Com a cabeça em Milão, Atlético de Madrid recebe Celta pela última rodada do campeonato

Colchoneros entrarão em campo com os 11 que farão à final contra o Real Madrid e seguem com a cabeça na decisão; o Celta, por sua vez, segue com o pensamento em manter a sequência de vitórias no Vicente Calderón.

Com a cabeça em Milão, Atlético de Madrid recebe Celta pela última rodada do campeonato
Atlético de Madrid
Celta de Vigo
Atlético de Madrid : Oblak; Juanfran, Savic, Godín, Filipe; Saúl, Gabi, Augusto, Koke; Torres e Griezmann
Celta de Vigo: Rubén; Jonny, Mallo, Gómez, Planas; Díaz, Radoja; Orellana, Hernández, Nolito; Aspas.
ÁRBITRO: Borbalán Fernandéz
INCIDENCIAS: Partida válida pela 38ª e última rodada da La Liga a ser disputada no Estádio Vicente Calderón em Madrid, na Espanha.

Neste sábado (14), o Atlético de Madrid - já sem chances de conquistar o título - recebe o Celta de Vigo no Vicente Calderón em partida válida pela última e decisiva rodada do Campeonato Espanhol 2015/16. Para os colchoneros vale uma vitória para embalar o time rumo à decisão da UCL. O Celta, por sua vez, também não tem obrigação com a vitória, já que possui uma situação bem definida na tabela. 

Em meio ao clima de final de Uefa Champions League, a equipe rojiblanca que ocupa a terceira posição no campeonato chega para a última partida com a cabeça completamente voltada para a decisão da Uefa Champions League. Apesar disso, uma vitória diante de seu torcedor daria confiança ao time que lutará pela conquista da competição mais importante da Europa.

Já o Celta chega para a última rodada um tanto quanto aliviado. Os 'celestes' estão em 5º na tabela com 60 pontos e assim como o Athletic de Bilbao, já garantiu a sua vaga para a Liga Europa do ano que vem. O Villarreal, 4º colocado na competição tem quatro pontos de vantagem sobre o Celta e o Sevilla é o 7ª com 52 o que garante a vaga ao clube de Vigo. 

Simeone: "A melhor maneira de chegar às finais é competindo"

O treinador do Atlético de Madrid, Diego Simeone concedeu entrevista pré-jogo aos jornalistas espanhóis na tarde desta sexta-feira. Nela, o treinador deixou bem claro os 11 jogadores que pretende levar à campo em Milão, na decisão da UCL e afirmou que os mesmos 11 irão à campo neste sábado. O treinador ainda comentou sobre a importância da vitória ante o Celta. 

Em suas entrevistas, Cholo sempre manteve como prioridade falar apenas do adversário em questão na semana. Mas, conforme o sucesso na competição européia, tal fato tornou-se inevitável ao treinador que ainda assim vem demonstrando o máximo respeito aos seus oponentes. 

"Sempre é importante terminar da melhor forma possível, é evidente que há uma situação quanto a superação de nós mesmos, o que sempre buscamos e vencendo, teríamos a oportunidade de acabar com a segunda melhor marca da história do clube em número de pontos" - declarou Simeone, ressaltando a marca que pode ser quebrada neste sábado. 

"Porém, o que mais nos interessa é competir com o que vai vir e a melhor maneira é jogando com um rival tal como o Celta, que está jogando muito bem e que fez uma temporada fantástica e que passou por situações complicadas quando Nolito - seu melhor jogador - esteve fora e mesmo com a ausência de Augusto, que era um jogador muito importante" - afirmou Cholo.

Com relação à final da UCL, Simeone afirmou: "Não vai haver competição antes da final. O treinamento não é a mesma coisa do que as partidas, porém buscaremos trabalhar da mesma maneira, como sempre fazemos, para que cheguemos à final da melhor maneira possível" - completou. 

Para a partida, Simeone não contará com jogadores machucados e terá - pela segunda rodada seguida - todo o seu plantel à disposição para a partida. Sendo assim, o treinador deverá levar à campo: Oblak; Juanfran, Savic, Godín, Filipe; Saúl, Gabi, Augusto, Koke; Torres e Griezmann

'Tucu' Hernández e Nolito são as armas para vencer o Atlético no Calderón

Assim como Iago Aspas, Hernández e Nolito  também irão compor a parte ofensiva do Celta neste sábado. Hernández tem a seu favor uma série de duas partidas disputadas no Calderón e três gols marcados. Já Nolito, novamente foi crucial para o Celta e com o fim da temporada, comentou sobre uma possível saída dos celestes.

O meia argentino naturalizado chileno, Pablo 'Tucu' Hernández, guarda com carinho às últimas vezes que atuou em solo rojiblanco. Quanto a isso, o meia afirmou: "Sempre quando vencemos eu estou feliz. Seria muito bonito poder conquistar outra vitória e seguir invicto em um estádio tão importante".

Outra notícia que anda tumultuando o ambiente da equipe é a respeito de Nolito. O destaque da equipe nas últimas temporadas vem sendo novamente especulado em diversas equipe, inclusive no Barcelona. O jogador, por sua vez, mantém a calma e ressalta: "Eu tenho contrato com o Celta. Sempre especulam sobre o meu futuro, tanto no Barcelona quanto em outras equipes e eu sempre sigo aqui. Eu sou do Celta e a equipe que me quiser, que negocie com o clube" - afirmou.

O atacante ainda revelou o seu desejo de defender as cores da Fúria na Eurocopa: Sempre tenho sonhado em ir para a Eurocopa, desde o primeiro dia na seleção e seguirei sonhando em ir. Porém, é necessário que o treinador dê a lista definitiva. Até lá, não estarei tranquilo" - concluiu.

O Celta usará de suas armas conhecidas para buscar mais uma vitória no Calderón. A velocidade e o forte ataque são peças chaves na equipe que não tem perdas relevantes para o confronto deste sábado. Sendo assim, deve ir à campo com: Rubén; Jonny, Mallo, Gómez, Planas; Díaz, Radoja; Orellana, Hernández, Nolito; Aspas.