Simeone afirma que objetivo é vencer o Bayern na Allianz Arena: “Nossa prioridade”

Treinador ainda comentou sobre Diego Godín ter viajado junto aos jogadores do Atleti para o confronto de terça-feira (3)

Simeone afirma que objetivo é vencer o Bayern na Allianz Arena: “Nossa prioridade”
Simeone orientando o treino dessa segunda (2) (Foto: Alexander Hassenstein/Bongarts/GettyImages)

Simeone concedeu uma entrevista nessa segunda-feira (2), na Allianz Arena, aonde falou sobre o debate que se foi criado sobre o estilo de jogo de Atlético de Madrid e Bayern de Munique. E disse que não pensa nos choques de futebol encontrados pelas duas equipes, e sim no resultado.

“Não me detenho em nenhum momento pensar em estilos [de jogo]. A única coisa que quero é ganhar. Não me esforço para gostar de nada, a não ser para o clube que estou empregado.” O comandante ainda mandou uma mensagem para os torcedores Colchoneros: “Vamos seguir fieis à nossa filosofia, é a única forma de sermos transparentes com nós mesmos. ” Continuou El Cholo.

E reiterou que sua única obsessão é se classificar para as finais da Champions: “Não tenho medo de nenhuma partida, porque penso que vão me demitir na manhã seguinte. Não gosto de ter segurança de nada. ” O Argentino afirmou que o empate não é o suficiente para chegar à classificação: “É muito difícil afirmar algo que eu não sei o que irá acontecer. A prioridade de jogo é desta equipe ganhar.”

Dentre vários assuntos debatidos, Cholo se viu na obrigação de comentar sobre o fato de Godín [que estava afastado devido a uma lesão na coxa direita] ter viajado junto com o Elenco à Alemanha: “Da mesma maneira que falei com Savic, Gímezes e Lucas [zagueiros rojiblancos]. Está claro que Diego [Godín] tem uma hierarquia que foi demonstrado com seus feitos e é bem importante que o fato de continuar demonstrando em grande nível”. Ressaltando a liderança que o xerife Uruguaio tem sobre a equipe.

Ao ser questionado a grande diferença deste time em relação ao de dois anos atrás [finalista da Champions League, o argentino analisou: “Antes havia atletas mais experientes como Godín, Arda, Raúl ... [os dois últimos saíram da equipe nesta temporada] Agora temos vários jovens como Saúl, Vietto, Correa... E chegou a eleição da diretoria esportiva que os jogadores entenderam o que é jogar com a camisa do Atlético. Concluiu.  

A grande obsessão do Atletico de Madrid nesta temporada é levantar inédito caneco de Campeão da Uefa Champions League.

Para isso precisa vencer ou empatar diante o Bayern de Munique [os madrilenhos tem uma vantagem de 1 gol marcado na partida de ida], nesta terça-feira (3), na Allianz Arena, a partir das 16h, horário de Brasília.