Athletic Bilbao vence Celta de virada e quebra invencibilidade da equipe de Vigo

Los Leones estão cada vez mais firmados na zona de UEL; mesmo distante, vaga para a próxima Champions League ainda é possível

Athletic Bilbao vence Celta de virada e quebra invencibilidade da equipe de Vigo
Bilbao segue cada vez mais forte atuando dentro do San Mamés (Foto: Ander Gillenea/ Getty Images)
Athletic Bilbao
2 1
Celta de Vigo

Em um duelo de extremo equilíbrio, o Athletic Bilbao derrotou o Celta de Vigo na manhã deste domingo (1º) no San Mamés, em confronto válido pela 36ª rodada do Campeonato Espanhol. Orellana até deixou a equipe celeste na frente no início do jogo, entretanto, Aduriz e Raúl Garcia garantiram de virada a vitória para Los Leones.

O Celta não se intimidou com a força basca no início da partida, e obteve com Fabían Orellana as primeiras grandes oportunidades da partida. Primeiro o chilenos finalizou longe da meta do experiente Iraizoz. Porém, Orellana recebeu logo em seguida um lindo lancamento do voltante Díaz, e cara a cara com Iraizoz tocou por baixo do goleiro basco para inaugurar o marcador.

O duelo seguiu com diversos embates individuais, se tornando uma disputa verdadeiramente física entre as equipes. Oportunidades mesmo, claras de gol, somente com Daniel Wass. O dinamarquês arriscou de fora da área e por muito pouco não ampliou a vantagem celeste no San Mamés.

Aos 36' foi a vez do meia Beñat realizar um lançamento simplesmente fantástico, a bola encontrou o centroavante Aduriz, que invadiu a área e foi derrubado por Gustavo Cabral, o árbitro bem colocado no lance assinalou a penalidade. Aduriz foi para a cobrança e finalizou forte do lado direito, o goleiro Sergio Alvarez ficou no centro do gol e viu o artilheiro basco deixar tudo igual antes do intervalo.

Antes do apito do árbitro, Gustavo Cabral fez falta dura, dois minutos após ser amarelado no lance da penalidade e acabou expulso, dificultando ainda mais a situação do Celta, e deixando o Bilbao ainda mais confiante. A segunda etapa foi de uma imensa pressão dos donos da casa. Raúl Garcia antes dos dez primeiros minutos carimbou a trave de Alvarez em uma linda finalização de longa distância, quase anotando uma pintura.

Com uma posse de aproximadamente 60% de bola, as oportunidades seguiram aparecendo. Primeiro com Susaeta, que bateu firme dentro da área, mas sem direção. Pouco tempo depois, foi a vez do volante Iturraspe aparecer dentro da área e por muito pouco não anotar o segundo tento basco.

Entretanto, aos 72' Iñaki Willians cruzou com veneno na área, Raúl Garcia na raça disputou com dois defensores do Celta, e com muito esforço conseguiu desviar a bola para o fundo das redes celestes, deixando Los Leones na frente do placar. Desta forma, mesmo com um jogador a mais em campo, o Bilbao se segurou até o apito final do árbitro para garantir mais uma vitória atuando em San Mamés.

A vitória deixou o Bilbao há cinco pontos do Sevilla, equipe que ainda ameaça a vaga dos bascos à próxima Uefa Europa League. Da mesma maneira, três pontos apenas separam a equipe de Ernesto Valverde do Villarreal na briga pela última vaga da Uefa Champions League. Na próxima rodada, o Bilbao visita o surpreendente Las Palmas, que obteve uma grande arrancada neste segundo turno.

Já o Celta, que por muitas rodadas esteve na zona de UCL, volta a perder após sete partidas de invencibilidade. As pretensões da equipe celeste são exatamente as mesmas as de seu rival nesta manhã. No próximo domingo (8), a equipe recebe em vigo o Málaga.