Diego Simeone exalta mais uma classificação: "O destino nos permitiu chegar a essa final"

Atlético de Madrid segura pressão do Bayern e está na segunda final de Champions League em três anos

Diego Simeone exalta mais uma classificação: "O destino nos permitiu chegar a essa final"
Foto: Getty Images

O Atlético de Madrid chegou à segunda final de Uefa Champions League nos últimos três anos. Nesta terça-feira (3), a equipe colchonera segurou a pressão do Bayern de Munique, na Allianz Arena, e saiu classificada da Alemanha. O 2 a 1 no placar não foi suficiente para superar o primeiro jogo, onde os espanhóis venceram por 1 a 0, e pelo gol qualificado fora de casa, estão na final. 

+Resultado de Bayern de Munique x Atlético de Madrid (2-1)

Após o término da partida, Diego Simeone, técnico multicampeão pelo clube, demorou para aparecer na sala de imprensa, uma vez que ficou no gramado do estádio com um celular, para festejar a classificação com a família. 

Na sala de imprensa da Allianz Arena, Simeone estava eufórico. Além de ter eliminado o Bayern nas semifinais, os colchoneros também eliminaram o Barcelona, nas quartas; El Cholo comparou os dois feitos: "Foi duro como contra o Barça, quando jogamos com dez na partida de ida e acabamos nos classificando. Eliminamos dois dos três melhores times do mundo, soubemos sofrer pressão. O destino nos permitiu chegar a essa final tão querida", disse.

Diego Simeone comemorando classificação com um celular, no centro do gramado da Allianz Arena (Foto: Getty Images)
Diego Simeone comemorando classificação com um celular, no centro do gramado da Allianz Arena (Foto: Getty Images)

Sobre o jogo, onde o Atleti segurou uma incrível pressão dos alemães na segunda etapa, o argentino disse: "O primeira tempo do Bayern foi fantástico, fizeram tudo bem. Nós conversamos no vestiário e buscamos outro jogo. A partir daí foi mais equilibrado, nos aproximamos mais do nosso estilo de jogo, lutando e competindo", analisou.

Um dos destaques do jogo, o goleiro Oblak fez defesas incríveis, que seguraram o ataque bávaro e a igualdade no placar. Simeone, por fim, exaltou a atuação de seu guarda metas: "Ele (Oblak) merece tudo, é fundamental para a equipe. Temos tido um caminho muito complicado, jogamos contra as melhores equipes da Europa e agora falta o jogo mais importante, a possibilidade de fazer história.", concluiu.