Técnico Pako Ayestarán renova contrato e segue no Valencia por mais duas temporadas

Treinador chegou na reta final da temporada com o objetivo de evitar um futuro catastrófico da equipe valenciana e deixou clube em zona intermediária da tabela de classificação do Campeonato Espanhol

Técnico Pako Ayestarán renova contrato e segue no Valencia por mais duas temporadas
(Foto: Manuel Queimadelos Alonso/Getty Images)

A temporada 2015/2016 terminou de um jeito inimaginável para o Valencia. O time tinha pretensões para brigar por vagas nas competições europeias, entretanto, o time desandou durante a sequência do Campeonato Espanhol e preocupou-se contra o rebaixamento em determinado momento. Após duas trocas de comando, a diretoria apostou em Pako Ayestarán para tranquilizar a equipe na reta final da Liga e conseguiu atingir o objetivo.

Por isso, a diretoria do Valencia manteve Ayestarán no comando técnico do Valencia. O contrato, previsto até o fim da atual temporada, encerrado no último fim de semana, foi renovado por mais duas temporadas e o técnico estendeu o vínculo contratual até a metade de 2018.

Além da boa conversa com os principais acionistas e diretores do Valencia, o bom motivo para Pako Ayestarán continuar como técnico do Valencia por mais duas temporadas é o relacionamento com o elenco. Assim, o treinador pode planejar a pré-temporada valenciana. Os atletas retornam às atividades no dia 04 de julho.

Na apresentação oficial, Pako manifestou contentamento e satisfação por ter agradado diretoria e jogadores, além de, evidentemente, ter continuado no comando técnico do Valencia. "É um objetivo que se tornou realidade. Eu vou colocar paixão e tudo sempre alinhado com o clube, o qual devo ser fiel. Eu gostaria de transmitir a alegria de crer no projeto. Quando surgem dúvidas é mais difícil, mas é possível gerar confiança e determinação. Queremos fazer o Valencia grande", afirmou.

Em uma mensagem ao torcedor, o comandante valenciano destacou que tem experiência como técnico de futebol e que o trabalho será fundamental para acabar com a descrença daqueles que se entristeceram com o desempenho do clube na temporada.

"Capacidade, eu a tenho demonstrado em todos os projetos que já tive. Comecei a treinar em 1989, então eu tenho experiência de anos. Acredito que conheço o que é um clube de cima a baixo. Sou uma pessoa de clube, capaz a me alinhar com um clube, de fazer com que um time possa ter desempenho e estabilidade. Gerar estabilidade é lançar as bases dos fundamentos e consistência", explicou.

Pako Ayestarán concluiu a entrevista coletiva ao explicar o que pretende implantar no elenco do Valencia a partir deste segundo semestre. "O mais importante é uma equipe que corresponda aos valores, com um ritmo elevado e exigente, responsáveis, e que esses valores sejam colocados em prática. Uma equipe fundamentalmente dominante com a bola não precisa buscá-la, mas, pelo contrário,  é proativa no ataque" finalizou.