Real Madrid sofre, mas bate Valencia e chega com chances de título para última rodada

Na despedida de Arbeloa do Bernabéu, merengues sofrem, mas vencem com dois de Ronaldo e vão para a última rodada com chances de título

Real Madrid sofre, mas bate Valencia e chega com chances de título para última rodada
Real Madrid
3 2
Valencia
Real Madrid: Casilla; Danilo, Varane, Ramos e Marcelo; Casemiro, Kroos e James; Lucas Vázquez (Jesé, Min. 76), Benzema (Kovacic, Min. 65) e Ronaldo (Arbeloa, Min. 79). técnico: Zinedine Zidane
Valencia: Diego Alves; Barragan, Mustafi, Abdennour (André Gomes, intervalo) e Siqueira; Javi Fuego, Enzo Pérez (Piatti, Min. 86), Parejo e Cancelo (Santi Mina, intervalo); Rodrigo e Paco Alcácer. técnico: Pako Ayestarán
Placar: 1-0, Ronaldo, Min. 26; 2-0, Benzema, Min. 42; 2-1, Rodrigo, Min. 55; 3-1, Ronaldo, Min. 14; 3-2, André Gomes, Min. 81
ÁRBITRO: David Fernandez Borbalán. cartões amarelos: Enzo Pérez (Min. 13), Siqueira (Min. 39), André Gomes (Min. 43), Casemiro (Min. 52), Javi Fuego (Min. 69); cartões vermelhos: Rodrigo (Min. 83)
INCIDENCIAS: partida válida pela 37ª e penúltima rodada do campeonato espanhol 2015/16, realizada no estádio santiago bernabéu, em madri

Neste domingo (8), Real Madrid Valencia fizeram um grande jogo pela penúltima rodada do Campeonato Espanhol 2015/16. Em um jogo incrível e polêmico, os merengues venceram por 3 a 2, com dois de Cristiano Ronaldo e um de Benzema, e vão para a última rodada com chances de título. Rodrigo André Gomes marcaram para a equipe ché.

Com este resultado e a derrota do Atlético de Madrid, o Real assume a vice-liderança com 87 pontos, a um ponto do líder Barcelona, que também venceu, deixando a decisão do campeão para a última rodada. O Valencia caiu para 11º com 44 pontos.

Na última rodada do campeonato, mais uma vez os jogos serão no mesmo horário, às 12h, e no mesmo dia, domingo (15). O Real Madrid, ainda com chances de título, vai até o Riazor encarar o Deportivo La Coruña, enquanto o Valencia, sem nada mais para fazer no campeonato, recebe a Real Sociedad.

Merengues abrem dois de vantagem

Os merengues foram melhores desde o início, ficando muito tempo com a bola e não deixando a equipe ché trocar muitos passes. Mesmo assim, o primeiro arremate com perigo ao gol só aconteceu aos 24', quando Cristiano Ronaldo recebeu passe nas costas da zaga, invadiu a área e chutou rasteiro, mas Diego Alves fez ótima defesa.

Só que um minuto depois, não deu para o Valencia. Aos 26', Cristiano Ronaldo recebeu com espaço no meio, na entrada da área, cortou a marcação e chutou cruzado, com força, sem chances para Diego Alves, abrindo o marcador no Santiago Bernabéu para os donos da casa: 1 a 0. O Valencia era um time totalmente apático em Madri, sem conseguir criar e com dificuldade na marcação.

Após o gol, a partida ficou ainda melhor no Bernabéu, com o Valencia se soltando mais, tanto que os visitantes chegaram em lances seguidos. Aos 36', após cruzamento, Rodrigo não conseguiu desviar para o gol e a bola ficou com João Cancelo, que dominou, mas mandou por cima do gol. No minuto seguinte, Rodrigo recebeu arriscou chute de fora da área e Casilla, no susto, fez a defesa.

E aos 42', saiu a polêmica do jogo, quando Ronaldo cruzou e Benzema, impedido, cabeceou para grande defesa de Diego Alves. O lance seguiu e Mustafi e Abdennour se chocaram em bola áerea e o francês levou a pior, só que a partida prosseguiu. Kroos ia dominando a bola, mas Cancelo desviou para trás e a bola voltou para Benzema, que dominou na pequena área e mandou para o gol. O árbitro marcou impedimento no início, mas depois deu o gol: 2 a 0 Real Madrid e fim do primeiro tempo.

Valencia é melhor, mas não consegue chegar ao empate

O segundo tempo começou da mesma forma que o primeiro acabou, com uma partida muito boa e bem movimentada. Benzema quase fez seu segundo no jogo em cabeçada, mas Diego Alves fez bela defesa. A resposta do Valencia veio três minutos depois, quando Parejo cobrou falta e a bola foi no travessão de Kiko Casilla, que ficou apenas olhando.

Só que depois de tanto pressionar e ter melhorado no jogo, o Valencia finalmente balançou a rede merengue. Aos 10', André Gomes, que entrou muito bem na partida, fez boa jogada pela esquerda e cruzou rasteiro. Varane tirou mal e a bola chegou para Rodrigo, que finalizou com força na entrada da área e diminuiu a vantagem merengue no Bernabéu: 2 a 1.

Mas a alegria ché durou muito pouco. Quatro minutos após o gol, o Real Madrid chegou ao seu terceiro tento na partida, quando James Rodríguez deu ótimo passe para Cristiano Ronaldo, que recebeu, ganhou do defensor na corrida, invadiu a área e chutou no alto, sem chances para Diego Alves: 3 a 1 Real Madrid. Jogo, de certo modo, tranquilo para os merengues, que abusavam de perder gols.

Mas após fazer o terceiro, os merengues pararam de jogar e pareciam ter se acomodado na partida. O Valencia, por outro lado, dominava a partida naquele momento, criando bastante. Aos 25', após cruzamento na primeira trave, Paco Alcácer desviou e Casilla fez grande defesa. Um minuto depois, Santi Mina bateu cruzado e o arqueiro merengue defendeu mais uma vez.

E a pressão da equipe ché deu resultado. Aos 35', André Gomes recebeu na esquerda, cortou para o meio e chutou colocado, com perfeição, sem chances para Kiko Casilla. Mas depois disso, o atacante Rodrigo foi expulso e os visitantes não conseguiram mais atacar e a partida terminou com a vitória merengue.