal: Rui Patricio; Vieirinha, Ricardo Carvalho, Pepe e Guerreiro; William Carvalho, João Moutinho, Andre Gomes e João Mário; Nani e Ronaldo. técnico: fernando Santos
INCIDENCIAS: partida válida pelas oitavas de finais da eurocopa 2016, a ser realizada no estádio Felix Bollaert, em Lens, França

Neste sábado (25), às 16h, Croácia Portugal se enfrentarão pelas oitavas de finais da Eurocopa 2016, em partida que será realizada no estádio Felix Bollaert, caso do Lens. Favorita no confronto, os croatas querem manter boa campanha no torneio e se classificar sem problemas contra uma seleção portuguesa que sofreu para avançar e ainda não apresentou um grande futebol.

O caminho da Croácia até as oitavas de finais não foi tão complicado. Os croatas terminaram a primeira fase em primeiro num grupo que tinha a atual bicampeã Espanha, derrotada pelos croatas no último jogo da primeira fase no Grupo D, Turquia República Tcheca, com duas vitórias e um empate, mostrando um futebol consistente.

Por outro lado, Portugal suou demais para seguir na competição. Foram três empates num grupo relativamente fraco, onde tinha a companhia de HungriaÁustria Islândia. Os portugueses avançaram como um dos quatro melhores terceiros colocados e agora encaram uma seleção com um nível bem mais elevado que as outras que enfrentou na primeira fase.

Com retorno de vários titulares, Croácia espera não ter problemas contra Portugal

Claramente, pela campanha e qualidade de seus atletas, a Croácia é a favorita neste sábado para o confronto. Porém, Ante Čačić, treinador croata, tratou de não falar de tão favoritismo, além de destacar bastante a seleção portuguesa, afirmando que, mesmo com os três empates, eles foram dominantes em todos os jogos que fizeram.

"Vamos enfrentar uma equipe composta por jogadores extremamente talentosos. Talvez não tenham sido particularmente impressionantes na fase de grupos, em termos de pontos conquistados, mas jogaram muito bem. Se recordarmos o que se passou, vemos que foram a equipe dominante em todos os jogos e criaram várias oportunidades de gol", afirmou.

Além disso, Čačić também disse que não está "satisfeito" e que quer ir ainda mais longe no torneio: "No entanto, não estou satisfeito, tal como a equipa. Queremos ir o mais longe possível no torneio. Após muito tempo, finalmente temos este ambiente de união na Croácia. Todos assistem aos nossos jogos através da televisão e apoiam a seleção", finalizou.

O treinador croata não tem nenhum problema para o confronto, além de ter o retorno de jogadores que foram poupados contra a Espanha. Luka ModricMarcelo BrozovicMilan BadeljDomagoj VidaIvan Strinic Mario Madzukic retornam ao time titular após serem poupados no último confronto.

Portugal quer esquecer primeira fase e surpreender croatas

Esquecer a primeira fase. É isso que Portugal quer fazer após passar com bastante sofrimento num grupo relativamente fraco. Fernando Santos, treinador da seleção lusitana, disse que estatísticas não valem de nada em um confronto desse, dizendo que será um duelo de duas seleções de muita qualidade.

"As estatísticas não significam nada. Estamos em presença de duas equipes muito fortes. É meu objetivo tentar vencer este jogo. A Croácia possui muita qualidade, tal como nós. Será uma partida entre duas equipes de enorme qualidade e que querem seguir em frente na prova. Será um grande jogo, disso estou certo, e penso que podemos bater a Croácia", disse um confiante Fernando Santos.

Para finalizar, ele também disse que será um desafio totalmente diferente do que sua seleção teve até agora no torneio: "Será um desafio totalmente diferente daqueles que tivemos até ao momento. A Áustria fez bem o seu trabalho frente a Portugal, e muitas pessoas pensavam que íamos vencer a Islândia, mas não foi o que aconteceu. Estamos preparados para realizar um jogo completamente diferente", finalizou.

A única mudança que deve acontecer nos 11 titulares de Fernando Santos em relação ao jogo contra a Hungria é a entrada do jovem lateral-esquerdo Raphael Guerreiro no lugar de Eliseu. Tirando isso, será a equipe padrão portuguesa.