Campeões, Barcelona e Sevilla decidem Copa do Rei em busca do segundo título na temporada

Após alguns tropeços catalães venceram La Liga, já a equipe rojiblanca, venceu de virada o Liverpool e conquistou tricampeonato da UEL

Campeões, Barcelona e Sevilla decidem Copa do Rei em busca do segundo título na temporada
Barcelona
Sevilla
Barcelona: Ter Stegen; Dani Alves, Piqué, Mascherano, Jordi Alba; Iniesta, Busquets, Rakitic; Messi, Suárez, Neymar.
Sevilla: Rico; Mariano, Rami, Carriço, Escudero; Krychowiak, Iborra, Vitolo, Banega, Coke; Gameiro.
ÁRBITRO: Del Cerro Grande.
INCIDENCIAS: Partida válida pela final da Copa do Rei 2015/2016. Realizada no Estádio Vicente Calderón, em Madrid, na Espanha.

Na tarde deste domingo (22), Barcelona e Sevilla decidem em uma final inédita o título da Copa do Rei. O confronto será realizado em campo neutro, no Estádio Vicente Calderón, campo do Atlético de Madrid.

Indicutívelmente a equipe do Barcelona é uma das melhores na atualidade. Porém, alguns tropeços após a derrota no dérbi diante do Real Madrid e a eliminação na Uefa Champions League para o Atlético deixaram algumas dúvidas em relação a conquista do Campeonato Espanhol, que há alguns meses parecia estar garantido. Mesmo assim, o título veio na última rodada após uma vitória fácil diante do Granada, com direito a hat-trick do artilheiro Luis Suárez. Entretanto, a conquista do doblete segue como obsessão da equipe temporada.

O Sevilla também vai à Madrid como campeão. A equipe rojiblanca venceu nesta última semana o tricampeonato da Uefa Europa League diante dos ingleses do Liverpool. Além da confiança pela conquista, o futebol apresentado pelos comandados de Unai Emery também ressalta que a disputa será grande, e que não será fácil para os catalães conquistarem o bicampeonato. Nos últimos dois confrontos entre as equipes pela La Liga o Sevilla não obteve bons resultados: na Catalunha, vitória dos donos da casa por 5 a 1, já no Ramón Sánchez Pizjuán empate por 2 a 2.

Luis Enrique não se ilude com possível cansaço sevillista na decisão

Antes do duelo deste domingo (22), Luis Enrique falou na última coletiva de imprensa sobre alguns dos temas mais polêmicos desta semana. Dentre eles, a alegação de que seu adversário não chegaria em 100% por conta da final da UEL realizada na Suiça no meio de semana. A proibição das faixas em apoio a liberdade da Catalunha também foi colocada em pauta para que o comandante desse sua opinião.

"Tudo tem um começo e um fim. Chegamos com muita motivação para esta final, vejo a equipe com bons olhos. Estas últimas três semanas sem partidas foram essenciais para alguns trabalhos em específico", revelou Luis.

"A motivação sevillista irá superar qualquer tipo de cansaço adquirido neste meio de semana. Venceram brilhantemente a UEL e chegaram também com a possibilidade de conquistar um doblete, que seria fantástico para qualque equipe", ressaltou.

"Não gosto de misturar futebol com política. O Barcelona é muito mais que um clube em diversos aspectos, principalmente pela sua forma de compreender o futebol, sua maneira ofensiva e de como lidar com o esporte. Logo respeitamos todas as ideologias, aceitamos e entendemos todas as maneiras de liberdade de expressão, desde que não haja violência", confirmou.

Para finalizar, Luis comentou sobre as comparações com a única final disputada entre ambas as equipes em toda a história, a final da Uefa Super Cup realizada em 2006, há exatos dez anos atrás.

LEIA MAIS: Relembre a decisão entre as equipes com direito a show de Luís Fabiano no time catalão comandado por Ronaldinho.

"Foi estranha aquela decisão em 2006, pois tínhamos no elenco jogadores com apenas uma semana de treinamento. Houve uma diferença física entre as equipes. A técnica e o elenco que temos hoje não eram os mesmos. O Sevilla sempre nos trouxe complicações, será uma grande disputa", finalizou.

Luis Enrique quer seu primeiro doblete no comando do Barça (Foto: NurPhoto/ Getty Images) 

Unai reforça que a equipe não estará 100% fisicamente, mas afirma: "Iremos com todas as nossas forças"

Emery não quer parar com as conquistas após o terceiro título consecutivo da Uefa Europa League. O provável doblete na temporada segue como principal objetivo da equipe rojiblanca nesta última partida da temporada.

"Temos feito durante a semana alguns exames e percebemos que boa parte do elenco está além do cansaço. Precisaremos da força de nossa torcida em Madrid para empurrar esta equipe. Porém, posso garantir que a equipe que irá a campo irá dar o máximo de si para trazer esta conquista para Sevilha", afirmou Emery na coletiva.

"Para a partida de amanhã teremos que alterar muitas coisas, precisamos estar focados na defesa e aproveitar a velocidade de nossos contra-ataques. O Barça exige muito esforço", ressaltou.

"Sacrificamos muitas coisas no caminho até esta decisão de Copa do Rei. Agora que estamos na final não podemos dizer que não tem importância. Não posso negar que estatisticamente eles tem alguma vantagem, mas falar sobre isso lhe parece que a superioridade nos números refletirá em campo. Esperamos um adversário extremamente forte, mas iremos dar uma resposta a altura", finalizou.

Unai Emery desmentiu que a Copa do Rei terá menos importância após o título da UEL (Foto: Cristina Quicler/ Getty Images)